Mudando o mundo

Como ter um estilo de vida sustentável? Descubra já!

setembro 10, 2019

Você se preocupa com o meio ambiente? É cada vez mais divulgado que, se a gente não mudar os nossos hábitos, sofreremos com a escassez dos recursos naturais e a poluição. Por isso, levar uma vida sustentável é mais que um estilo, é uma necessidade. Mas e então, como fazer isso?

É difícil definir a sustentabilidade, porque ela abrange muitos aspectos, não apenas o ambiental, mas o social e o econômico também. Ela é um conjunto de ideias que permite o progresso com o mínimo de impacto ao planeta.

Gostou da perspectiva de ser sustentável? Então, continue a leitura, pois, neste post, a gente dá dicas de como mudar as suas atitudes e contribuir pra uma vida melhor pra todo mundo. Bora lá?

Economize água

Quanto mais economizamos os recursos disponíveis, por mais tempo poderemos utilizá-los, como é o caso da água. Esse bem da natureza, essencial pra nossa sobrevivência, está cada vez mais escasso.

Além de fechar as torneiras, tomar banhos mais rápidos, aproveitar a água da máquina de lavar e outras atitudes que já sabemos, apagar as luzes também é uma ótima maneira. Isso, porque é preciso de água pra gerar energia.

Então, nada de sair do cômodo e deixar a luz ligada, ok? Veja se os seus eletrodomésticos são do tipo que puxa menos energia e, caso não sejam, troque-os assim que puder. O seu bolso e a natureza agradecem.

Repense o seu consumo

O nosso consumo impacta diretamente o meio ambiente em diversos fatores. O primeiro são os recursos naturais que foram utilizados pra fazer determinado objeto. Por exemplo, pra cada calça jeans, são usados 10 mil litros de água. Daí, se você compra sem necessidade ou a deixa guardada no armário, são litros e litros de água desperdiçados. Já pensou nisso?

Por essa razão, o consumo consciente é tão importante. Quando se compra por comprar, além de gastar dinheiro à toa — aí entra a sustentabilidade econômica —, a gente não usa os recursos como deveria, e isso faz com que eles acabem mais rápido, logicamente.

Outra maneira de ajudar tanto o meio ambiente quanto o lado social é escolher a dedo as marcas que vai consumir. Incentive as que se preocupam com a preservação da natureza, utilizam ingredientes orgânicos, não testam em animais, não usam agrotóxicos e pagam valores justos aos seus trabalhadores.

Use menos o carro

O escapamento do carro libera poluentes que são responsáveis pelo efeito estufa. Não vamos entrar nessa questão, pois a intenção aqui é dar dicas pra ter uma vida sustentável, mas a gente sabe que isso não é legal, né? Então, qual é a solução?

Bom, quanto menos usar o carro, melhor é. Seu trabalho é perto, dá pra ir a pé? É uma boa oportunidade de caminhar. É mais ou menos longe, mas dá pra ir de bicicleta? Olha que outra bela chance de se exercitar. Agora, se fica uma longa distância, que tal o transporte público ou a famosa carona?

Se mora perto de algum colega que vai todo dia para o mesmo lugar que você, por que não dividirem a gasolina e irem juntos em um carro só? Bem menos poluente, não é mesmo? E ainda dá pra economizar a grana e o recurso do combustível.

Reduza a ingestão de carne

Você sabia que, pra produzir um quilo de carne, são usados 17 mil litros de água? Pois é isso mesmo! Além do mais, os gases liberados pelo gado também afetam a atmosfera, contribuindo para o aquecimento global.

Calma, não precisa se desesperar de ficar sem o seu bifinho do almoço, não estamos falando pra parar de comer carne, e sim reduzir o consumo. Não comer essa proteína uma vez na semana já ajuda bastante.

Já ouviu falar na segunda sem carne? É uma campanha iniciada por Paul McCartney, sim, ele mesmo, o beatle. Ela tem a intenção de conscientizar a população sobre o consumo animal. Legal, né? Vale a pena tentar!

Reaproveite as embalagens

O que você faz com as embalagens dos produtos que consome? Joga fora? Doa? Reutiliza? Várias delas têm outras utilidades que algumas pessoas ignoram. As de vidro, de alimentos em conserva, por exemplo, podem servir pra guardar mantimentos, como milho de pipoca, farinha, açúcar, feijão etc.

Se quiser dar vida nova a elas, coloque toda a sua criatividade em jogo e pinte-as ou decore-as com biscuit, retalhos de tecido e o que mais a imaginação mandar. Você não é muito bom em artes manuais? Então, doe esses materiais pra quem faz artesanato.

O importante é retirá-los de circulação, porque podem parar na natureza e demorar centenas de anos pra se decompor ou prejudicar a fauna e a flora. Como? Machucando os animais e iniciando uma queimada, por exemplo. Já tinha pensado nisso?

Por falar em embalagens, dê preferência a produtos que contenham o mínimo possível de materiais. Em vez de comprar um item que tem plástico e caixa, prefira o que tenha apenas um dos envólucros. É menos lixo e menos recurso gasto.

Participe de projetos sociais

A sustentabilidade social é aquela que tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população. As ações preveem diminuir as desigualdades sociais, ampliar os direitos e garantir os serviços básicos a quem precisa.

Sabendo disso, que tal participar de projetos que ajudam a tornar o mundo melhor nesse sentido também? Fazer e arrecadar doações é apenas uma das várias atitudes que contribuem com as ONGs. Dividir o seu conhecimento também é uma maneira de fazer isso. Curtiu a ideia? Procure uma organização com que você se identifique e se prontifique a auxiliar.

A vida sustentável é uma maneira que temos de prolongar e tentar recuperar os recursos naturais do nosso planeta. Mas não somente isso. Com atitudes sustentáveis, a gente consegue transformar e melhorar a nossa relação, de seres humanos, com o meio ambiente.

E aí, o que achou do nosso post? Tem algo pra nos sugerir ou acrescentar? Deixe seu comentário! Sua opinião é sempre importante pra que a gente faça conteúdos cada vez mais interessantes.

Você também pode gostar

Scroll Up