Horta caseira: dicas de plantas para você acertar a sua

horta caseira

Já imaginou ter temperos e ervas frescas à disposição para cozinhar? E não importa se você mora em casa ou apartamento. Com um pouquinho de espaço – e dedicação –, você pode ter a sua própria horta caseira. 

Em vasos ou no jardim, a horta caseira pode oferecer uma variedade de temperos e até frutas e verduras frescos para o seu dia a dia. Se você tem vontade de ter uma, separamos algumas dicas para te ajudar. Confira:

Montando sua horta caseira

O primeiro passo é escolher um local para sua horta. Pode ser na varanda, na janela da cozinha ou em um espaço separado no quintal. O ideal é escolher um lugar arejado, protegido e com entrada de luz natural.

Lembre-se de manter as plantas longe do alcance de animais de estimação e crianças para evitar acidentes. Depois, é necessário decidir como você cultivará essa horta. Existem diversas possibilidades: vasos separados, em jardineiras ou diretamente no chão.

Se você optar por vasos, prefira os que têm abertura na parte de baixo para a saída de água. Isso evita com que a terra fique muito úmida e sua planta apodreça com o passar do tempo. 

Preparando o terreno

Preparar o vaso, ou a terra, da maneira correta fará com que a sua horta cresça bonita e saudável. Se a horta for ficar em vasos, o ideal é adquirir um substrato já adubado. Você pode encontrar esse material em floriculturas ou em lojas de material de jardinagem.

A montagem dos vasos também deve ser feita seguindo alguns passos. O fundo deve ser forrado com cascalho para impedir que o substrato saia pelos buracos quando for regada. Depois, adicione o substrato.

Por fim, com a planta já no vaso, adicione pedrinhas ou cascalho para decorar. Além do toque final, isso faz com que o solo fique protegido e conservado.

No jardim, a preparação do solo requer um pouco mais de cuidado. Primeiro, delimite o local escolhido. Depois, remova a grama e as ervas daninhas que possam estar presentes na terra. Antes do plantio, é indicado realizar a adubação do solo.

Na hora de plantar, não deixe as mudas ou sementes muito perto umas das outras, afinal, isso pode prejudicar o crescimento das plantas.

Escolhendo as plantas

Depois de toda essa preparação, você já pode começar a pensar em quais plantas gostaria de ter em sua horta caseira. A mudas e sementes podem ser encontradas em floriculturas ou em lojas especializadas em jardinagem.

Confira algumas opções de fácil manutenção e de grande uso na cozinha:

Manjericão

O manjericão precisa de espaço para se desenvolver, portanto, se o plantio for em vaso, escolha um redondo e com profundidade mínima de 30 centímetros. Para cultivá-lo, escolha um local que receba, pelo menos, três horas de sol por dia. O manjericão precisa de água todos os dias, mas cuidado para não deixar a terra encharcada. 

Hortelã

A hortelã deve ficar em um vaso ou espaço separado de outras espécies, pois suas raízes são agressivas e podem matar outras plantas. Apesar disso, ela não necessita de muito espaço para se desenvolver, mas precisa ficar protegida do vento e de altas temperaturas. 

Alecrim

O alecrim é uma erva de fácil cultivo para hortas caseiras. Ele precisa ser regado apenas a cada três dias, porque prefere o solo mais seco para se desenvolver. Além disso, o alecrim se adapta bem à mudanças de temperatura, o que faz com que ele seja resistente durante todo o ano.

Alface

Você pode plantar o seu próprio pé de alface diretamente das raízes de outro. Para isso, mergulhe as raízes na água deixando o topo para fora. Durante uma semana, borrife água duas vezes por semana e troque a água das raízes a cada dois dias.

Quando os brotos começarem a surgir, você já pode passar seu alface para o vaso ou para o solo. É bom ressaltar que a alface demora para se desenvolver, então você ainda precisará esperar alguns meses para consumi-lo. 

A alface gosta de sol e de lugares arejados, por isso, a varanda ou o jardim são locais ideais para o plantio. Regue-o a cada dois dias para manter a terra úmida.

Pimenta

Cada espécie de pimenta apresenta comportamentos e características diferentes. Algumas, como a Jalapeño, preferem o solo mais úmido, enquanto a Habanero, por exemplo, se desenvolve em locais mais secos. 

De uma maneira geral, as pimentas gostam de luz solar e de temperaturas mais altas. Assim como a hortelã, também devem ficar em locais separados para preservar o desenvolvimento das raízes.

Espinafre

O espinafre não precisa de muito espaço para crescer e pode ser plantado em vasos com pelo menos 20 centímetros de profundidade. Quanto ao sol, escolha um lugar com luz do sol durante uma parte do dia, e sombra nas horas mais quentes. A irrigação do solo pode ser feita a cada dois dias para não encharcar a terra.

Amora

A amora é uma das frutas que podem ser cultivadas em uma horta caseira. Para o plantio em vaso, é necessária uma profundidade de, no mínimo, 30 centímetros. Você também pode adquirir mudas já produzindo frutas em floriculturas. 

A amora não gosta de altas temperaturas e se adapta bem ao clima frio e úmido. Em épocas de calor, é necessário manter a terra úmida para preservar as raízes. 

Cuidado com a irrigação

Muita água, ou água de menos, pode prejudicar a sua horta. Uma dica, para as plantas em vasos, é colocar água em um pratinho raso embaixo do mesmo e repor quando ele estiver seco. Nesses casos, é importante trocar a água constantemente para evitar a proliferação do mosquito-da-dengue.

Em espaços maiores, a umidade do solo pode ser verificada com os dedos. O ideal é a terra grude um pouco nas mãos, mas sem ter consistência de lama. 

Gostou dessas dicas? Então não deixe de conferir o blog da Liv Up  para conferir mais conteúdos como esse.

Você vai gostar de ver…

pessoa segurando garrafa de água e um copo com água

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

como curar ressaca com chá

Como curar ressaca: 10 maneiras de aliviar o mal-estar

Dor de cabeça, enjoo, tontura e estômago sensível, são sintomas comuns depois da ingestão exagerada de bebidas alcoólicas. Nesses dias, tudo o que a gente mais queria era uma receita

quantidade de água por dia

Saiba a quantidade de água por dia que você tem que beber

Água é essencial para a vida, da forma como a conhecemos. Para tanto, nosso organismo é composto de até 75% de água, o que faz surgir uma grande dúvida: qual

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.