mudando-saude1

6 dúvidas sobre dieta vegetariana

Por Aline Camargo Vieira

1 – A alimentação vegetariana pode trazer benefícios à saúde?

Conforme publicado no Guia Alimentar para dietas vegetarianas da Sociedade Vegetariana Brasileira, endossada pela American Dietetic Association, as dietas vegetarianas trazem benefícios na prevenção e tratamento de doenças crônicas não transmissíveis.

Através de um levantamento cientifico o Guia mostra que a dieta vegetariana pode levar a redução dos níveis séricos de colesterol, redução do risco e prevalência de doença cardiovascular em até 30%, hipertensão arterial, diabetes tipo 2 e de diversos tipos de câncer.

Indivíduos que seguem dietas vegetarianas apresentam menor índice de massa corporal, conhecido como IMC, ou seja, apresentam uma relação de peso e altura mais adequada. Também apresentam melhores níveis séricos de antioxidantes, compostos que combatem os radicais livres.

No geral dietas vegetarianas equilibradas podem sim trazer diversos benefícios à saúde, além dos éticos e ambientais.

2- Qualquer pessoa pode se tornar vegetariana ou existe algum tipo de restrição?

Qualquer pessoa pode se tornar vegetariana, em qualquer fase da vida. Uma dieta vegetariana bem planejada, assim como qualquer outra dieta, pode ser aderida por gestantes, crianças, adultos, idosos e atletas. Não há nenhuma contra indicação, alteração de saúde que impeça alguém de optar por uma dieta livre de carne e produtos animais, como já ouvimos falar.

Nem mesmo quando se tem anemia como muito se comenta. A atenção com o ferro é a mesma para todos, ou seja, indivíduos que comem carne e vegetarianos. A maioria dos estudos mostraram que a ingestão de ferro é maior na dieta vegetariana, inclusive mostrando que a incidência de anemia ferropriva em mulheres também é igual em ambas as dietas.

Portanto é um mito a história que cortando a carne do cardápio teremos deficiência de ferro. Encontramos ferro em diversos alimentos vegetais que farão parte da dieta.

Por isso o ferro, é um nutriente de atenção para toda a população, independente da dieta. Não é à toa que nossa farinha é fortificada com ferro. A anemia ou níveis baixos de ferro devem ser investigados tanto em pessoas que comem carne quanto em vegetarianos.

Para ser tornar vegetariano não é preciso fazer nenhum tipo de exame ou acompanhamento médico e nutricional prévio. Os cuidados básicos de saúde como acompanhamento médico, nutricional e exames laboratoriais, indicados para qualquer individuo, valem igualmente para os vegetarianos e onívoros.  

 

3- Como começar?

A transição de uma dieta onívora para dieta vegetariana pode ser feita diretamente, ou em etapas, de acordo com a necessidade de cada um.

Para aquele que têm maior dificuldade, ou insegurança, vale a pena aderir a campanhas como a Segunda sem Carne e 21 Dias sem Carne..

Buscar o apoio de um nutricionista para algumas pessoas pode tornar o processo mais fácil.

 

4- Como substituir a carne?

A substituição da carne deve ser feita por alimentos do grupo dos feijões (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha e etc.).

Em aproximadamente 7 Colheres de sopa de feijão, temos 190 calorias, nessa porção conseguimos substituir todos os nutrientes que seriam encontrados na carne, no mesmo valor calórico. Em resumo, 1 porção de carnes (65 a 100g) pode ser substituída por 1 concha do grupo de feijões. Nessa porção vamos encontrar aminoácidos essenciais, ferro, zinco, aminoácidos, necessários para uma boa nutrição. 

 

5- Vegetarianos precisam consumir soja?

No geral, a soja pode ou não fazer parte da alimentação do vegetariano. Não é necessário comer soja para adotar uma dieta vegetariana. Quem não gosta desse alimento, é possível usar outros com as mesmas características nutricionais.

 


6- Uma dieta vegetariana custa mais caro que uma tradicional?

Isso é um grande mito. Um cardápio vegatariano saudável contém alimentos de acesso muito fácil para a maioria das pessoas. Devem fazer parte desse cardápio alimentos como feijões, arroz, cereais, frutas, verduras, legumes, alimentos estes que podemos encontrar em qualquer mercado, feira e sacolão.

Agora, se o vegetariano for adotar uma alimentação rica em alimentos industrializados realmente o valor mensal pode aumentar, mas não muito diferente de um onívoro se alimentando da mesma forma.