É possível uma comida ser saudável e saborosa ao mesmo tempo?

comida saudável e saborosa

Por muito tempo, acreditou-se que ter uma comida saudável e saborosa era missão impossível. Afinal, os cardápios eram baseados em peito de frango grelhado com salada, todos os dias. Aí não tem jeito mesmo, né? O prato até que é gostoso, mas diariamente torna a alimentação difícil de seguir.

A boa notícia é que, de olho nas pessoas que querem ter um menu equilibrado sem abrir mão do sabor, os chefs de cozinha apostam cada vez mais em receitas deliciosas e nutritivas. Então, quer saber como comer bem em todos os sentidos dessa expressão? Continue a leitura, pois é sobre isso que falamos neste post. Venha com a gente!

Como é possível uma comida ser saudável e saborosa?

Esqueça aquela comida sem graça e sem gosto das dietas de antigamente. Hoje em dia, podemos contar com comidas realmente deliciosas, daquelas que se a pessoa comer sem saber que é um prato saudável vai achar que é alguma gostosura convencional. Isso se deve a vários motivos e a gente conta quais são.

Novos estudos

Com o passar dos anos, vários alimentos que eram considerados vilões da boa saúde foram absolvidos dessa condenação. Assim, eles puderam integrar o cardápio saudável trazendo muito mais sabor para a alimentação equilibrada. Quer alguns exemplos disso?

Vamos combinar: todos esses ingredientes são uma delícia e agregam em muitas receitas. Dá pra fazer crepioca e mousse de chocolate com abacate, usar a manteiga e comer queijo sem peso na consciência, mas com moderação, é claro né?

Gastronomia

O tema da alimentação balanceada está tão em pauta ultimamente que a gastronomia saudável é cada vez mais procurada. A união de nutricionistas e chefs de cozinha resultam em pratos extremamente saborosos e muito nutritivos, feitos com ingredientes naturais.

Há ainda a gastronomia funcional, que além do objetivo de nutrir, tem a missão de trazer outros benefícios por meio da comida, como a prevenção e o tratamento dos problemas de saúde.

Substituições saudáveis

No mercado, temos muito mais possibilidades de alimentos saudáveis pra fazer receitas deliciosas. Se antes a gente só tinha adoçantes que deixavam um retro-sabor amargo como opção ao açúcar, hoje temos alternativas naturais e sem gosto ruim, como o xilitol.

O açúcar de coco também é uma boa substituição, já que tem baixo índice glicêmico. O mesmo acontece com a farinha de trigo. Agora, além da versão integral, podem ser usadas as de coco e as de oleaginosas.

Esses são apenas alguns exemplos. Assim como eles, existem diversas trocas que podem ser utilizadas pra fazer comida saudável e saborosa. Basta usar um pouco de criatividade na cozinha.

Temos uma variedade enorme de frutas, verduras, legumes, carnes, ovos, queijos, grãos, tipos de gorduras boas e outros itens, que dá pra inventar muita receita nutritiva e com gostinho de quero mais!

Quais as sugestões de comidas gostosas e nutritivas?

Agora que você já sabe que dá sim pra ter uma comida gostosa e saudável, que tal ver isso na prática? Neste tópico, a gente fala de alguns exemplos de pratos que aliam nutrição e sabor. Quer ver? Siga!

Ravioli integral de ricota e espinafre

Quem disse que não se pode comer massa? Elas são energéticas e servem para dar aquele gás pra fazer as atividades do dia a dia. Na versão integral, ela ganha fibras importantes para o funcionamento do intestino e na saciedade. Isso significa que a fome vai demorar mais tempo pra voltar.

Com recheio de ricota e espinafre, você consegue as proteínas que o corpo precisa de uma maneira bem levinha. Pra fechar com chave de ouro, um molho de tomate caseiro delicioso. Esse ravioli uma ótima opção também pra quem é ovolactovegetariano. Que tal?

Salmão Assado com arroz de couve-flor e pupunha

O salmão é um peixe rico em sabor e nutrientes. Fonte de gorduras boas, ele faz parte de uma alimentação equilibrada. Aqui, nesse prato, ele ganha dois acompanhamentos incríveis e igualmente saudáveis. O arroz de couve-flor ganha companhia da cenoura e das castanhas.

Já a pupunha assada é um espetáculo à parte de tão boa que é. Todo o conjunto é super-rico em todos os sentidos que uma comida boa pode ser. Além do mais, tem baixo carboidrato, o que cabe direitinho em uma dieta low carb.

Edamame

Já ouviu falar em Edamame? Ele nada mais é que a soja verde cozida ainda na vagem. Ele tem um sabor diferente, meio adocicado, com textura fibrosa e macia ao mesmo tempo. Muito consumido pelos asiáticos, ganha cada vez mais apaixonados por aqui, no Brasil.

Quem acompanha essa leguminosa, rica em proteínas, é o couscous marroquino, que tem castanha-de-caju e passas pra dar crocância e doçura, respectivamente. A pupunha assada aparece mais uma vez, com a sua leveza de sempre e carregada de nutrientes.

Feijoada vegetariana

Você adora feijoada, mas acha que é um prato pesado e que não cai bem? Sim, a versão tradicional, cheia de carnes gordas, pode ter uma digestão um pouco mais difícil mesmo. No entanto, a receita vegetariana é leve e muito gostosa.

Em vez da carne de porco e dos embutidos, o cogumelo paris, a berinjela e a batata-doce são os destaques do prato. O feijão-preto é mantido e a ora-pro-nóbis é a verdura da vez. Sabe aquele gostinho defumado? Ele também está presente por meio da páprica defumada. Pra finalizar, o arroz de couve-flor com castanhas e cenoura. Sensacional!

Viu como dá sim pra ter comida saudável e saborosa no dia a dia? Não é preciso se render aos fast foods e alimentos que não fazem bem. Se você não tem tempo pra cozinhar ou habilidade na cozinha que seja suficiente, a solução é simples. Basta apostar nas refeições nutritivas congeladas, como as que a Liv Up oferece.

Ficou curioso pra conhecer a Liv Up, né? Saiba que todos os nossos pratos são feitos com ingredientes fresquinhos e naturais. Nada aqui tem aditivos químicos e a maioria dos vegetais são orgânicos. Conheça o nosso cardápio e confira você mesmo!

Você vai gostar de ver…

psyllium emagrece

Psyllium emagrece? Mitos e verdades sobre o alimento

Vira e mexe surge um novo alimento com um poder desconhecido gerando dúvidas na internet. É o caso do Psyllium. Afinal, Psyllium emagrece mesmo ou é história? A seguir, a

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.