Alie a alimentação no fim de ano com uma dieta equilibrada

alimentação no fim de ano

É comum darmos umas escorregadas na alimentação no fim de ano. Afinal, são tantas festas e eventos cheios de comidas tentadoras e saborosas que fica difícil resistir. O exagero nessas ocasiões pode ser sentido rapidamente: má-disposição, desconfortos gastrointestinais e, claro, o número mais alto na balança.

Para passar ileso por esse período é preciso manter a linha, mas isso não significa que não pode degustar as gostosuras tradicionais. Com algumas dicas é possível ter um cardápio saudável mesmo durante essa época. Quer saber como? Então continue a leitura, pois neste post vamos contar alguns segredos! Vamos lá?

Evite ficar com fome

Sempre tem aquelas pessoas que “guardam” a barriga para as delícias do Natal e do Ano Novo. No entanto, saiba que pular refeições e ficar com fome para comer mais nessas ocasiões é autossabotagem. A gente acaba ficando tão faminto que come além da conta e, principalmente, os alimentos mais calóricos.

O ideal é fazer um lanchinho leve antes de sair de casa, que pode ser um iogurte com castanhas, uma fruta, um sanduíche ou até mesmo uma saladinha. Assim, você não tende a exagerar nos pratos calóricos e mantém o equilíbrio.

Faça boas escolhas

Fazer boas escolhas é fundamental para não ter os prejuízos da alimentação no fim de ano. Muitas vezes, comemos alimentos que nem nos interessam tanto, mas por estarem ali disponíveis, acabamos consumindo. Que tal gastar o seu saldo com delícias que você realmente gosta ou que são especiais e trazem uma memória afetiva gostosa?

Por exemplo, você nem liga para pudim, mas pega um pedaço porque está muito bonito. Em vez disso, aproveite aquela torta maravilhosa da sua tia ou aquela rabanada saborosa que a padaria só faz nessa época do ano.

Faça substituições saudáveis

Existem alimentos que não merecem a nossa atenção: os açucarados ou cheios de gorduras trans. Bons exemplos são os refrigerantes, os sorvetes industrializados, sucos de caixinha, os biscoitos e outros tantos ultraprocessados não saudáveis.

Dessa maneira, faça substituições por outros que sejam bons para a saúde, como sucos naturais, sorvetes com ingredientes naturais, chocolate 70% cacau etc. Assim, você continua saboreando alimentos gostosos, mas que fazem bem para o organismo.

Mantenha o equilíbrio

Manter o equilíbrio é bem difícil para algumas pessoas. Isso porque ao se deparar com uma mesa tão farta quanto as que encontramos nessas ocasiões, não resistimos e comemos além do necessário. Portanto, tente manter a calma e equilibrar as refeições.

Se já pegou uma pedaço de lasanha, será que é necessário mesmo comer macarrão ou batatas? Se já comeu um pedaço de torta de chocolate, não é demais pegar o bombom? Faça essas reflexões antes de montar o seu prato.

Uma dica é ver todos os pratos oferecidos antes de começar a se servir, daí escolha um ou dois que mais gosta e coloque o restante de verduras, legumes e outros alimentos saudáveis.

Retorne à alimentação saudável

Existem pensamentos que nos levam à autossabotagem para consumir mais comida do que devemos, é o famoso “jaque”: já que eu saí da linha, vou comer tudo o que quero agora, amanhã volto para o cardápio normal.

O problema maior é que talvez esse amanhã não seja como o esperado, e ali se vão 2, 3, 4, 5 dias de alimentação exagerada, muitas vezes até emendando o Natal e o Ano Novo. Para que isso não aconteça, retorne ao menu equilibrado já na próxima refeição. O ideal é fazer um planejamento e segui-lo.

Hidrate-se adequadamente

Você é do time de pessoas que não abrem mão da água ou se esquece completamente dela quando está tomando bebidas alcoólicas ou outras? Se for do segundo, é melhor rever essa atitude. Primeiro, porque a água é fundamental em qualquer ocasião, pois o organismo precisa dela para funcionar melhor.

Segundo, porque manter-se hidratado faz com que não se exagere na alimentação, já que podemos confundir fome com sede e comer em vez de beber. No final das contas, o saldo calórico não é favorável. Capriche ainda mais se tomar bebidas alcoólicas, pois o álcool desidrata.

Mantenha uma alimentação saudável o ano todo

Já ouviu falar que o problema é o que se come entre o Ano Novo e o Natal e não entre o Natal e o Ano Novo? Pois bem, isso quer dizer que o foco principal é a alimentação durante os 12 meses, que deve ser rica e variada em alimentos saudáveis.

Aproveite as resoluções do início de um novo ciclo para se comprometer em manter um cardápio equilibrado focado em sua saúde. Além do mais, se ainda não é adepto de outros hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas, que tal adotá-los? É uma ótima maneira de começar o ano e ter mais qualidade de vida e bem-estar.

Tenha foco no verdadeiro sentido

Está certo que quando pensamos em ceia de Natal e jantar de Ano Novo logo nos vem à mente as gostosuras servidas. Entretanto, é preciso lembrar de qual é o verdadeiro sentido dessas festas. Mesmo para quem não é cristão, as ocasiões de fim de ano servem para refletir sobre as conquistas, o que precisamos melhorar e as novas metas para os próximos dias.

Além do mais, é uma oportunidade de ver as pessoas que amamos e passar bons momentos juntos. Então, foque no verdadeiro sentido dessas reuniões e esqueça um pouco o fato de ter comidas gostosas. Assim, fica mais fácil comparecer a esses eventos sem exagerar.

A alimentação no fim de ano deve ser balanceada para que a gente não sinta os efeitos negativos de sair do cardápio saudável. Obviamente, podemos consumir um ou outro quitute delicioso, mas sempre mantendo o equilíbrio. Ter uma boa relação com a comida é essencial para passar por esses eventos sem grandes prejuízos para a saúde.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Saiba que sempre temos posts novos trazendo informações super importantes para quem quer ter um estilo de vida mais saudável.

Você vai gostar de ver…

déficit calórico dos alimentos

Déficit calórico: como funciona a fórmula das calorias

Quem quer emagrecer certamente já esbarrou por aí no conceito de déficit calórico, até porque é impossível perder peso sem ele. Entender essa relação entre as calorias ingeridas e as

refeição cardápio para o dia a dia

Cardápio para o dia a dia: 20 receitas pra experimentar

Quando o assunto é alimentação saudável, um dos grandes desafios é elaborar um cardápio para o dia a dia que reúna refeições práticas, mas também saborosas. Afinal de contas, a

iogurte saudável com frutas

Iogurte saudável: como escolher o melhor

Saboroso, versátil e bem equilibrado, o iogurte saudável é uma opção queridinha na hora de montar um cardápio bacana. Vai bem com frutas, com granola, em molhos para saladas e

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.