7 tipos de chás e seus benefícios para a saúde

tipos de chás para beber

O consumo de chás faz parte do seu dia a dia? Se não, leia esse texto e descubra o quanto essa bebida leve agrega diferentes propriedades benéficas ao organismo. Embora o consumo seja maior nos meses mais frios do ano, podem e devem ser degustados diariamente. E acredite, existem diversos tipos de chás à sua disposição.

Quais são os tipos de chá que existem?

Neste artigo, listamos os principais benefícios de 7 chás clássicos para quem deseja uma bebida agradável e sem grandes cerimônias no preparo.

Chá de Hibisco

O chá de hibisco é preparado a partir do botão seco da Hibiscus sabdariffa (nome científico da planta, que também é conhecida como vinagreira). Seu aroma agradável é o queridinho para quem quer ter um estilo de vida com mais saúde.

Benefícios do chá de hibisco

  • Contém grande quantidade de antioxidantes, que protegem as células contra os efeitos dos radicais livres produzidos pelo organismo.
  • Tem ação diurética: em casos de retenção hídrica, o chá de hibisco estimula mais idas ao banheiro eliminando o inchaço. A ação diurética, exige um consumo maior de água associada ao chá, tendo em vista evitar a desidratação.
  • Colabora com o controle da pressão arterial: estudiosos acreditam que alguns flavonoides presentes na bebida acabam diminuindo uma enzima que atua sobre a pressão arterial. Por isso a bebida é indicada para os hipertensos.

Atenção: O chá de hibisco não é recomendado para quem tem pressão baixa.

Chá de Canela

O chá de canela é feito a partir de uma especiaria originária da Ásia, bastante utilizada como tempero para alimentos doces e bebidas. Pode ser preparado com a canela em forma de pau ou em pó, consumido puro ou ainda combinado com ingredientes como o gengibre.

Benefícios do chá de canela

  • Pode auxiliar na regulação da glicemia: o cromo, um dos componentes da canela, é conhecido por melhorar a sensibilidade do corpo à insulina;
  • Pode contribuir para a perda de peso: a canela tem ação termogênica, por isso esse é um dos tipos de chá para emagrecer, pois estimula maior queima de calorias. Importante frisar que isso só acontece em pessoas que mantêm uma alimentação balanceada e estilo de vida saudável;
  • Previne o envelhecimento precoce: a canela possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Também contém ferro, manganês e cálcio, que neutralizariam os radicais livres ligados a problemas como o Alzheimer e outras doenças degenerativas.

Chá de Camomila

Já ouviu falar que um dos ótimos tipos de chás para dormir é o de camomila, pois ajuda a ficar calmo e auxilia numa boa noite de sono? Pois é isso mesmo! A planta possui uma boa quantidade de flavonoides, com ação anti-inflamatória e antioxidante. A camomila também possui vitamina A, ótima para a visão, pois protege a córnea.

Benefícios do chá de camomila

  • A camomila reduz a ansiedade e tem função sedativa. A planta contém uma substância que exerce efeito calmante sobre os nervos e também auxilia em melhor qualidade do sono;
  • Pode aliviar cólicas: o chá de camomila pode ajudar a reduzir gases e cólicas intestinais;
  • Além da redução das cólicas, desempenha um papel de atenuar os sintomas da TPM, reduzindo a irritabilidade e ansiedade presente nessa fase no ciclo de algumas mulheres. Neste contexto, para auxiliar na TPM, além do chá de camomila, os chás de cacau e agoniada são interessantes também.
  • Auxilia o fortalecimento cardiovascular: o chá de camomila é rico em flavonas, classe de antioxidantes flavonoides com grande potencial na redução da pressão arterial e dos níveis de colesterol.

Além do chá de camomila, outros tipos de chás também apresentam benefícios semelhantes, como é o caso dos chás de melissa, mulungu e erva-cidreira.

Chá de Hortelã

A hortelã é uma erva aromática que possui ação analgésica e antiespasmódica pode atuar na prevenção da ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga. Além disso, contém ação antiparasitária para combater amebas e giárdias.

Existem mais de 25 tipos de espécies de hortelã, as mais conhecidas no Brasil são a Mentha Piperita e a Mentha Spicata. A diferença entre as espécies está no formato dos caules, folhas, coloração e odor.

Benefícios do chá de hortelã

  • Otimiza o processo digestivo: a hortelã facilita a digestão, pois reequilibra a produção e concentração de ácido clorídrico estomacal e das enzimas digestivas que são essenciais para a absorção dos nutrientes;
  • Possui ação expectorante: a hortelã alivia tosses e congestão nasal.
  • Potencial para contribuir positivamente para a Síndrome do Intestino Irritável: pesquisas revelam que o hortelã é indicado no tratamento dos sintomas da síndrome do cólon irritado. Além de tratar de sintomas como gases, inchaço e diarreia.

Além do chá de hortelã, outros chás também apresentam benefícios semelhantes, como é o caso dos chás de alecrim, boldo ou espinheira santa.

Chá-mate

Mais conhecido entre os chás, é uma infusão feita a partir das folhas e talos da planta medicinal chamada erva-mate. É comum na região Sul do Brasil em forma de chimarrão ou tererê. O chá-mate possui alto teor de cafeína, por isso é boa opção para quem deseja começar o dia com mais energia e disposição.

Benefícios do chá-mate

  • Potencial para auxiliar na perda de peso: a planta tem ação termogênica, ajudando no processo de emagrecimento e redução da gordura corporal.
  • Rica em diversos micronutrientes: o chá mate possui cálcio, magnésio e vitaminas do complexo B, A, C e K.

Atenção: Ansiosos devem moderar o consumo de chás que possuem grande quantidade de cafeína, como é o caso do chá-mate, verde, preto e outros.

Chá verde

Muitas dietas associam o consumo do chá verde para a perda de peso. E faz sentido: o chá verde possui cafeína, que em quantidades moderadas, favorece o emagrecimento. Além disso, facilita a digestão, contribui com o funcionamento do intestino e combate a retenção de líquidos. Por conta da cafeína, o chá verde tem efeito estimulante sobre o sistema nervoso e ajuda a manter a concentração, sendo indicado o seu consumo pela manhã.

Por ter um gosto amargo, é possível ingerir o chá com mel ou melado de cana (mas não exagere, já que são ricos em açúcar) ou batê-lo no liquidificador com frutas, como morango, maçã verde ou laranja.

Benefícios do chá verde

  • Favorece a queima de gordura: o chá verde possui grandes quantidades de antioxidantes e substâncias como a cafeína, favorecendo, o gasto de energia pelo organismo e, assim, contribuindo com a perda de gordura.
  • Amigo do coração: o chá verde diminui as chances de formação de coágulo nas artérias. Isso se deve aos flavonoides (efeito antioxidante) em sua composição;
  • Retarda o processo de envelhecimento por ter efeito antioxidante, o chá verde dificulta a ação dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce das células;
  • Associado ao menor risco de doenças cardiovasculares: pesquisas mostram que o chá verde reduz os níveis de colesterol no organismo.

Chá de gengibre

O gengibre é uma raiz tuberosa nativa da Ásia. Por ser termogênico, otimiza o funcionamento do metabolismo e auxilia na redução de peso quando associado a uma alimentação saudável no geral. A partir da infusão de pedaços dessa raiz é possível preparar o chá.

Benefícios do chá de gengibre

  • Reduz náuseas: no caso de enjôo pós refeições o chá diminui a sensação de má digestão. Ele também está associado ao alívio dos sintomas de gases;
  • Colabora na prevenção de doenças respiratórias: devido à ação antioxidante no corpo, o gengibre age na prevenção de resfriados e gripes. Também melhora os sintomas de tosse e dor muscular.

Que tipos de chás que grávidas podem tomar?

É preciso atenção, pois mesmo se tratando de bebidas com ótimas propriedades, em alguns casos o consumo não é recomendado.

O chá de canela é um tipo de chá que grávidas não devem tomar, pois é abortivo. Não só o de canela, mas todos da lista, com exceção do chá de gengibre, não são próprios para consumo do grupo de gestantes e lactantes.

Durante essa fase da vida, é indicado apenas o consumo de chá de casca de frutas ou de gengibre, os demais devem ser evitados, tendo em vista as propriedades nutricionais que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê e causar algumas complicações.

Chá não substitui a água!

Um detalhe: ingestão de chás não substitui a ingestão de água! Não se iluda ao pensar que está suprindo sua necessidade hídrica ao tomar chás. Alguns dele, por estimular a diurese, podem levar a desidratação quando não associados a um consumo adequado de água.

Gostou das dicas? Insira mais chás em sua rotina e sinta os benefícios. E lembre-se: se o principal objetivo com a ingestão dos chás for a redução de peso, essa meta só será alcançada se a dobradinha “alimentação saudável + exercícios físicos” fizerem parte da sua rotina.


Denise Cardoso

Nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo e Pós-graduada em Nutrição Vegetariana. Atualmente, em curso profissionalizante de Natural Chef.

Você vai gostar de ver…

pessoa segurando garrafa de água e um copo com água

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

como curar ressaca com chá

Como curar ressaca: 10 maneiras de aliviar o mal-estar

Dor de cabeça, enjoo, tontura e estômago sensível, são sintomas comuns depois da ingestão exagerada de bebidas alcoólicas. Nesses dias, tudo o que a gente mais queria era uma receita

quantidade de água por dia

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.