Como superar o desafio de oferecer variedade para os filhos?

como oferecer variedade para os filhos

Não consegue oferecer variedade para os filhos? Não se culpe. Esse é um dilema muito comum entre quem tem crianças em casa e existem algumas formas de driblar as dificuldades. 

Mas não dá para desistir. Afinal, crianças dependem de uma alimentação rica e variada para o seu desenvolvimento pleno. Além disso, a falta de variedade nos ingredientes e preparações pode fazer com que seu filho coma menos do que precisa, conforme explica a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). 

Neste artigo, separamos algumas dicas para superar esse desafio e garantir mais saúde para seus filhos. Continue lendo e confira:

5 dicas para oferecer variedade para os filhos

1. Organize as refeições

Tire um momento da semana para planejar as refeições e monte um pequeno cardápio. Não precisa ser nada elaborado, mas isso ajuda na hora de fazer as compras e preparar os alimentos. 

Lembre-se que a indicação de especialistas é que as crianças façam três refeições e dois lanches por dia. Então se programe dividindo os pratos dessa forma. E não esqueça, a refeição deve conter pelo menos um alimento de cada um dos seguintes grupos:

  • Cereais ou tubérculos (por exemplo, arroz, milho, macarrão, batata ou mandioca);
  • Leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, soja, grão de bico);
  • Carnes ou ovo;
  • Hortaliças (verduras e legumes).

Também preste atenção no lanche da escola. Afinal, não adianta ser saudável só dentro de casa, certo? Essa é uma refeição importante para as crianças e precisa entrar na organização familiar. 

2. Deixe pratos preparados com antecedência

Junto com a organização, vem uma outra dica: tenha sempre refeições prontas em casa. A correria do dia a dia, como você deve saber, é a maior inimiga da diversidade na alimentação.

Sem tempo, pode ser que você acabe preparando sempre os mesmos alimentos, porque são fáceis e rápidos. Só que isso acaba atrapalhando na saúde dos pequenos, que precisam de variedade para ingerir todos os nutrientes necessários ao seu crescimento. 

Então tente cozinhar alguns alimentos no fim de semana e deixá-los na geladeira. Ou, se o tempo for curto, aposte em refeições prontas. Já existem muitas opções de comida congelada saudável que podem te ajudar a oferecer variedade para os filhos. Experimente e veja como isso pode te ajudar. 

3. Evite os ultraprocessados

Os alimentos ultraprocessados também são vilões quando o assunto é variedade na alimentação. Isso porque eles possuem substâncias que enganam o paladar e fazem com que as crianças recusem outros alimentos, com sabor mais natural. 

Dessa forma, elas vão querer sempre outros alimentos ultraprocessados e tendem a recusar a comida de verdade

Além disso, esses alimentos possuem calorias escondidas, que confundem os mecanismos do corpo responsáveis pela saciedade. Assim, os pequenos tendem a comer mais do que o necessário, atrapalhando as outras refeições. 

Por isso, procure conferir o rótulo dos alimentos que você compra para seus filhos e veja se eles passaram por processamento industrial.

Biscoitos recheados, sopas e macarrões instantâneos, refrigerantes e embutidos são alguns exemplos de ultraprocessados que podem atrapalhar bastante o desenvolvimento saudável dos pequenos. Então tente tirá-los da dieta das crianças da forma como for possível. 

4. Experimente diferentes preparações

Oferecer variedade para os filhos não significa só diversificar os ingredientes, mas também as formas de preparar. Assim, ninguém enjoa de alimentos nutritivos.

Então procure fazer alimentos cozidos, assados, grelhados, com molho ou sem. Existem muitas maneiras de cozinhar aquele peito de frango ou um macarrão simples. Seja no tempero, na maneira de cozimento ou nos acompanhamentos. 

5. Seja persistente

Existem momentos que oferecer variedade para os filhos não é o único desafio. Às vezes, as crianças simplesmente não querem comer nada diferente. Elas escolhem sempre os mesmos alimentos e recusam tudo que seja diferente. 

Isso é normal, principalmente na idade pré-escolar. Nesses casos, continue insistindo. De acordo com a SBP, as crianças precisam de oito a dez exposições para aceitarem plenamente um alimento. 

Seja paciente, mas continue colocando esses ingredientes no prato, até que ela aceite experimentar.

Por fim, se você anda precisando de uma ajuda para oferecer refeições mais saudáveis para a sua família, a Liv Up tem opções variadas para o seu dia a dia.

Você vai gostar de ver…

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

receitas do tik tok viral

Viralizou: 10 receitas do Tik Tok pra testar em casa

No universo culinário das receitas do Tik Tok, a criatividade e a simplicidade andam de mãos dadas. Não é de hoje que nas redes sociais, especialmente no TikTok, chefs amadores

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.