Sustentabilidade

O que fazer com a casca dos alimentos?

abril 11, 2020
casca dos alimentos

Quando falamos em sustentabilidade sempre vêm à cabeça questões ligadas ao destino correto do lixo gerado no nosso dia a dia. Já são bastante conhecidas quais medidas devemos tomar para descartar ou reaproveitar corretamente as embalagens dos produtos que consumimos. Mas e em relação à casca dos alimentos?

Você já parou pra pensar que as cascas, talos e sementes dos alimentos que preparamos todos os dias também geram lixo e muitas vezes podem ser aproveitados de outras  formas?

Estima-se que um terço de todos os alimentos produzidos no mundo – 1,3 bilhão de tonelada por ano – são jogados fora, segundo dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Aproveitar os ingredientes de forma integral é uma maneira eficaz de reduzir o lixo e contribuir com práticas sustentáveis. Além disso, é benéfico para o nosso organismo, pois essas partes muitas vezes jogadas fora são ricas em diversos nutrientes.

Benefícios nutricionais de cascas, talos e sementes

Os benefícios para a saúde que o consumo de frutas e verduras traz ao nosso organismo não é nenhuma novidade. Porém, o que a maioria das pessoas não sabe é que as cascas talos, folhas e sementes de alguns alimentos, muitas vezes possuem mais nutrientes do que a própria polpa. Isso, segundo estudos feitos pelo Instituto de Biociências da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP).

Geralmente, fibras e vitaminas são as substâncias mais encontradas nas cascas e talos que são desprezados. A casca da batata, por exemplo, é rica em fibras – importantes para o bom funcionamento do intestino e para promover saciedade. Contém também vitamina C, um poderoso antioxidante. Já a da cenoura possui maior quantidade de vitamina A e betacaroteno do que a polpa. Essas substâncias são importantes para a saúde dos olhos e da pele. Por fim, a casca da abóbora também possui fibras, potássio, betacaroteno e vitaminas A e C.

Dentre as frutas, as cascas de maracujá, abacaxi, banana, laranja e limão contêm grandes quantidades de nutrientes. Entre eles, fibras, vitaminas C, cálcio e potássio (minerais importantes para os ossos e músculos).

O mesmo vale para os talos e folhas de hortaliças como couve-flor, brócolis, couve manteiga, escarola. Também são ricos em fibras, vitaminas e minerais. Em especial, cálcio e magnésio, que são essenciais para a manutenção de ossos e dentes.

As sementes como a de abóbora, por exemplo, são ricas em magnésio e triptofano. Essa substância é responsável por combater o estresse e promover sensações de bem-estar. Além disso, é rica em ômega 3, que combate inflamações e previne problemas cardiovasculares.

Como aproveitar a casca dos alimentos na cozinha

Usando a imaginação, dá pra usar os alimentos de forma integral. Confira, abaixo, alguma dicas:

Não deixe as cascas de fora

A primeira sugestão é bastante óbvia, mas nem sempre colocamos em prática: Simplesmente não descascar alguns alimentos. Batata, cenoura, mandioquinha e abóbora podem ser cozidas ou assadas com as cascas, desde que elas estejam corretamente higienizadas. Para isso, lave-as em água corrente utilizando uma escovinha para retirar resíduos.

As cascas também rendem deliciosos chips. Experimente, então, retirar as casca da batata asterix ou da batata doce com um descascador. Depois disso, é só temperar com azeite de oliva, sal e páprica defumada. Por último, asse até ficarem crocantes.

Prepare sucos com os talos

Outra boa opção é guardar os talos picados e higienizados no freezer e utilizá-los no preparo de sucos funcionais. Eles podem ser combinados com frutas como laranja, maçã, morango abacaxi, além de gengibre e cúrcuma. Se tiver uma centrífuga à mão, melhor ainda. É só centrifugar os talos verdes e congelar em forminhas de gelo pra facilitar ainda mais a vida.

Reaproveite as cascas de frutas

As cascas de abacaxi e maçã podem ser fervidas e viram chás deliciosos. Eles podem ser servidos quentes ou gelados com folhas de hortelã ou canela em pau.

As cascas de laranja e limão podem ser usadas no preparo de bolos. Primeiramente, retire a parte branca interna dessas cascas, caso contrário o seu bolo pode ficar amargo. Depois, bata no liquidificador juntos com os ingredientes líquidos da receita.

As cascas de banana e maracujá, por sua vez, podem ser desidratadas no forno em temperatura baixa e processadas até virarem uma farinha. Assim, podem ser acrescentadas em vitaminas, sucos, polvilhadas na salada de frutas.

Por fim, outra ótima dica para reaproveitar os alimentos de forma integral é manter um saquinho do tipo “Ziploc” no freezer e ir armazenando todas as cascas, talos e pedacinhos de legumes que não serão aproveitados. Quando estiver cheio, é só cozinhar em bastante água com especiarias e produzir seu próprio caldo caseiro de legumes. Uma receita totalmente natural e sem conservantes.

Compostagem: uma forma de aproveitar a casca dos alimentos

Além de aproveitar ao máximo os alimentos na cozinha, é possível dar outro destino a essas sobras que não seja o lixo comum. Uma das alternativas é a compostagem.

O processo nada mais é do que a transformação de produtos orgânicos, como restos de alimentos, em adubo. Ou seja, uma ótima solução para reduzir a quantidade de resíduos que produzimos.

 Hoje em dia existem no mercado opções de composteiras que podem ser colocadas até em apartamentos.

Ao contrário do que se pensa, elas não geram sujeira ou mal cheiro. Seu composto pode ser utilizado para adubar suas plantas, o jardim do prédio, as flores de uma praça. Pode até mesmo ser doado para programas de horta comunitárias espalhadas principalmente nas grandes cidades.

Gostou das dicas? Então continue lendo nosso blog e descubra como adotar o conceito lixo zero e como evitar desperdício de alimentos em casa.

Referências utilizadas:

http://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-me-alimentar-melhor/com-casca-ou-sem-casca-razoes-para-nunca-mais-deixar-de-aproveitar-os-alimentos

http://www.unesp.br/aci/jornal/213/desperdicio.php

https://www.mma.gov.br/informma/item/7594-compostagem

You Might Also Like

Vamos conversar?

Entre por uma das redes sociais ao lado para comentar!
Scroll Up