10 frutas do outono para aproveitar durante a estação

frutas do outono

Viver em um país de dimensões continentais tem muitas vantagens, entre elas uma variedade incrível de alimentos que se adaptam ao nosso clima. Assim, é mais fácil ter acesso a um cardápio super diverso e nutritivo. Apesar dessa fartura toda, cada alimento se desenvolve naturalmente melhor em épocas do ano. Assim, existem as frutas do outono, do verão, do inverno e primavera… são aquelas que estão mais acessíveis em cada estação na hora de fazer a feira. 

Quais são as frutas do outono?

Pode parecer estranho, mas o outono é a estação das frutas que as pessoas adoram. Nessa época em que as folhas caem e a natureza está se renovando, se inicia aqui no Brasil uma temporada de alimentos frescos e saborosos. 

De 20 de março até 21 de junho, podemos presenciar temperaturas mais frescas e a colheita das frutas de outono, que ajudam a garantir muitos nutrientes importantes. Entre as variedades que você encontra com mais facilidade nessa estação, estão: 

Abacate

abacate entre frutas do outono

Além de saboroso, o abacate é rico em gorduras monoinsaturadas e fibras, sendo um aliado da saúde do coração e do sistema circulatório. Ele fornece também nutrientes como o potássio e  vitaminas do complexo B, K e C. Fica uma delícia em em preparações tanto doces como salgadas, como guacamole, smoothie, vitaminas, saladas e em lanches como o avocado toast

Coco

É comum associar o coco ao verão, mas a verdade é que ele é uma fruta do outono, se tornando mais saboroso nessa época onde as temperaturas estão mais frescas. Seja em lascas, na sobremesa ou na água de coco, ele é um alimento versátil e cheio de pontos positivos pra saúde.

O alimento fornece fibras, que são aliadas do funcionamento do intestino, mas também tem propriedades antioxidantes, retardando o envelhecimento precoce e ajudando a reforçar o sistema imunológico. Além disso, a água de coco serve como repositor hidroeletrolítico.

Caqui

Popular de norte a sul do Brasil em diferentes variedades, o caqui também está entre as frutas do outono. Ele contém vitaminas A, B1, B2, C, ferro e cálcio. Além disso, é aliado da saúde do coração, por conter substâncias que ajudam no controle do colesterol LDL. E não para por aí: a fruta também é leve em calorias, matando a fome sem pesar no cardápio. 

Tangerina/Mexerica

tangerina frutas do outono

Quando as temperaturas começam a reduzir, a tangerina está presente com destaque na feira. Essa fruta cítrica é fonte de vitaminas A, B e C, além de minerais como o potássio, sódio, fósforo e ferro. Por conta de seus nutrientes, consumir tangerina regularmente ajuda a dar um up no sistema imunológico, combatendo e prevenindo infecções, e contribui ainda para a absorção de ferro. 

Maracujá

Pra ficar calminho, calminho, não pode faltar maracujá na lista. Mas ele vai muito além do sabor inconfundível e das propriedades calmantes. Por ser rico em vitamina C, é um ótimo aliado no reforço das defesas do organismo. E nada de desperdício por aí, isso porque a casca do maracujá é super nutritiva e entra como protagonista em infusões, geleias e até farinhas (e no caso das farinhas podem auxiliar no controle da glicemia em diabéticos). 

Goiaba

Uma das queridinhas do brasileiro entre as frutas de outono é a goiaba. Seja da branca ou da vermelha, ela é conhecida por ser um potente antioxidante. Assim, ajuda a prevenir doenças, e contribui também para deixar a pele e o cabelo mais bonitos e saudáveis. É uma delícia pra consumir in natura, ou fazer sucos, vitaminas e compotas que são tudo de sabor. 

Kiwi

Refrescante, exótica, saborosa e cheia de nutrientes – essa é uma fruta do outono que merece destaque na sua lista de compras. O kiwi fornece vitamina C e K, potássio, folato e fibras, tudo isso em poucas calorias. Graças às suas propriedades, o kiwi contribui para os processos anti-inflamatórios, para a regulação do intestino e no controle do colesterol. 

Uva

uva frutas do outono

Difícil resistir a uma uvinha bem doce, não é? Mas não é só o sabor que chama a atenção: ela tem um grande poder antioxidante, por conta do resveratrol, que ajuda no combate aos radicais livres e na prevenção de doenças relacionadas ao coração. As fibras presentes na uva contribuem para o bom funcionamento do intestino e promovem a sensação de saciedade. Já a concentração de complexo B na uva faz bem para a saúde mental.

Na hora de consumir, ela vai bem purinha, em doces, em saladas, assim como no suco integral bem geladinho. Outra opção é congelar e comer direto do freezer, pois ela continua macia e lembra um sorvetinho ajudando a matar aquela vontade de doce.

Mamão

Entre seus principais nutrientes estão o licopeno, cálcio, magnésio, vitaminas A e fibras solúveis, que contribuem para a fama do mamão quando o assunto é regular o intestino. Além disso, ele auxilia na digestão por conta da presença de uma enzima chamada papaína.

Seja ela papaia ou formosa, a fruta auxilia no controle do colesterol, além de desintoxicar o organismo e prevenir o envelhecimento precoce. 

Pera

É uma fruta de fácil digestibilidade, sendo rica em água e fibras. Ou seja, ela ajuda a manter a hidratação no outono, e promove a sensação de saciedade. Contém ainda vitaminas A e C, carotenóides e flavonóides, sendo um alimento com propriedades antioxidantes. Do ponto de vista do paladar, é uma delícia de qualquer jeito: pura, na salada de frutas, com queijo gorgonzola, em tortas e sucos. 

Por que existem frutas do outono?

A cada estação, existem diferentes frutas, verduras e legumes com melhores cultivos. Isso significa que cada alimento se adapta melhor a um período do ano, produzindo mais de forma natural, assim sua produção demanda um investimento menor, o que como consequência torna esses produtos mais acessíveis. É por isso que existem frutas típicas do outono e de cada uma das demais estações. 

Por que investir em frutas da estação?

Como os alimentos se adaptam melhor a determinadas épocas do ano, comprando alimentos de cada época você tem acesso a itens com maior valor nutricional, assim como preços mais atrativos que quando consumidos fora de época. Em outras palavras, consumir frutas da estação é bom negócio para o paladar e também para o bolso. 

São alimentos frescos, nutritivos (já que captam melhor os nutrientes do solo em que são plantados), além de representar também uma opção melhor para o planeta. Isso porque, fora de época, os produtores costumam utilizar agrotóxicos, pesticidas e fertilizantes.

Já na estação, muitas vezes é possível dispensar o uso desses produtos, garantindo assim uma alimentação natural e mais saudável. Nesse caso, as frutas da estação também costumam estar mais perto de onde são comercializadas, o que resulta em alimentos mais frescos, que favorecem a economia local e causam menos impacto por conta do transporte. 

Além disso, sempre vale lembrar que a melhor pedida é investir em frutas orgânicas, como as que você encontra no mercado online da Liv Up. Sua produção respeita a sazonalidade da natureza e não usam pesticidas, agrotóxicos e outros componentes agrícolas que prejudicam o meio ambiente e a saúde de quem planta e de quem consome. 

Você vai gostar de ver…

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

receitas do tik tok viral

Viralizou: 10 receitas do Tik Tok pra testar em casa

No universo culinário das receitas do Tik Tok, a criatividade e a simplicidade andam de mãos dadas. Não é de hoje que nas redes sociais, especialmente no TikTok, chefs amadores

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.