Insira no cardápio 13 alimentos que diminuem a ansiedade

alimentos que diminuem a ansiedade

Você sabia que a forma como se alimenta impacta não só sua saúde física, mas tem forte influência sobre os seus sentimentos? Isso porque comer de maneira adequada pode amenizar sintomas ruins ou intensificá-los.

Por isso, pensando no seu bem-estar, listamos os principais alimentos que diminuem a ansiedade pra ter sempre na despensa. Dá uma olhada.

Mas, afinal, a ansiedade é assim tão perigosa?

A ansiedade é aquele sentimento desagradável de medo e tensão, bem conhecido da população brasileira. Aliás, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas no mundo. Já imaginou?

Dependendo do nível de intensidade, a ansiedade pode provocar diversos prejuízos físicos e mentais, que vão de dores de cabeça e musculares, problemas gástricos e digestivos até a obesidade, por exemplo. Além disso, insônia, falta de memória, irritabilidade e falta de concentração também podem estar associados a esse quadro emocional. 

Existem alimentos que diminuem a ansiedade?

A boa notícia é que a alimentação pode contribuir sim pra diminuir e controlar a ansiedade. Em geral, a recomendação é incluir na rotina alimentos ricos em magnésio, selênio, ômega-3, fibras, probióticos e triptofano.

Esses nutrientes atuam na regulagem da microbiota intestinal e aumentam a produção de serotonina, o famoso hormônio da felicidade, ou seja, que promove aquela sensação gostosa de relaxamento. 

Veja, a seguir, quais são os alimentos que aliviam o estresse e vão te ajudar a viver com mais equilíbrio. 

Castanha-do-Pará

Graças a alta quantidade de selênio em sua composição, esse alimento garante as recomendações diárias desse mineral com apenas uma ou duas unidades. E esse nutriente, por sua vez, está associado a manutenção do nosso bom humor. Baixos níveis estão diretamente ligados ao cansaço, tristeza e ansiedade. 

Esse ingrediente também ajuda a promover a saúde intestinal e fortalece a imunidade. 

Chocolate amargo

chocolate amargo picado

Que o chocolate te deixa mais feliz e relaxado você provavelmente sabe. Mas já parou pra pensar por que isso acontece? Pois esse saboroso ingrediente está na lista de alimentos que diminuem a ansiedade, principalmente graças aos flavonoides presentes em sua composição. Essa substância é um tipo de antioxidante que apresenta um grande potencial para o tratamento de diversas condições neurológicas e mentais.

Mas atenção: pra garantir esse benefício, é preciso saborear o chocolate amargo, aqueles com no mínimo 70% de cacau, certo? Inclusive, com uma porção modesta de 45 a 100g por semana você já assegura uma boa dose dos seus nutrientes.

Ah, os flavonoides também estão presentes em outros alimentos, como frutas, verduras e legumes, por exemplo.

Ovo

Além de ser um queridinho da alimentação saudável, o ovo também faz bonito na hora de promover seu bem-estar. Isso porque é fonte de vitaminas do complexo B e de triptofano, um aminoácido potente que ajuda a combater a ansiedade, o estresse e a depressão, pois atua no cérebro estimulando a produção de serotonina. 

Cúrcuma

Também conhecida como açafrão-da-terra, essa famosa especiaria tem como destaque seu poder anti-inflamatório. Afinal de contas, é capaz de reduzir processos inflamatórios e o estresse oxidativo — alterações geralmente presentes em pessoas ansiosas.  

Peixes, carnes magras, leite e queijos

Diversos alimentos de origem animal, como as carnes magras e os peixes, contêm um aminoácido chamado taurina. Em termos bioquímicos, essa substância aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor (GABA), que é utilizado pelo organismo pra controlar a ansiedade. Nesse sentido, os leites e derivados também podem dar uma forcinha para os ansiosos, por serem também fontes de triptofano. 

Sementes e oleaginosas

Além de saborosos e versáteis, esses alimentos contêm nutrientes que favorecem o combate a ansiedade. Castanhas, amêndoas, chia e linhaça, por exemplo, são ricas em magnésio, um mineral com importante ação antidepressiva. Então motivos não faltam pra incluir as sementes e oleaginosas na sua alimentação. 

laranja é um dos alimentos que diminuem a ansiedade

Quais frutas são boas para ansiedade?

Existem também algumas frutas que podem ajudar a amenizar os sintomas de ansiedade. São opções saborosas, saudáveis e super fáceis de inserir na rotina: 

Frutas cítricas

Esses alimentos, em geral, são ricos em vitamina C, que é um conhecido antioxidante com poder de regular a secreção de cortisol, um hormônio relacionado ao estresse e a ansiedade. 

Em outras palavras, várias delícias como kiwi, laranja, limão, acerola e abacaxi, são bons exemplos de alimentos que podem ajudar a diminuir a ansiedade e promover a sensação de bem-estar.

Banana

A combinação de nutrientes presentes na banana colabora pra promover o bem-estar, reduzindo sensações negativas. Entre eles, o potássio, as vitaminas do complexo B e também o triptofano. 

Uva

Super energética, além de ser um ótima fonte de vitaminas do complexo B e antioxidantes. A uva fornece essas poderosas substâncias que atuam no bom funcionamento do sistema nervoso central. 

O que piora a ansiedade?

Por outro lado, existem alguns ingredientes que podem agravar os sintomas de ansiedade e o desequilíbrio do corpo. No geral, são alimentos associados a alterações na glicemia (o famoso “açúcar no sangue”) e na produção de serotonina. Além disso, os estimulantes podem ter um efeito negativo pra quem já sofre com quadros de estresse e ansiedade. Sendo assim, veja o que evitar:

  • Açúcar, doces e bebida açucaradas em geral;
  • Farinha branca, bolos, biscoitos e pães brancos;
  • Cafeína, presente no café, energéticos, chá mate, chá verde e chá preto;
  • Bebidas alcoólicas em excesso; 
  • Outros alimentos ultraprocessados, como alimentos embutidos, bolachas recheadas, salgadinhos de pacote e fast foods, por exemplo. 

Como reduzir a ansiedade naturalmente?

Alguns chás podem ajudar a promover relaxamento e bem-estar. É o caso, por exemplo, da camomila (Matricaria chamomilla L.), bastante conhecida pelos seus efeitos calmantes. 

Além disso, outras formas naturais de atenuar a ansiedade são:

  • Praticar atividades físicas
  • Reduzir o estresse diário
  • Aprender a controlar a respiração
  • Evitar pensamentos negativos
  • Manter o foco no momento presente 
  • Fortalecer o autoconhecimento
  • Praticar meditação 
  • Ter uma rotina mais organizada 
  • Dedicar tempo pra se cuidar
  • Se cercar de quem você ama
  • Ficar atento a qualidade do seu sono 
  • Não sobrecarregar a sua rotina 

Além de investir em todos esses itens e nos alimentos que diminuem a ansiedade, lembre-se: nada substitui a ajuda de um profissional especializado. Por isso não deixe de buscar orientação adequada de um especialista. 

E se precisar de um help pra deixar o dia a dia mais leve e saudável, conte com a Liv Up. O nosso cardápio te oferece muitas opções práticas, gostosas e super equilibradas que vão te ajudar a comer bem sem pesar a rotina. Então é só escolher seus favoritos que a gente cuida do resto.

Você vai gostar de ver…

aplicativos para organizar a rotina

Dos estudos a dieta: 15 aplicativos para organizar a rotina

Trabalho, estudos, academia, finanças, tarefas da casa, manter a vacina do pet em dia… No mundo agitado de hoje, onde o tempo é um recurso precioso, manter-se atualizado com tudo

dormir depois do almoço

Dormir depois do almoço: entenda os impactos na sua saúde

Muita gente é fã de dormir depois do almoço, mas o fato que a famosa “siesta” levanta dúvidas. Afinal, o cochilo depois do almoço faz bem ou é apenas um

desidratação no calor

Desidratação: quais sintomas e como evitar esse problema

Verão, calor, dias bem quentes e…desidratação. A palavra pode parecer extrema, mas o fato é que, muitas vezes, o corpo perde mais líquido do que se consegue repor e com

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.