Mudando o mundo

Masamitso e a sua plantação orgânica: conheça quem planta o que você come

novembro 13, 2018

Me chamo Masamitso, mas tenho vergonha de falar minha idade. Moro em Piedade e vim para o Brasil com 8 anos, em 1959. Nasci em Kagoshima, no Japão, e tenho uma plantação orgânica desde minha vinda para cá.

 

Quando você começou a sua plantação orgânica?

Comecei a trabalhar com plantação orgânica desde 2000, porque meu filho disse que queria cultivar orgânico. Foi uma mudança do dia para noite. Acabou sendo muito positivo, porque quem consome alimentos sem agrotóxicos tem mais saúde e não agride o meio-ambiente.

Gosto mais de plantar cenoura, porque foi a primeira coisa que aprendi a cultivar. O mais forte aqui no sítio é a plantação de morango e cebola.

 

Como é a parceria com a Liv Up?

A Liv Up pode nos ajudar consumindo mercadorias. A relação com ela pode trazer benefícios, como na ligação entre produção e vendas. Sobre fixar um preço, o preço fixo é muito bom para trabalharmos, porque controlamos a venda e dá para ter mais lucro.

O fato da Liv Up avisar com antecedência já ajuda bastante para nos programarmos. Normalmente, trabalho na feira para vender os alimentos e com uma outra parceira. Quanto mais parcerias melhor, porque posso plantar mais.

Minha rotina de trabalho é de dia e noite. Enquanto tiver serviço estou na roça. Cultivar de dia fico mais animado, principalmente quando a planta vai crescendo bonito.

Quando mudei para o orgânico, nem me preocupo mais com os dias de chuva. Não tenho mais sonhos, apenas viver o resto que já está bom. Rico já não vou ficar mais, então o importante é a saúde mesmo.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up