Churrasco em casa: das carnes ao tempero e acompanhamentos

churrasco em casa

De norte a sul do Brasil, faça frio ou calor, o churrasco em casa é muito mais do que uma refeição: é uma verdadeira confraternização que prova que comida é também afeto, e um motivo muito gostoso para reunir as pessoas.

E pra fazer o churrasco caseiro ser um sucesso, além de boa companhia, é preciso entender direitinho as quantidades por convidado, qual o melhor tempero, corte e os acompanhamentos que não podem faltar. Para te ajudar a preparar o kit Churrasco da Liv Up, elencamos a seguir algumas dicas dos nossos chefs – desde a forma correta de descongelar a carne às receitinhas como o pão de alho e o vinagrete. Bora lá?

Churrasco em casa: por onde começar?

A verdade é que mesmo se você for um churrasqueiro de primeira viagem, vai mandar bem seguindo o nosso guia de churrasco. São técnicas e receitas simples, mas que vão fazer a diferença na hora de receber seus convidados. Anota aí: 

Quantidade de churrasco por pessoa:

Pois bem, para não faltar nem haver desperdício, o primeiro passo é calcular a quantidade de carne e guarnições por convidado. O nosso kit churrasco traz como sugestão 340 gramas de carne por adulto, incluindo as variedades que serão servidas para uma degustação ampla, no caso, picanha em tira, bife de chorizo, flat iron e coxinha da asa. Além disso, você ainda conta com queijo coalho, vinagrete, tomate italiano, abobrinha italiana, cebola, e chimichurri. 

Hmmm, deu fome só de imaginar, né? A quantidade final calculada é de 727g por pessoa, sendo nosso kit pensado para 6 convidados saírem satisfeitos.

Aprenda a acender a churrasqueira 

Sim, tem truque para acender a churrasqueira da forma correta para um churrasco em casa, mantendo o calor ideal para preparar aquela carne macia, suculenta e saborosa. Pra começar, o carvão precisa estar beeem sequinho, então nada de umidade.

Quando o assunto é segurança, o álcool gel é a melhor pedida. Uma dica é pegar um pedaço de pão, remover o miolo, e colocar álcool gel. Com o fósforo, você deve “acender” o pão e, quando ele começar a pegar fogo, colocá-lo no meio da churrasqueira, entre o carvão. Assim, irá pegar fogo e levantar as chamas iniciais. Vale lembrar que o churrasco deve ser feito na brasa e não no fogo.

Aliás, a brasa vermelha e viva é um dos segredos para um bom churrasco. Por isso, para mantê-la acesa, você pode reservar alguns pedaços de carvão. Quando começar a perder calor, é só ir alimentando a brasa.

Vale lembrar também que a quantidade de carvão pode variar conforme a churrasqueira, época do ano e outros fatores. Assim, é sempre recomendável ter uma quantidade reserva para qualquer necessidade.

Como descongelar a carne?

Você já usou um micro-ondas ou água para descongelar a carne por conta da pressa? Então saiba que nenhuma das duas alternativas é a mais adequada. A forma correta de descongelamento, conforme a dica do chef de criação da Liv Up, Pedro Campos, é retirar a carne do congelador e manter na geladeira na noite anterior. Além disso, ela deve ficar em temperatura ambiente cerca de uma hora antes do churrasco começar, pois muito fria, pode esfriar a grelha e retardar o processo, cozinhando ao invés de assar.

Para ajudar a não esquecer, coloque um alarme ou lembrete no celular, e assim garantir a temperatura ideal para o preparo do seu churrasco. É importante também que a carne esteja completamente descongelada, evitando que a superfície pareça assada, mas o interior fique cru ou até mesmo frio, viu?

Por fim, não esqueça que a carne que já foi congelada e deixou o freezer não pode voltar a ser resfriada. Esse processo faz com que ela perca muito líquido, e assim sua suculência e sabor. Há também a chance de aumentar o risco de contaminação do alimento.

Como fazer um bom churrasco: cortes de carne

Quando o assunto é preparar um churrasco caseiro, certamente alguns cortes clássicos vêm à mente. Se você também é fã de carne suculenta e com gordura na medida, vai adorar as opções do nosso kit: 

Picanha: sem dúvidas, é o corte preferido dos apaixonados por churrasco em todo o Brasil. Ela une um sabor inconfundível e suave com uma textura macia que derrete na boca.  Seja inteira, em bifes ou no alho, ela é praticamente um sinônimo de churrasco. 

Chorizo: estamos falando do corte mais famoso na Argentina e Uruguai – a parte central do contra-filé. Ele reúne suculência e sabor marcante, graças a uma capa de gordura externa que realça o sabor, sendo considerado um dos melhores cortes do mundo.

Flat Iron: carne ultra macia e saborosa, perfeita para quem gosta de cortes limpos e de menor altura. Ótimo para petiscar, tem textura parecida com a de um filé mignon.

Aprenda a temperar a carne pra churrasco

A recomendação dos especialistas é unânime: na dúvida, o melhor tempero pro churrasco bovino é o sal grosso, que apenas realça o sabor e mantém o suco da carne. Ele deve ser espalhado pelas peças antes de irem para a grelha.  Nesse caso, uma boa pedida é usar 1.5% de sal sobre o peso da carne. Por exemplo, para o preparo de 2kg de churrasco, adicione 30g de sal.

Os demais tipos de carne, como frango, porco e cordeiro, harmonizam bem com outros temperos, como alecrim e limão, por exemplo.

Acompanhamentos que não podem faltar no churrasco

acompanhamentos para churrasco em casa

Um churrasco em casa não é o mesmo somente com uma boa carne. Isso quer dizer que providenciar os tradicionais molhos e acompanhamentos faz parte. Entre eles, aprenda a fazer os clássicos:

Vinagrete tradicional:

Clássico entre as guarnições de churrasco, ele é facílimo de preparar. Traz muito sabor, sem exigir passar um tempão na cozinha. O vinagrete do nosso kit já vem prontinho pra consumir, mas você pode adicionar um toque especial. Nosso chef de criação, Pedro Campos, recomenda acrescentar raspas de limão siciliano, para trazer um frescor especial.

Chimichurri:

Tem molho mais saboroso e ideal para acompanhar um bom churrasco que o chimichurri? Essa combinação aromática emprestada dos hermanos deixa tudo mais saboroso e incrível! No nosso kit, ele vem sequinho, aí é só hidratá-lo com vinagre de vinho ou combinar com um azeite para temperar também os legumes. 

Legumes grelhados: 

Anota aí o segredo do nosso chef: os legumes devem ser cortados em rodelas pra grelhar ou envolvidos em papel alumínio e assados ao lado das chamas. Para o grelhado, 5 minutos de cada lado é o suficiente ou até o ponto ideal de acordo com a sua preferência. Como tempero, o nosso chimichurri dá mais que conta do recado, ajudando a trazer mais sabor e aroma às suas guarnições.  

Pão de alho caseiro: 

Tudo fica mais crocante e especial com um bom pão de alho caseiro. Unanimidade entre os acompanhamentos do churrasco, você pode prepará-lo usando o tradicional pão francês ou seu pãozinho favorito que já está aí na despensa. A receita a seguir é pensada para 6 pessoas, mas você pode multiplicar os ingredientes conforme a quantidade de convidados: 

Ingredientes: 

  • 6 pães
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 3 colheres (sopa) de requeijão
  • 2 colheres (sopa) de alho triturado
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 1 colher (sopa) de cheiro verde

Modo de Preparo: 

  1. Misture todos os ingredientes até obter uma pasta homogênea;
  2. Faça cortes superficiais nos pães para poder recheá-los;
  3. Acrescente a pasta nos pães e leve para o forno a 180° por 25 minutos ou fazê-lo também na grelha até que fique bem douradinho; 

Para diversificar, você pode adicionar também alecrim, queijo gouda bem picadinho, cebolinha fresca e pimenta calabresa. 

O que colocar primeiro na churrasqueira?

Antes de colocar qualquer comida na churrasqueira, tem macete também pra saber se a brasa está boa! Coloque a mão por cima dela, na mesma altura da grelha e conte quantos segundos demora até você sentir que está muito quente e precisa tirá-las. O ideal é que o tempo seja de 5 a 6 segundos – mais que isso, a brasa está fraca; e muito menos que isso pode queimar a carne.

Com a brasa no ponto certo, a indicação é começar pela coxinha da asa, pois tem ossos e demora mais para grelhar por completo. Além disso, o frango não pode correr o risco de ficar cru. Uma boa ideia é incluir as coxinhas em um espeto para facilitar no manuseio e virar todas ao mesmo tempo, garantindo que fiquem douradinhas. Ao mesmo tempo, você já pode ir preparando os legumes.

Na sequência, entra em cena o flat iron, por ser uma carne macia e uniforme, com rápido preparo. A sugestão de ponto da carne do nosso chef, é ao ponto ou ponto para menos. A próxima carne a ir pra grelha é a picanha, que deve ser colocada na parte mais funda da churrasqueira, caso ela seja fechada. Isso porque a temperatura é maior e o cozimento da carne fica uniforme, mesmo se tratando de um corte mais grosso.

Por último, mas não menos importante, é a vez do chorizo. Assim como a picanha, 5 minutos de cada lado é um bom tempo pra deixar seu churrasco no ponto!

Como cortar a carne do jeito certo?

Você sabia que o corte pode interferir no resultado do seu churrasco, inclusive na maciez da carne? Pois é! “Picanha e chorizo precisam de um corte horizontal, já o flat iron deve ser cortado na vertical. É interessante aguardar cerca de 1 a 2 minutos depois de tirar a carne para cortar. Isso porque as enzimas do alimento acalmam e o sulco da carne não escorre pela tábua”, explica o chef de criação da Liv Up, Pedro Campos.  

Dicas de limpeza de um churrasco em casa

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar que o limão é um ótimo aliado na limpeza da grelha. Isso se deve ao seu alto grau de acidez, que faz com que ele atue como um bom desengordurante. Para usar esse poder, pegue um limão e o corte ao meio. Depois, é só esfregá-lo na superfície que você quer higienizar. Por fim, aplique um pouco de detergente, água morna e esfregue com a parte macia da esponja.

Assim, sua grelha está prontinha para o próximo churrasco e assim você evita a formação daquela crosta de sujeira de carvão, restos de carne, fuligem e etc. Esse cuidado também ajuda a conservá-la novinha em folha por muito mais tempo.

Xô desperdício!

Aqui na Liv Up, nosso compromisso com o desperdício de alimentos é coisa séria! Se sobrou carne do seu churrasco, não deixe de experimentar esta receita de arroz carreteiro do Mohamad Hindi  indicada pelo nosso time:

Você vai gostar de ver…

arroz de preguiçoso

Xô louça suja: 5 receitas de arroz de preguiçoso

O arroz de preguiçoso é um prato perfeito para quem ama cozinha prática. É uma receita simples, fácil e que entrega uma refeição completa. E o melhor é que existem

refeição cardápio para o dia a dia

Cardápio para o dia a dia: 20 receitas pra experimentar

Quando o assunto é alimentação saudável, um dos grandes desafios é elaborar um cardápio para o dia a dia que reúna refeições práticas, mas também saborosas. Afinal de contas, a

receita com quinoa vermelha peixe e vegetais

15 receitas com quinoa pra substituir o arroz no dia a dia

Famosa pelo seu potencial nutricional, a quinoa é uma planta nativa da região andina do Peru que faz sucesso também pela versatilidade. Ela é rica em proteínas, possui magnésio, vitaminas

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.