Alimentação Saudável

Entenda o que é plant based e quais são seus benefícios

outubro 22, 2019

Você sabe qual é o conceito da alimentação plant based? Traduzindo ao pé da letra, o termo define uma dieta baseada em plantas. De forma semelhante ao veganismo e vegetarianismo, essa opção alimentar restringe o consumo de qualquer item derivado de fontes animais, como carnes, laticínios, ovos e mel.

Na verdade, a diferença entre esses estilos alimentares é o fato de que a adoção do plant based está relacionada à saúde, promovendo, por exemplo, a redução do consumo de gordura saturada, além de diminuir intolerâncias e alergias. Já os veganos e vegetarianos, em geral, são motivados por compaixão, ou seja, pregam o fim do sofrimento e exploração animal.

Quer saber mais sobre a alimentação plant based e seus benefícios? Continue a leitura de nosso post!

O que é a alimentação plant based?

Como explicamos, quem segue essa tendência alimentar ingere apenas fontes vegetais. Além disso, os alimentos são consumidos em sua forma mais natural, ou seja, com o mínimo de processamento. Itens refinados não fazem parte do cardápio de quem opta pelo estilo alimentar plant based.

Assim, boa parte dos vegetais são consumidos in natura, ou seja, diretamente da feira (ou da horta) para a sua mesa. Isso vale para a maior parte dos legumes, verduras e frutas. Quando é um alimento que depende de processamento, como no caso dos grãos, o tempo de cozimento é mínimo. Para tanto, os adeptos investem em técnicas como a germinação. 

A ideia por trás desse conceito é de que, quanto mais naturais, melhor preservadas serão as características nutricionais dos alimentos. Assim, a preferência também é por itens integrais e orgânicos

No entanto, engana-se quem imagina que os adeptos do estilo de alimentação plant based consomem apenas vegetais crus. No seu cardápio, uma variedade de itens contribui para o sabor e o equilíbrio alimentar. Confira:

  • vegetais de todos os tipos, folhosos ou não;
  • cereais integrais, como arroz, quinoa, milho, aveia e trigo, entre outros;
  • leguminosas, como feijão, grão-de-bico, lentilha e ervilha;
  • sementes diversas, como gergelim e chia;
  • oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas;
  • cogumelos.

Além disso, quem aposta nesse tipo de alimentação procura aproveitar todas as partes do alimento. Caule, folhas, cascas e raízes raramente são desperdiçados, o que faz com que a dieta plant based seja mais sustentável e produza uma quantidade menor de resíduos. 

Aliás, essa forma de alimentação reduz grande parte dos resíduos provenientes de embalagens. Isso inclui materiais plásticos, metálicos ou mesmo potes de vidro, que levam um enorme tempo para se decomporem na natureza, causando poluição e, muitas vezes, devastação de algumas áreas.

Entre outros problemas, o descarte inadequado desses materiais pode atingir rios e mares, causando a morte de animais marinhos e comprometendo a qualidade das águas. Assim, quanto menos resíduos decorrentes da alimentação, mais sustentável é o seu estilo de vida.

Quais as vantagens da alimentação plant based?

Além de reduzir de forma significativa a ingestão de aditivos químicos, como corantes, conservantes e saborizantes artificiais, a dieta plant based promove uma série de benefícios à saúde. Confira, a seguir, as principais vantagens desse estilo de alimentação.

Previne doenças crônicas

Por evitar o consumo de gorduras saturadas e de ingredientes artificiais, pode-se dizer que a dieta plant based contribui para a prevenção de algumas doenças, como diabetes, problemas cardíacos e hipertensão, entre outras. 

Auxilia no emagrecimento

Embora essa não seja a finalidade principal desse estilo de alimentação, acaba por ser um reflexo inevitável. A diminuição do consumo de gorduras e o menor processamento dos alimentos leva à redução da ingestão de calorias, o que contribui para a manutenção (ou mesmo perda) do peso.

Reduz o colesterol

Esse benefício decorre não somente da redução drástica do consumo de gorduras, mas também do fato de que o indivíduo passa a ingerir uma quantidade maior de fibras, o que contribui para controlar os índices elevados de colesterol no sangue.

Melhora a imunidade

Quanto menor o processamento, maior a quantidade de antioxidantes presentes nos alimentos. Isso garante a proteção contra doenças inflamatórias, melhorando a imunidade. Além disso, os antioxidantes combatem o envelhecimento precoce das células.

Ajuda a combater a perda cognitiva

Com o passar dos anos, é comum que as pessoas passem a ter lapsos de memória e até desenvolvam doenças mentais, como demência ou Alzheimer. Os antioxidantes presentes nos alimentos naturais e integrais contribuem para minimizar esse risco. 

Não contêm aditivos químicos

Por serem produtos totalmente naturais, não contêm aditivos químicos, como corantes, conservantes ou saborizantes, por exemplo. Além disso, se forem cultivados de forma orgânica, esses alimentos estão livres de resíduos de agrotóxicos, que são prejudiciais à saúde.

Contribui para manter a hidratação

Apesar de sempre relacionarmos a hidratação com a ingestão de líquidos, especialmente de água, vale destacar que os alimentos in natura também colaboram para isso. Frutas e verduras, por exemplo, possuem grande quantidade de água, o que ajuda a garantir o bom funcionamento e o equilíbrio do organismo. 

É necessário adotar algum cuidado ao optar por esse estilo de alimentação?

Embora a dieta plant based seja totalmente saudável e sem contraindicações, é importante que quem a pratica invista na variedade alimentar. Afinal, o organismo precisa de diferentes nutrientes, nem sempre presentes em um único tipo de alimento.

Esse é o caso, por exemplo, dos aminoácidos essenciais. Embora existam várias fontes vegetais de proteínas, nem todas contêm os nutrientes necessários. Assim, é importante combinar os diferentes alimentos e investir na variedade do cardápio.

Outro cuidado essencial, especialmente para quem não consome nenhum tipo de alimento de origem animal, é fazer o controle da vitamina B12, que não é encontrada nos vegetais. Portanto, quem adota uma alimentação estritamente vegetal precisa suplementá-la de forma adequada.

A carência de B12 provoca vários efeitos nocivos no organismo, como fraqueza, perda de memória, confusão mental, entre outros. Assim, é fundamental checar seus níveis sanguíneos e fazer a suplementação. Um médico ou nutricionista poderá orientar corretamente a reposição.

Como você percebeu, o estilo de alimentação plant based é saudável, variado e equilibrado do ponto de vista nutricional. Além disso, a oferta de alimentos em feiras, supermercados ou mesmo junto aos produtores é grande, o que garante a variedade e qualidade dos produtos. 

E você, já pensou em investir em um estilo de alimentação mais natural e saudável? Conte para a gente quais foram as suas dificuldades e como conseguiu colocar em prática essa mudança de hábitos!

You Might Also Like

Vamos conversar?

Entre por uma das redes sociais ao lado para comentar!
Scroll Up