Da cerveja ao vinho: veja as calorias das bebidas alcoólicas

calorias das bebidas alcoólicas

Principalmente com a proximidade do verão e das festas de fim de ano, os drinks e bebidinhas ganham cada vez mais destaque. Seja a clássica caipirinha, uma cerveja gelada ou um vinho pra acompanhar seus pratos favoritos, dá pra beber com consciência e sem colocar a saúde em risco. Mas uma coisa que passa batida por muita gente são as calorias das bebidas alcoólicas. Aliás, você já parou pra pensar o quanto elas podem representar em uma refeição?

Principalmente quem está acostumado a levar um estilo de vida saudável – o que inclui alimentação, exercício e vários outros comportamentos – sabe que o consumo excessivo de álcool pode ser super prejudicial para o organismo. Além disso, ele acaba também pesando bastante no seu balanço energético. Isso porque as bebidas com álcool podem ser bastante calóricas. E estamos falando das chamadas “calorias vazias”, pois são bem pobres em nutrientes

E isso pode ser ainda mais grave se o consumo de bebida vem acompanhado de uma alimentação ruim. Ainda bem que existem opções de petiscos saudáveis aqui no blog da Liv Up pra você saborear sem medo de ser feliz junto com seus drinks! 

Tabela de calorias das bebidas alcoólicas

Bem, antes de mais nada, vale explicar que o que determina a quantidade de calorias do seu coquetel ou bebida favorita é o teor alcoólico e também os outros nutrientes presentes, como os carboidratos (açúcar e frutas, por exemplo), proteínas e gorduras.

Um grama de carboidrato ou proteína fornece 4 kcal, enquanto 1 grama de álcool tem 7 kcal e, essa mesma quantidade em gordura fornece 9 kcal. Sendo assim, os destilados puros, como gin e vodka que não contêm carboidratos levam a fama de “não engordar”, mas isso não é verdade. Como eles têm uma concentração maior de álcool do que um vinho ou cerveja, podem ser até mais calóricos. Já imaginou? 

Ficou curioso pra saber o quanto isso representa na prática? Vem com a gente ver as calorias das principais bebidas alcoólicas:

Bebida (porção de 100 ml)Valor calórico*
Cerveja43,19kcal
Cerveja light29kcal 
Vinho tinto seco87 kcal 
Vinho rosé72 kcal
Vinho branco seco66,40 kcal
Espumante90kcal 
Vodka231 kcal
Gin263 kcal
Whisky230 kcal
Rum230 kcal
Aperol 159 kcal
Chopp43,19 kcal
Cachaça mineira218 kcal
Tequila220 kcal
Prosecco67 kcal
Saquê 135 kcal
Absinto295 kcal
*Fontes: Tabela IGBE, Tabela TACO e, Tucunduva e USDA.

E se você também é fã dos drinks, vale lembrar que eles não apenas contêm álcool como também costumam levar outras bebidas e ingredientes açucarados na composição. Veja a média calórica de algumas das opções mais pedidas: 

  • Caipirinha (suco de limão, 1 ½ colher de açúcar e uma dose de cachaça) = 143,9 kcal numa porção de 100 ml. 
  • Dry martini (duas doses e meia de gin, vermute seco e um dash de licor de laranja) = 80 kcal numa porção de 100 ml. 
  • Moscow mule (suco de limão, licor de açúcar, shot de vodka, espuma de gengibre) = 71 kcal numa porção de 100 ml. 
  • Bloody mary (molho inglês, suco de limão, gotas de molho de pimenta, vodca, suco de tomate e pimenta-do-reino) = 123 kcal numa porção de 100 ml. 
  • Mojito (rum, hortelã, limão e água com gás) = 96 kcal numa porção de 100 ml.

Além das calorias, consuma com moderação

calorias das bebidas alcoólicas drinks

Todo mundo tá cansado de saber, mas vale sempre o alerta: não basta a alta quantidade de calorias, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas traz diversos prejuízos para a saúde, como doenças hepáticas, aumentar o risco de câncer e depressão, contribuir para a perda de memória e para o desenvolvimento de gordura no fígado, isso sem falar nos malefícios pro coração. 

Sendo assim, não abuse do álcool e, quando for consumir, faça com moderação e acompanhado de escolhas estratégicas. Ao optar por beber não esqueça de ingerir bastante água e de fazer refeições saudáveis, com comidinhas naturais. Bebidas alcoólicas costumam desidratar e, muitas vezes, você nem percebe porque está consumindo líquido, viu? 

+ Como curar ressaca: 10 maneiras de aliviar o mal-estar

Outro ponto de atenção é não beber rápido demais e evitar misturar diferentes tipos de bebidas. Quando se consome muita bebida alcoólica num curto espaço de tempo, a intoxicação causada no seu organismo é muito maior, pois o corpo precisa de tempo para metabolizar o álcool. Na prática, beber devagar ajuda a evitar a sobrecarga no organismo e, por consequência, a temida ressaca. 

Ah, e se você não abre mão de consumir seus coquetéis, mas está querendo reduzir o teor alcoólico na sua rotina, aqui no blog você encontra receitinhas imperdíveis de drinks sem álcool que vão fazer bonito no seu dia a dia. E se a ideia é construir hábitos mais equilibrados à mesa, conte sempre com as delícias da Liv Up.

Você vai gostar de ver…

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

receitas do tik tok viral

Viralizou: 10 receitas do Tik Tok pra testar em casa

No universo culinário das receitas do Tik Tok, a criatividade e a simplicidade andam de mãos dadas. Não é de hoje que nas redes sociais, especialmente no TikTok, chefs amadores

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.