Mudando sua alimentação

Alimentação na TPM: veja quais alimentos ajudam nesse período

junho 12, 2019

Não é novidade pra ninguém que o período que antecede a menstruação é desagradável para muitas mulheres. Cólicas, seios doloridos, irritação, inchaço, mudanças de humor e dores de cabeça são alguns dos sintomas. Mas você sabia que a alimentação na TPM pode ajudar?

Pois é isso mesmo! O consumo frequente de alguns alimentos ajuda a regular os nutrientes no organismo, equilibrar os ânimos e aliviar os incômodos. Gostou da boa notícia? Então, vem com a gente aprender quais são essas maravilhas!

Qual é a influência da alimentação na TPM?

A nossa alimentação influencia em todos os aspectos da nossa saúde, e na TPM isso não é diferente. Se você é mulher, já deve ter reparado que nessa época dá mais vontade de comer doces e carboidratos. Quem nunca se pegou sonhando com uma barra de chocolate nesse período?

Acredite que tudo isso não é gula, é o seu próprio organismo pedindo por esses ingredientes, e a gente explica agora mesmo. Nessa fase do ciclo há a redução dos mediadores da serotonina — um hormônio responsável pelas sensações de prazer e bem-estar.

Esse tipo de comida consegue aumentar os níveis de triptofano, um aminoácido que se transforma em serotonina no organismo. O problema é que não dá pra se render todos os meses à vontade de comer açúcares e carboidratos refinados, né?

Ainda bem que a natureza nos fornece outros alimentos que funcionam de maneira semelhante, mas que são muito mais saudáveis. Assim é possível regular os hormônios e amenizar todos os inconvenientes da TPM.

Quais são os alimentos que ajudam na TPM?

Além dos alimentos que ajudam a trazer bem-estar, outros são eficazes na hora de controlar diversos sintomas por conta dos seus nutrientes. A seguir, a gente explica quais são eles e por que são tão bons assim na TPM.

Banana

A banana é uma fruta deliciosa e cheia de nutrientes, entre eles o triptofano. Ela é rica nesse aminoácido tão importante para os níveis de serotonina. Ainda contém magnésio e potássio, que são grandes aliados contra as cólicas e a retenção de líquidos.

Melancia

Por falar em inchaço, esse é um dos sintomas que incomodam muitas mulheres. A gente se sente mal e com as pernas cansadas. Para reduzir esse sintoma, aposte na melancia, que é diurética e ajuda a eliminar esse excesso de líquidos. Além dela, tem o abacaxi e o gengibre, que cumprem a mesma função.

Chocolate amargo

Quem disse que não pode comer chocolate? Pode sim! Ele oferece boas doses de triptofano. Mas, atenção! Deve ser o chocolate amargo, que tem no mínimo 70% de cacau, pois é rico em antioxidantes e pobre em açúcares e gorduras. Um quadradinho de 30 gramas por dia é o suficiente pra saciar a fome de doce. Bom, né?

Castanhas e nozes

As nozes são fonte de vitamina E, um nutriente excelente para prevenir cólicas e dores de cabeça. Outro nutriente importante desse alimento é o ômega-3 — conjunto de ácidos graxos que é um poderoso anti-inflamatório natural e que ajuda a prevenir os incômodos das cólicas. Outras fontes incríveis desse tipo de gordura boa são os peixes de água salgada, como salmão, atum e sardinha.

Leite e derivados

O cálcio é um mineral importantíssimo na saúde dos ossos. Mas você sabia que ele também serve para aliviar as cólicas? Ele diminui a contração muscular, que é a grande responsável pelas dores abdominais. Então, já sabe: queijos e iogurtes são bem-vindos.

Chá de camomila

Um chá bem quentinho reconforta a gente, né? Na TPM, o de camomila ainda reduz os espasmos musculares, deixando o útero mais relaxado. Dessa maneira, além de acalentar o coração, ameniza as cólicas. Outras versões também são boas, como o chá-verde.

Hortaliças

Nem todas as mulheres apresentam prisão de ventre na TPM, mas algumas sim. Se você é do time que sempre fica travada na hora de ir ao banheiro, invista nos vegetais folhosos, como alface, couve, rúcula e agrião, pra regular o intestino e não ter esse problema.

Como e quando consumir esses alimentos?

Não adianta comer esses alimentos somente na TPM, porque eles ajudam, mas não fazem milagres. O consumo deve ser regular, já que eles fazem parte de uma alimentação saudável.

Acrescente as frutas e as oleaginosas nos lanches, por exemplo. Já o leite e derivados são ótimos no café da manhã. Coma mais peixes, pelo menos, 3 vezes por semana. E libere o chocolatinho amargo como sobremesa depois do almoço.

Viu como é fácil incluir esses alimentos no dia a dia? Quem tem um plano alimentar equilibrado já ingere naturalmente uma boa quantidade desses nutrientes. Agora, se você ainda não está com alimentação 100% e sofre com os sintomas da TPM, esse é mais um motivo pra adotar a ideia, que tal?

E as atividades físicas, ajudam mesmo?

Todo mundo sabe que praticar atividades físicas regularmente faz muito bem pra saúde. Elas fortalecem os músculos, ajudam a manter o peso corporal adequado, melhoram o sistema cardiovascular, tratam e previnem um monte de problemas no organismo, como diabetes e hipertensão. Resumindo: é tudo de bom!

Talvez o que você não saiba é que os exercícios também liberam hormônios responsáveis pelas sensações de prazer e felicidade. Dessa maneira, eles melhoram o humor, diminuem o estresse e a ansiedade.

Ou seja, dá uma boa aliviada nos sintomas que a TPM traz, né? Além de tudo isso, eles amenizam as dores no corpo. E isso favorece o alívio das cólicas e das dores de cabeça. Portanto, nada de matar as aulas na academia, hein?

Elas são muito importantes pra sua saúde e bem-estar. Pense também em realizar atividades mais leves ao ar livre, como uma caminhada ou o yoga. O que não vale é ficar parado!

A alimentação na TPM pode ajudar a aliviar os sintomas e fazer com que a mulher passe por esse período de uma forma mais tranquila. Além disso, a prática regular de atividades físicas também é uma ótima aliada. Manter um estilo de vida mais saudável é bom pra tudo isso e muito mais!

Por falar em nutrição, você sabe quais são os alimentos reguladores? Eles contêm nutrientes essenciais para o organismo. Leia o nosso post que fala sobre o assunto e fique por dentro!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up