Como congelar legumes crus para não perder nutrientes?

milho como congelar legumes crus

Seja como uma estratégia para ter acesso fácil a refeições mais saudáveis durante a correria da rotina ou então para evitar desperdícios de alimentos, saber como congelar legumes crus pode fazer a diferença na sua cozinha.

A boa notícia é que esse processo é simples e prático, basta prestar atenção ao tempo e formas de armazenamento corretos. Assim, você conta com itens nutritivos mesmo quando o tempo está curto para criar seu cardápio de alimentação saudável.

Como congelar legumes crus do jeito certo?

Em poucos passos, é possível garantir porções para descongelar quando bater a fome, espia só: 

Separar e preparar os alimentos

Em primeiro lugar, comece elencando aqueles itens que não serão usados imediatamente, verificando se os itens estão frescos e em boa qualidade. Assim, faça a higienização correta e descasque, corte ou retire os talos, conforme as características de cada alimento, da mesma forma como se fosse usar o item numa receita naquele momento. 

Como escaldar legumes para congelar

Esse processo, também chamado de branqueamento, impede a ação das enzimas que atuam sobre as verduras e os legumes, dessa forma prolongam a vida útil dos ingredientes. 

Para isso, basta mergulhar os alimentos em uma panela com água fervente por alguns minutos (o tempo de cada item está listado logo abaixo). Passado o tempo indicado, retire os vegetais e então faça o choque térmico, levando para uma tigela com água fria e gelo, para interromper o cozimento. Por fim, deixe escorrer e seque bem para evitar que os legumes acumulem água durante o congelamento. 

Hora de armazenar 

O ideal é que os alimentos sejam embalados em recipientes herméticos de vidros, saquinhos ziplock ou potes de plástico com tampa. No caso dos saquinhos próprios para congelamento, lembre-se de retirar todo o ar possível da embalagem. Com esses cuidados, a maioria dos alimentos dura entre três e seis meses no congelador. 

Além disso, algumas dicas podem tornar esse processo mais seguro: 

  • Use etiquetas ou canetas próprias para identificar a data que o produto foi congelado e seu vencimento, organizando assim o que deve ser consumido antes.
  • Não lote o congelador, pois o ar gelado precisa circular entre os produtos armazenados.
  • É importante manter o congelador regulado, seco e em boas condições de funcionamento para que os alimentos não estraguem. 

Ultracongelamento da Liv Up

como congelar legumes crus com saquinhos

Quando se falava em comprar comida pronta congelada, antes a ideia eram pratos super processados e cheios de conservantes. Hoje, quando se fala em refeições e porções congeladas, é possível contar com opções saudáveis e naturais, como as delícias da Liv Up.

Mas por aqui o processo é suuuper diferente do congelamento tradicional feito em casa ou em freezers industriais. Nossa tecnologia de ultracongelamento, também conhecida como flash freezing, é uma técnica super rápida, the flash mesmo! Com um equipamento especial, os alimentos chegam a temperaturas negativas (-18ºC) rapidamente. 

Essa velocidade é o ponto chave, porque nesse caso o congelamento não causa mudança nas estruturas da célula dos ingredientes. Na prática, isso resulta numa comida que, mesmo depois de descongelada, mantém suas características nutricionais praticamente intactas. Com isso, além de ter acesso a pratos saudáveis e nutritivos, as refeições têm sabor e textura idênticos à refeição preparada na hora, ou seja, bem fresquinha. 

Todos os legumes podem ser congelados?

A grande maioria das hortaliças podem ser congeladas. Entre os mais comuns estão brócolis, cenoura, abóbora, vagem, ervilha, pimentão e couve-flor. Existem, porém, exceções, dentre eles, os vegetais folhosos, como alface, rúcula e agrião. Para o congelamento, o ideal é usar verduras e legumes que passaram pelo processo de branqueamento. 

O tempo de fervura para cada legume varia conforme suas características. Por isso listamos o tempo recomendado de escaldamento em água fervente antes do choque térmico: 

  • Aipo – 3 minutos
  • Abóbora – 3 minutos
  • Abobrinha em pedaços – 2 minutos 
  • Alcachofra – 10 minutos
  • Aspargo (tamanho médio) – 3 minutos 
  • Berinjela – 4 minutos
  • Brócolis (flores com 4 cm) – 3 minutos
  • Cebolas – de 3 a 5 minutos 
  • Cenouras em rodelas – 3 minutos 
  • Couve-de-bruxelas (tamanho médio) – 4 minutos
  • Couve-flor – 3 minutos
  • Couve-galega – 3 minutos
  • Couve-rábano – 3 minutos 
  • Chuchu – 3 minutos 
  • Edamame – 5 minutos
  • Ervilhas com vagem – 2 a 3 minutos
  • Ervilhas fresca – 2 minutos 
  • Favas (somente grãos) –  8 minutos 
  • Milho na espiga (tamanho médio) – 9 minutos 
  • Milho em grãos – 2 minutos 
  • Mandioca – 5 minutos
  • Mandioquinha – 8 minutos 
  • Nabo – 2 minutos
  • Nabo branco – 3 minutos
  • Pimentão (metades) – 3 minutos
  • Quiabo (vagens pequenas) – 3 minutos 
  • Repolho (triturado/picado) – 1 minuto e meio
  • Vegetais com folhas verde-escuras – 2 minutos

Eles perdem seus nutrientes?

como congelar legumes crus brócolis

Toda grande mudança de temperatura altera a propriedade dos alimentos. Então seja o cozimento como o congelamento, existe sim uma perda de nutrientes e antioxidantes em relação aos alimentos frescos, consumidos in natura. Mas o congelamento é o método que menos altera o valor nutricional dos alimentos.

Entretanto, no caso do congelamento ultrarrápido da Liv Up, essa perda é menor do que no caso do congelamento caseiro, onde pode haver formação de cristais devido à água do alimento. 

Qual o jeito certo de descongelar?

Não há mistério em como descongelar legumes crus. A maioria desses alimentos nem exige um descongelamento prévio, podendo ir pra panela, pro forno ou para airfryer ainda congelados. Caso vá preparar um prato frio ou servir o legume cru, deixe na geladeira um dia antes do uso. Outra ótima opção é o microondas, pois o aparelho geralmente já conta como uma opção para descongelar itens, basta apenas ficar atento ao tempo para não “cozinhar” seu legume. 

Se você procura mais praticidade e sabor na sua rotina, não deixe de conferir as opções prontinhas da Liv Up, temos porções de proteínas, carboidratos, assim como outros acompanhamentos e até docinhos. Ah, e também tem receitinhas delícia aqui no blog que vão te surpreender.

Você vai gostar de ver…

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

receitas do tik tok viral

Viralizou: 10 receitas do Tik Tok pra testar em casa

No universo culinário das receitas do Tik Tok, a criatividade e a simplicidade andam de mãos dadas. Não é de hoje que nas redes sociais, especialmente no TikTok, chefs amadores

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.