Nutri responde: como diminuir a vontade de comer doce?

Quem é que não gosta de um docinho? Gostar de uma sobremesa não tem nada de errado. O problema é quando se torna algo exagerado, causando prejuízo à saúde. Isso pode acontecer por diversos motivos, desde o funcionamento do organismo até fatores psicológicos. A seguir, explicamos como diminuir a vontade de comer doce com a ajuda da nutricionista do time de desenvolvimento da Liv Up, Bruna Quaglio. 

Tem como diminuir a vontade de comer doce?

Quando há muita vontade de comer doce, um passo importante é buscar ajuda de um especialista. “Existem estratégias que o nutricionista pode passar individualmente na tentativa de redução da vontade de doce e em alguns casos a terapia com um psicólogo pode ser necessária para entender de onde essa necessidade está vindo e se ela tem cunho emocional ou não”, explica Bruna. 

Do ponto de vista alimentar, uma forma de diminuir esse desejo é aumentando o consumo de itens que promovam uma maior sensação de saciedade, mantendo a fome longe e ajudando a manter o nível de açúcar no sangue equilibrado. Outra estratégia é consumir mais alimentos que estimulam a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar e prazer. São exemplos disso itens do nosso dia a dia, como a banana, aveia e castanhas. 

Dietas pobres em carboidrato também podem levar a esse desejo, fazendo com que corpo peça carboidratos em forma de doces. E isso tem explicação científica: ao ingerir alimentos ricos em açúcar, o organismo libera substâncias que causam satisfação e combatem o estresse. Não é por acaso que consumir aquele chocolatinho causa sensação de relaxamento, afinal de contas, ele estimula a produção e liberação de dopamina e serotonina. Uma vez que consumir doces se torna algo regular, gera um ciclo bem difícil de parar, levando à vontade excessiva de comer doce

Por que tenho tanta vontade de doce?

como diminuir a vontade de comer doce

Existem diversos fatores que explicam esse desejo, desde hábitos culturais (como consumir esse tipo de alimento desde cedo) até os problemas emocionais citados pela nutricionista Bruna Quaglio. Episódios de compulsão por doces podem estar sim relacionados a problemas como depressão e ansiedade, onde os alimentos se tornam uma válvula de escape. 

Por isso, se você quer descobrir como perder a vontade de comer doce, antes de mais é preciso descobrir a causa. Além dos fatores psicológicos, é preciso investigar se a origem não é alimentar. Isso pode ser sinal de uma dieta pobre em carboidratos ou ainda um alerta vermelho para a presença de doenças, como o diabetes. Isso porque um dos sintomas mais comuns da doença é a fome intensa. 

Se você acha que o seu apetite por um docinho passa dos limites, é bacana procurar ajuda de um profissional da saúde especializado. 

Preciso parar de comer doce?

A nutricionista da Liv Up afirma que na maioria dos casos, não há necessidade alguma de parar de comer doces. “O importante mesmo é ter uma dieta equilibrada”, explica. Aliás, nada de terrorismo nutricional, viu? Numa alimentação saudável deve existir espaço para todos os tipos de alimentos, incluindo a sua sobremesa favorita. 

10 dicas de como diminuir a vontade de comer doce

A seguir, listamos algumas dicas de como tirar a vontade de comer doce ou, pelo menos, minimizá-la no dia a dia e, de quebra, ter uma alimentação mais equilibrada. Vem com a gente! 

Doces menos doces

Não precisa radicalizar e mudar seus hábitos do dia pra noite. Uma forma de conseguir reduzir o açúcar é optar por doces menos doces, e ir diminuindo a vontade gradativamente. Baixar o nível de doçura aos poucos ajuda o paladar a se acostumar e assim você não sente vontade de comer alimentos tão açucarados. Você pode começar pelo açúcar do cafezinho, trocando o chocolate ao leite pelo meio amargo e o iogurte com sabor artificial pelo natural. 

Evitar grandes intervalos sem comer

Ficar muito tempo sem se alimentar faz a fome acumular e até mesmo pode levar a episódios de compulsão. Assim, em vez de comer aquele pedaço de bolo que você tanto queria, pode acabar comendo o bolo todo. Uma forma de evitar isso é comendo porções menores com mais regularidade. 

Comer alimentos integrais

Os integrais, assim como outros alimentos ricos em fibra, contribuem para controlar os níveis de glicose no sangue. Quando o açúcar dos alimentos é absorvido lentamente, há diminuição da vontade de comer. 

Consumir alimentos que ajudam na saciedade

Comidas ricas em proteínas e gorduras boas também contribuem para proporcionar a sensação de saciedade e reduzir a fome. Entre eles, carne magra, peixe, ovos, abacate e soja são ótimos exemplos. 

Reduzir o consumo carboidratos simples

Alimentos como pão branco, biscoito recheado, bolos e salgadinhos fazem parte dos carboidratos simples, alimentos que fazem com que os níveis de glicose no sangue aumentem e caiam rapidamente. Assim, o organismo entende que é preciso aumentar novamente a glicose no cérebro e o resultado é o estímulo do apetite e, portanto, a vontade de comer doce. 

Comer mais frutas

Já ouviu falar nas frutas que tiram a vontade de comer doce? Além do sabor adocicado natural presente em muitas delas, o grande segredo está novamente nas fibras, que ajudam a diminuir a absorção de açúcar pelo intestino. Você pode consumi-las como sobremesa ou adicionar nos seus lanches em forma de vitaminas, com iogurte ou na tradicional salada de fruta. 

Suplementação 

“Um dos suplementos que auxilia na redução é o picolinato de cromo, mas a sua necessidade precisa ser avaliada individualmente”, comenta a nutricionista da Liv Up. Essa substância ajuda porque uma deficiência de cromo no organismo pode resultar na redução da tolerância à glicose, sendo inclusive usada em alguns tratamentos para diabetes. 

Além do picolinato de cromo, outro suplemento que pode ajudar é o de probióticos. Isso porque uma flora intestinal mais saudável ajuda a regular os estímulos cerebrais que pedem mais açúcar. 

Comer sementes e castanhas

Na lista de como diminuir a vontade de comer doce entram também os alimentos ricos em magnésio, como a chia, gergelim, linhaça e semente de girassol. Esse mineral estimula a produção de serotonina, sendo um aliado importante contra a compulsão alimentar. 

Use canela nas receitas

A história de que a canela tira vontade de comer doce tem explicação. Ela ajuda na sensação de saciedade, além de conter propriedades antioxidantes. Uma das formas de consumir essa especiaria é polvilhar nas receitas e frutas, como a banana e a maçã, substituindo guloseimas açucaradas. 

Evitar bebidas industrializadas

Refrigerantes, energéticos e sucos de caixinha contêm grandes doses de açúcar. Portanto, deixar de bebê-las diminui muito a quantidade de glicose ingerida diariamente. Por outro lado, é importante caprichar na hidratação, pois muitas vezes o organismo confunde sede com fome. 

Agora que você já sabe como diminuir a vontade de comer doce, vale lembrar mais uma vez que as sobremesas não precisam ser vilãs da alimentação. Existem diversas opções saudáveis, que casam bem com uma dieta equilibrada e sem neuras. 


foto bruna quaglio nutricionista especialista liv up

Bruna Quaglio

Coordenadora do Time de Desenvolvimento de Produtos da Liv Up.

Você vai gostar de ver…

como usar bicarbonato na musculação

Nutri responde: bicarbonato na musculação faz diferença?

Já pensou se o bicarbonato pode ser o segredo para turbinar seus resultados? Vamos desvendar essa questão agora! Acompanhe com a Liv Up e o nutricionista Fabrício Degrandis e descubra

whey pode substituir uma refeição

Nutri responde: whey pode substituir uma refeição?

Você não precisa ser fissurado em academia para conhecer o famoso Whey Protein, visto que seu consumo pode ser feito mesmo se você não treinar. No smoothie, shake e até

Gordura corporal: nutri explica como diminuir o percentual

Muito além do peso na balança, existem outras métricas muito mais importantes para a avaliação da saúde, como no caso do percentual de gordura corporal. Você sabe como anda a

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.