Manteiga ou margarina: qual a melhor opção?

manteiga ou margarina

Pão na chapa, pipoca e até um bom bolo de fubá, delícias que ficam ainda mais gostosas com manteiga ou margarina… pera, qual é melhor opção? Se você não sabe a resposta certa, não se preocupe, pois ela não é tão simples quanto parece.

Sabe como a manteiga é feita?

A manteiga é comida de verdade, feita a partir da nata do leite batida, processo que separa o líquido (o chamado leitelho) da gordura (manteiga). Esse produto é rico em gorduras saturadas e colesterol.

Mas não se assuste, nem toda gordura faz mal para o organismo. O nosso corpo precisa de alguns tipos de gordura para absorver vitaminas como a A, B e K, por exemplo e para algumas funções fisiológicas. Além disso, nutricionistas afirmam que, como a gordura saturada tem origem animal, o nosso corpo a reconhece com maior facilidade, favorecendo a digestão.

Sendo assim, ela deve ser utilizada como um ingrediente culinário, não como protagonista da alimentação. A manteiga pode ser utilizada de forma moderada na preparação de refeições, fazendo parte de uma alimentação adequada e saudável.

Qual a diferença da margarina?

A margarina é um produto ultraprocessado, ou seja, resultado de um processo industrial repleto de reações químicas e aditivos. Apesar de ter origem vegetal, a maioria delas passam por um processo que transforma a sua gordura insaturada em gordura trans e/ou interesterificada, o que aumenta o seu prazo de validade e cremosidade. Contudo, esse tipo de ingrediente não traz nenhum benefício à saúde.

Na página especial A gordura trans que você não vê, do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), são listados riscos relacionados ao consumo desse tipo de gordura, dentre eles o aumento das chances de ter derrame, infarto, entre outras doenças cardiovasculares, principais causas de internação e mortes no Brasil. Devido aos seus riscos, em 2023, o seu uso e produção no País estará banido.

Qual é a melhor opção?

Depois de entender como cada uma é produzida, qual você escolheria, a manteiga ou a margarina? Para a grande maioria das nutricionistas a resposta é simples: manteiga. Por ser produzida direto de um alimento e por ser digerida de uma forma mais fácil pelo corpo, ela é a opção mais saudável. Em preparações culinárias, como bolos, vale a mesma regra: prefira a manteiga.

De forma geral, essa é a resposta. Porém, quando falamos de indivíduos com doenças cardiovasculares principalmente, é preciso atentar-se a essa recomendação pelo fato da manteiga ser rica em gordura saturada. Portanto, o melhor a se fazer é procurar uma nutricionista para receber a orientação mais adequada

Se mesmo após saber qual é a melhor opção ainda está resistente, porque a manteiga é mais difícil de passar no pão, por exemplo, uma dica é comprar a manteiga de tablete e cortar um quadradinho e deixar à temperatura ambiente, em uma pequena mantegueira. Se estiver muito calor, pode guardar na geladeira. Só precisa lembrar de tirar um pouco antes de comer.

Fazendo a sua própria manteiga

Quer produzir a sua própria manteiga? O Panelinha tem uma receita ótima e prática para tornar esse sonho realidade. Só não esqueça ela na geladeira, o prazo de validade é de 10 dias.

Ingredientes

  • 500 ml de creme de leite fresco
  • ¼ de colher (chá) de flor de sal (opcional)

Modo de preparo

  1. Coloque o creme de leite na tigela da batedeira, comece batendo em velocidade baixa e vá aumentando aos poucos para o creme não espirrar. O creme passa primeiro pela etapa de chantilly e, depois, vai ficar mais denso até virar manteiga. 
  2. Na metade do tempo, desligue a batedeira e raspe a lateral da tigela com uma espátula de silicone para bater todo o creme por igual.
  3. Assim que o creme de leite começar a virar manteiga, cubra a batedeira com um pano de prato para o leitelho não espirrar.
  4. Após cerca de 5 minutos batendo, a gordura do creme de leite vai se separar da parte líquida, transformando-se numa massa firme e amarela. Transfira a manteiga para uma peneira forrada com um pano fino (ou coador de café). O líquido restante na batedeira é o leitelho, (mais conhecido como buttermilk) que pode ser usado em outras receitas como panquecas, biscoitos, pães ou bolos.
  5. Una as pontas do pano e, em seguida, aperte delicadamente para extrair o excesso de leitelho (se preferir, pressione com as costas de uma colher). 
  6. Separe uma tigela com água e gelo e mergulhe a manteiga para lavar e tirar o máximo de leitelho restante, espremendo delicadamente com as mãos – quanto mais pura estiver manteiga, maior sua durabilidade.
  7. Por fim, seque bem a manteiga com papel toalha e transfira para uma mantegueira (ou embale em papel-manteiga). Se preferir, tempere com flor de sal antes de armazenar ou servir.

Agora que você já sabe se deve escolher manteiga ou margarina, que tal aprender algumas receitinhas saudáveis?

Você vai gostar de ver…

ultraprocessados

Alimentos ultraprocessados: como identificar e substituir

Vivemos em uma era em que os alimentos ultraprocessados são praticamente onipresentes. Em muitos casos, fica ainda mais difícil passar longe deles, pois existem industrializados com roupagem de “comida saudável”. 

fome emocional

Fome emocional: como mudar sua relação com a comida?

Sabe aquela história de comer por ansiedade ou descontar um dia estressante num docinho? Então, ela tem nome. A fome emocional, muitas vezes desencadeada por sentimentos, pode impactar nossos hábitos

receitas do tik tok viral

Viralizou: 10 receitas do Tik Tok pra testar em casa

No universo culinário das receitas do Tik Tok, a criatividade e a simplicidade andam de mãos dadas. Não é de hoje que nas redes sociais, especialmente no TikTok, chefs amadores

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.