Sustentabilidade

Descubra o que fazer para evitar o desperdício de alimentos em casa

janeiro 27, 2020
desperdício de alimentos

Sobrou comida na geladeira ou os produtos armazenados na despensa perderam a validade antes de serem consumidos? Isso pode ser resultado de cardápios mal elaborados ou compras feitas sem planejamento, que acabam levando ao desperdício de alimentos. 

Além do prejuízo ao seu bolso, o desperdício não é uma atitude sustentável. Existem estudos que apontam que o consumo atual pode contribuir para a falta de alimentos no futuro. O descarte também causa um aumento de resíduos sólidos, que se acumulam em aterros sanitários. E não é só o alimento que vai parar nesses locais — suas embalagens também.

Quer descobrir como evitar que isso aconteça? Leia nosso artigo e saiba como comprar alimentos de forma consciente, além de conferir dicas para melhor aproveitamento dos ingredientes!

Por que existe tanto desperdício?

O estudo que citamos acima estima que, desde a etapa da produção agropecuária até a mesa dos consumidores, cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos sejam desperdiçadas ou perdidas em todo o mundo a cada ano. Esse índice representa nada menos do que 24% de toda a produção alimentar mundial. 

As razões das perdas são diversas: uso de técnicas agrícolas ineficientes, problemas no transporte, armazenamento inadequado nos pontos de venda ou mesmo na casa dos consumidores, entre outros. Esse desperdício reduz a quantidade de alimentos disponível e ainda compromete o meio ambiente. Afinal, além do descarte, a produção agrícola demanda grandes quantidades de água, um recurso natural finito.

Para minimizar as perdas e o consequente impacto ambiental, é fundamental que toda a cadeia de produção e consumo entendam a importância da compra consciente e conheçam estratégias adequadas para manipulação, transporte e armazenamento dos alimentos.

Como evitar o desperdício de alimentos em casa?

Como explicamos, as perdas ocorrem em várias etapas da cadeia de fornecimento. No entanto, é possível contribuir para a redução do desperdício adotando boas práticas dentro de casa. Confira as nossas dicas!

Faça uma lista de compras

Antes de ir ao supermercado ou à feira, elabore uma lista e compre aquilo de que realmente precisa. Caso encontre uma boa oferta, só inclua o item se realmente for consumi-lo ou se a data de validade for maior. 

Para elaborar a lista de forma consciente, planeje o cardápio com antecedência e procure reaproveitar os alimentos. Por exemplo, a carne moída não consumida no dia do preparo pode ser congelada e transformada em um molho à bolonhesa dentro de alguns dias. Apenas certifique-se de armazená-la corretamente, em porções adequadas à quantidade que será consumida.

Observe a validade e armazene corretamente

Itens como frutas, verduras e legumes, normalmente, têm menor durabilidade. Por isso, evite comprar em grandes quantidades, a menos que pretenda utilizá-las. Então, higienize e armazene os produtos de forma correta, para evitar perdas.

Nem todas as frutas precisam ser guardadas em geladeira, mas é importante consumir primeiro as que estão mais maduras. Legumes devem ser descascados e fatiados no momento do consumo, e as folhas, normalmente, murcham com a umidade. 

Laticínios e carnes precisam ser refrigerados. Caso não pretenda consumir as carnes de imediato, o ideal é optar pelo congelamento. 

Outros produtos que não necessitam de refrigeração, como embalagens de leite, alimentos em lata ou pães, devem ser guardados no armário, com atenção à data de validade — ou seja, os que vencem primeiro ficam na frente dos demais, para serem consumidos antes.

Use a criatividade

Várias sobras de alimento podem ser reaproveitadas de maneira criativa, contribuindo para incrementar e variar o cardápio. Por exemplo, se você comprou tomates demais e eles estão muito maduros, que tal fazer um molho caseiro? 

Sobras de legumes podem se transformar em sopas ou cremes, enquanto as frutas são usadas para a produção de geleias, bolos ou sobremesas caseiras. Experimente receitas novas utilizando ingredientes que normalmente são desperdiçados, como folhas e talos e até cascas de alguns alimentos.

Congele em porções adequadas ao consumo

Ao chegar do supermercado, congele os produtos que não serão consumidos imediatamente, como carne. O mesmo vale para quando determinados alimentos são preparados em porções maiores. Grãos como feijão, lentilha e grão-de-bico podem ser congelados em porções menores, garantindo maior aproveitamento e facilidade no dia a dia.

Para tanto, porém, é preciso prestar atenção à organização e limpeza do freezer, procurando consumir antes os que estão congelados há mais tempo. Não exagere nas compras nem nas porções, para não desperdiçar.

Compre alimentos prontos congelados

Se a sua rotina é corrida, e você não tem tempo para preparar todas as refeições, uma solução é a compra de pratos prontos congelados. Isso simplifica o seu dia a dia e contribui para que as refeições sejam saudáveis e variadas, sem desperdício.

Não pense que a comida congelada é apenas uma alternativa para emergências, para pessoas que moram sozinhas e não têm tempo para cozinhar ou, ainda, para aquelas que desejam evitar desperdícios. Existem diversas opções de pratos preparados com ingredientes de qualidade, além de cardápios elaborados de acordo com suas preferências e necessidades de dieta. 

Quais as vantagens dos alimentos congelados?

A compra de pratos prontos congelados, desde que efetuada junto a um fornecedor confiável, que preze pela qualidade dos ingredientes e adote todos os processos de segurança alimentar, como no caso da Liv Up, oferece vários benefícios aos consumidores:

  • cardápios saudáveis, planejados por nutricionistas;
  • variedade alimentar, sem a necessidade de compra de diversos ingredientes que, muitas vezes, não são totalmente aproveitados e acabam sendo desperdiçados;
  • possibilidade de sair da rotina, com pratos diferenciados a cada refeição;
  • refeições preparadas por chefs de cozinha;
  • porções adequadas ao consumo e equilibradas nutricionalmente;
  • sabor e qualidade nutricional garantidos pelo processo de ultracongelamento;
  • maior praticidade no dia a dia, pois o alimento fica pronto para consumo em poucos minutos;
  • entregas agendadas no local e horário de sua preferência;
  • facilidade de adesão a dietas específicas, como no caso de intolerâncias ou alergias alimentares, já que os pratos são preparados com todos os cuidados, sem risco de contaminação cruzada.

Com cardápios elaborados de acordo com a preferência e necessidade individual, os pratos da Liv Up são práticos, variados e ricos em nutrientes e ainda contribuem para reduzir o desperdício de alimentos, aumentando a sustentabilidade de sua cozinha. Os ingredientes utilizados são naturais, orgânicos, sem corantes ou aditivos.

Ficou com vontade de experimentar nossos produtos? Então, entre em contato conosco e confira os cardápios e formas de entrega. Em nossa página, você encontra diversas opções de alimento para todas as refeições do dia!

You Might Also Like

Vamos conversar?

Entre por uma das redes sociais ao lado para comentar!
Scroll Up