Extrato de própolis: o que é e para que serve esse antibiótico natural

extrato de própolis

O extrato de própolis é mais um dos grandes presentes da natureza quando o assunto é trazer benefícios à saúde. Este substrato, considerado um alimento funcional, é produzido pela laboriosa ação das abelhas e conhecido da humanidade há séculos por suas propriedades riquíssimas. Confira a seguir como você pode se beneficiar com o uso do própolis no dia a dia.

Afinal, o que é extrato de própolis e qual sua origem? 

Em suma, o própolis nada mais é que uma substância resinosa obtida pelas abelhas por meio da colheita de resinas da flora da região (ramos, flores, pólen, brotos), que são então alteradas pelas enzimas contidas na saliva desses insetos. Assim, propriedades como cor, sabor e aroma do própolis podem variar de acordo com a sua origem botânica. 

Esse nome tem origem no grego: [“pro”=em favor de] + [“polis”=cidade], isto é, para o bem, em defesa da cidade. No caso das abelhas, a colmeia. Própolis era como os gregos chamavam as porta de entradas de uma cidade.

Assim, mais tarde, Plínio adotou essa palavra em latim para nomear a cera extraída pelas abelhas – e que é usada para recobrir a entrada de suas colmeias para protegê-las contra bactérias e fungos. Tem função também no preparo de locais assépticos para postura da abelha rainha e na mumificação de insetos invasores. 

Como se sabe, não apenas tais insetos se beneficiam das propriedades do própolis. A substância é bem conhecida desde a antiguidade egípcia, passando pelos médicos gregos e romanos, assim como povos nativos da África e da América Latina. 

Quais os benefícios do extrato de própolis?

Existem diversas maneiras para adicionar o própolis à rotina e extrair seus benefícios. A mais conhecida é por meio do extrato de própolis.  Confira a seguir alguns dos principais ganhos pra sua saúde: 

Tem efeito antibacteriano 

Devido aos flavonoides e alguns ácidos presentes em sua composição, essa substância causa danos à parede celular das bactérias e, assim, abala sua estrutura e funcionamento, impedindo sua multiplicação.

Mesmo não sendo efetivo contra todos os tipos de bactérias, o extrato de própolis é aconselhado para diminuir os riscos de infecções. Além disso, é usado para aliviar sintomas de dor de garganta, tosse, gastrite, aftas e também para prevenir a formação de placa bacteriana e o mau hálito, por exemplo. 

Ação cicatrizante 

A propriedade cicatrizante da própolis, assim como várias outras propriedades biológicas, está relacionada com flavonoides e ácidos fenólicos. De acordo com um estudo publicado na Revista Brasileira de Farmacognosia, comparando a propriedade cicatrizante de um creme de própolis com um de sulfadiazina de prata, “foi demonstrado que os ferimentos tratados com própolis apresentaram menos inflamação e mais rápida cicatrização do que aqueles tratados com sulfadiazina de prata”.

O extrato de própolis ajuda no sono

Esta é, aliás, uma de suas funções menos conhecidas: atuar na regulação do sono. A substância pode ajudar, principalmente, quem pratica atividades físicas no período noturno ou tem uma rotina muito variada — enfim, pessoas cujos hábitos influenciam no famoso ciclo circadiano.

Em síntese, os relógios circadianos existem também na natureza, atuando no ciclo biológico de quase todos os seres vivos. O nome ciclo circadiano vem do latim (do latim circa cerca de + diem dia) e designa justamente esse ciclo de aproximadamente 24 horas, que é influenciado, principalmente, pela variação de luz, temperatura, marés e ventos entre o dia e a noite.

Por fim, estes e outros hábitos alteram o ciclo circadiano hormonal e isso piora o padrão de sono. Consumindo própolis à noite, estimula-se a melatonina, ajudando assim a regular como e quando você dorme.

O extrato de própolis e a imunidade

Além de todos os benefícios citados, o extrato de própolis também contribui para reforçar o sistema imunológico. Confira:

Efeito antiviral

Um dos efeitos mais estudados sobre esse ingrediente é sua ação sobre os vírus. Os flavonoides (crisina e canferol) em sua composição diminuem a taxa de replicação do vírus da herpes, por exemplo. Por outro lado, o ácido cinâmico do própolis age de forma significativa sobre o vírus da Gripe A (H1N1). 

Efeito antioxidante

Resultado de reações de oxidação, os radicais livres podem causar morte celular precoce. Isso acarreta no surgimento de doenças, como as reumáticas, neurológicas, cardiovasculares, diabetes e também o tão temido envelhecimento precoce.

Quem atua para eliminar do organismo esses radicais livres em excesso são, mais uma vez, os flavonoides do própolis. Além disso, suas vitaminas e minerais auxiliam no processo de limpeza dos nossos sistemas.

Poderosa ação anti-inflamatória

O própolis, assim como outros alimentos imunomoduladores, tem o poder de estimular a imunidade celular e também incentiva a atividade fagocítica (destruição de corpos estranhos). Assim como o flavonoide galangina, presente em sua composição, impede a formação de enzimas que causam reações responsáveis por sintomas de dor e inflamação em nosso organismo. 

Em suma, é grande a lista de males que este verdadeiro antibiótico natural ajuda a combater: tosse, dor de garganta, gastrite, sinusite, intoxicação alimentar e aftas são alguns exemplos. Além deles, também evita e trata dermatites, urticárias e fungos. 

Como usar o extrato de própolis

No geral, o produto pode ser utilizado de diferentes maneiras. Seja aplicando diretamente na boca ou garganta, diluindo algumas gotas no chá ou aplicando sobre as áreas machucadas. Confira algumas dicas gerais de como utilizar o extrato de própolis: 

  • Com efeito de regeneração dos tecidos, cicatrização e espinhas, a recomendação é aplicar 1 ou 2 gotas do extrato de própolis sobre a ferida sempre que trocar o curativo, ou diretamente na espinha até 5 vezes por dia. 
  • Se o problema é a dor de garganta, acrescente 4 a 5 gotas de extrato de própolis em uma copo de água e use para fazer um gargarejo. Tal solução pode ser usada várias vezes por dia, conforme for necessário. 
  • Para tratamento de problemas respiratórios, adicione algumas gotas de extrato de própolis em água fervida e faça inalações com o vapor.

Vale lembrar, no entanto, que o uso do extrato deve ser feito conforme o problema a ser tratado. Em outras palavras, a posologia depende da idade, concentração do produto, local de aplicação entre outros fatores. Assim, deve seguir as orientações médicas e instruções da embalagem. 

Outro ponto de atenção é não confundir o extrato de própolis com outras formulações que levam o própolis em sua composição. Nesses casos, há usos de outras substâncias associadas, como mel ou gengibre e até mesmo álcool, por exemplo. Por isso é importante prestar atenção às embalagens. No caso do uso pediátrico, recomenda-se versões em álcool em sua composição. 

Própolis x extrato de própolis

Diversos fatores podem influenciar na composição do própolis. Entre eles, a vegetação, clima, escassez ou abundância de água. Desse modo, a diferença entre os tipos de própolis também está vinculada à sua origem botânica e a espécie de abelha produtora. Em geral, a composição do produto é de: 55% resinas vegetais; 30% cera de abelhas; 8 a 10% de óleos essenciais; e 5% de pólen aproximadamente.

Trata-se de um processo longo: depois de coletada nas colmeias, a resina pode demorar até seis meses para virar extrato.

Conheça as etapas do produção do própolis

  • Primeiramente, as abelhas preparam o composto e o usam para tapar as frestas da caixa da colmeia. Então, o apicultor precisa remover esse material de maneira periódica para que o enxame produza mais e não prejudique a saúde desse ecossistema;
  • Depois, o própolis em estado bruto que foi coletado é macerado em uma solução solvente. Podem existir variações mas, geralmente, utiliza-se álcool de cereais durante essa etapa do processo;
  • Em seguida, o preparado de própolis com solvente fica em repouso de um a seis meses para que os princípios ativos sejam transferidos para aquele líquido.
  • Por fim, depois desse período, a substância passará por um processo de centrifugação, que separa o extrato. O resíduo restante é a borra, dispensada. Finalmente o extrato de própolis está pronto para embalar.

Ou seja, o extrato de própolis é um produto elaborado a partir do própolis em forma de resina. Não são sinônimos.

Caso você esteja procurando mais ingredientes benéficos à saúde e que reforçam as defesas do organismo, confira aqui no blog nosso post com 11 alimentos para aumentar sua imunidade

Você vai gostar de ver…

pessoa segurando garrafa de água e um copo com água

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

como curar ressaca com chá

Como curar ressaca: 10 maneiras de aliviar o mal-estar

Dor de cabeça, enjoo, tontura e estômago sensível, são sintomas comuns depois da ingestão exagerada de bebidas alcoólicas. Nesses dias, tudo o que a gente mais queria era uma receita

quantidade de água por dia

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.