10 dicas de nutri de como melhorar a alimentação em 2022

como melhorar a alimentação comendo certo

Vai ano, vem ano, um pensamento é certo: no começo de todos eles temos aquela vontade de aprender como melhorar a alimentação. Afinal, é comum ocorrerem alguns exageros nos últimos dias de dezembro. Contudo, ao invés de focar apenas em um ou dois meses, que tal se aprofundar para conquistar mudanças reais? Temos muito para te ensinar!

Hoje, a nutri do time de desenvolvimento da Liv Up, Tati Barão, compartilhou algumas dicas para investir em um cardápio de alimentação saudável, e mais, como pequenos detalhes fazem a diferença em uma rotina alimentar. Vem com a gente turbinar sua saúde!

Como começar a melhorar a alimentação?

Entre todos os conselhos que você poderia receber, o mais sincero de todos é que nenhuma mudança radical se sustenta por muito tempo. Por isso, a recomendação é sempre apostar em uma reeducação alimentar. Isso porque, independente dos seus motivos para melhorar a alimentação, com certeza você quer ver um resultado duradouro. Vamos lá?

1) Escreva os motivos das mudanças que você quer fazer

Após escolher o que vai mudar, coloque em local visível e que você veja sempre (geladeira, armário, carteira). Quando temos clareza dos motivos, fica mais fácil persistir ao longo do ano. Sempre que sentir que precisa relembrar, volte nesse papelzinho e continue em frente nos cuidados com você.

2) Escolha poucas metas por vez e que sejam específicas

O quê? quando? como? Em vez de, “ano que vem vou comer melhor”, troque por “vou incluir frutas no café da manhã”, “todo domingo vou comprar o que preciso”, “vou fazer isso ao menos 3 vezes na semana”.

3) Foque mais em alimentos nutritivos que você pode incluir, do que alimentos para excluir

A melhor forma de ser mais saudável é garantir variedade e qualidade das escolhas. Sendo assim, funciona muito melhor aumentar a variedade, experimentar novos sabores e ampliar as possibilidades, do que tentar não comer o que gosta a todo custo. Permita-se gostar de novos alimentos, especialmente na categoria das frutas e vegetais.

4) Priorize a mudança de hábitos e não o número na balança.

Você já sabe, mas é fácil cair na tentação de soluções milagrosas que nunca funcionam no longo prazo. Foque na mudança de hábitos e persista. Os resultados estéticos, se forem da sua vontade, virão com o tempo.

5) Faça pequenas substituições que promovem grande diferença

como melhorar a alimentação comendo frutas

Entre as sugestões, experimente trocar sucos industrializados e refrigerantes por água, assim como alimentos refinados (farinha e arroz branco) por integral, salgadinhos por castanhas ou sementes temperadas, frituras por alimentos assados e por aí vai. Sempre que possível, na maioria dos dias, faça escolhas com menos açúcares, gorduras saturadas e sódio e com mais frutas e vegetais.

6) Programe-se com as compras

Aproveite que hoje conseguimos ter a praticidade do online. No mercado da Liv Up, por exemplo, você tem acesso a produtos mais saudáveis e um hortifruti cheio de vegetais e frutas fresquinhos. A falta de alimentos saudáveis na dispensa é o principal motivo para recorrermos a opções pouco saudáveis, por isso, use e abuse da facilidade da compra virtual e entrega programada.

7) Faça as pazes com a comida

Nenhum alimento é vilão ou mocinho, o que vale é o todo e a frequência com que eles entram no seu dia a dia. Por isso, foque nas boas escolhas na maior parte dos dias e permita-se apreciar as exceções sem culpa.

8) Pratique o comer consciente

Ou seja, separe tempo para as refeições sem interferência de celular ou computador, preste atenção aos sinais de saciedade do seu corpo, pois assim fica mais fácil comer em quantidade suficiente e adequada, sem se deixar levar pelas distrações.

9) Hábitos saudáveis dependem um do outro, por isso, invista também em cuidar da saúde mental e física

Quando estamos com a mente tranquila e o corpo ativo, temos mais motivação para cuidar da alimentação. Inclusive, o contrário você já sabe, estresse e sedentarismo nos colocam no looping da má alimentação, pois buscamos liberar os sentimentos ruins comendo.

10) Por fim, faça boas escolhas (e sustentáveis)

como melhorar a alimentação com a liv up

Se puder, compre de quem tem responsabilidade com a produção justa e sustentável, assim você valoriza o caminho que o alimento fez pra chegar até você. Olhar pra comida como relações sociais, ambientais e humanas, transforma a sua própria relação com o alimento. Dessa forma, um simples tomate fica muito mais saboroso quando lembramos que tem muita história por trás.

Você vai gostar de ver…

déficit calórico dos alimentos

Déficit calórico: como funciona a fórmula das calorias

Quem quer emagrecer certamente já esbarrou por aí no conceito de déficit calórico, até porque é impossível perder peso sem ele. Entender essa relação entre as calorias ingeridas e as

refeição cardápio para o dia a dia

Cardápio para o dia a dia: 20 receitas pra experimentar

Quando o assunto é alimentação saudável, um dos grandes desafios é elaborar um cardápio para o dia a dia que reúna refeições práticas, mas também saborosas. Afinal de contas, a

iogurte saudável com frutas

Iogurte saudável: como escolher o melhor

Saboroso, versátil e bem equilibrado, o iogurte saudável é uma opção queridinha na hora de montar um cardápio bacana. Vai bem com frutas, com granola, em molhos para saladas e

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.