O que são plantas pancs? Veja 10 mais populares para consumo

plantas pancs hibisco

As plantas PANCs nada mais são que uma abreviação para Plantas Alimentícias Não Convencionais. Sendo assim, o termo serve para se referir às espécies comestíveis que não costumamos consumir na alimentação. E o mais bacana é que elas oferecem muitos nutrientes importantes para a saúde, sendo uma maneira super interessante de variar o cardápio de forma bem saudável. 

O que são plantas pancs?

Essas plantas comestíveis têm desenvolvimento espontâneo, geralmente aparecendo em jardins, hortas, quintais, terrenos vazios e etc. Aliás, são confundidas com ervas daninhas, e acabam sendo desperdiçadas. Essas espécies rústicas e resistentes podem ser frutas, flores, sementes e vegetais – mas têm em comum o fato de serem produzidas em pequenas quantidades e geralmente encontradas bem longe das prateleiras do supermercado. 

Quais os seus benefícios?

O grupo, formado por plantas nativas e até mesmo silvestres, costuma ser não-transgênico, e, em grande parte, orgânico. Além disso, as pancs são ricas em minerais, fibras, antioxidantes e proteínas

Com a dimensão continental do nosso país, da Amazônia ao Rio Grande do Sul, é possível encontrar espécies variadas em praticamente qualquer ambiente. Graças a essa diversidade, as plantas PANCs podem contribuir para uma alimentação saudável e balanceada, assim como trazer novas texturas, cores e sabores ao seu prato. 

Vale ainda ressaltar que é preciso se informar com fontes seguras e conhecer bem as plantas para não confundir as comestíveis com espécies venenosas e tóxicas para o nosso organismo, certo? 

Quais são as plantas PANCs mais comuns?

Felizmente, a lista de plantas pancs é gigante. Isso porque estima-se que das 30 mil espécies de plantas comestíveis disponíveis, comemos apenas 150. Então que tal expandir seus horizontes culinários incorporando alguns desses ingredientes no dia a dia? 

Ora-pro-nobis

Começamos por uma opção super rica em fibras, que ajuda a prevenir a prisão de ventre e gerar a sensação de saciedade. O vegetal tem boas quantidades de proteínas e minerais como o ferro e o cálcio. Em sua composição, tem também betacaroteno e vitamina C, duas substâncias com propriedades antioxidantes. 

Do ponto de vista do paladar, ela tem textura que lembra o quiabo e é bastante consumida cozida, refogada, assim como em sopas, omeletes, pães e tortas.  

Peixinho-da-horta 

Também conhecida como planta peixinho, lambarizinho, lambari-de-folha e orelha-de-lebre e orelha-de-porco,  a Stachys byzantina é uma planta nativa da Turquia, Irã e Armênia. Ela ficou conhecida por seu sabor e textura que lembram muito peixes, além de ser tudo de bom pra saúde. Afinal, o alimento contém fibras e antioxidantes, além de fornecer minerais como o cálcio, ferro e potássio. 

Bertalha  

Essa espécie de planta trepadeira tem folhas que lembram bastante o espinafre. Já em relação aos nutrientes, se destaca a presença das vitaminas A e C. No dia a dia, ela serve para substituir o espinafre e a couve, mas também vai bem no recheio de tortas, quiches e até no omelete. 

Serralha 

Tem sabor amarguinho, rende um chá saboroso e ainda oferece as vitaminas A, D, e R. Presente de norte a sul do país, essa panc da família Sochus oleraceus é um das poucas plantas comestíveis que solta látex. Serve tanto crua como cozida, na salada ou em preparos como um pesto. Ah, e o chazinho feito com a serralha ajuda na digestão, tem ação anti-inflamatória e ainda ajuda a dar um up na imunidade. 

Dente-de-leão

plantas pancs dente-de-leão

Versátil como ele só, o dente-de-leão pode ser usado em sucos, refogados, saladas, ou cozidos. A panc é conhecida por ter ajudar a saúde do coração regulando os níveis de colesterol, mas também contribui para manter os níveis de glicose e auxilia no bom funcionamento do fígado. 

Entre seus principais nutrientes estão as vitaminas B e C, betacarotenos, flavonóides e  o potássio.

 Taioba

Mais conhecida na culinária mineira, essa planta rica em vitaminas do complexo B, A e C, e em minerais como cálcio e fósforo, pode ser uma ótima substituta da couve em refogados. Não se deve consumir a taioba crua, por conta do teor de cristais de oxalato de cálcio. Vai bem no risoto, na farofa, como recheio de tortas e até pra dar um gostinho a mais no pão caseiro. 

Physalis

A physalis é uma frutinha com sabor doce e ácido, sendo tanto consumida in natura, quanto adicionada a iogurtes, em saladas, molhos e até topping de docinhos.

Ela contém ótimas quantidades de fibra, além de ser fonte das vitaminas C e A. Graças a esses nutrientes, ela auxilia no bom funcionamento do intestino e também na hora de reforçar o sistema imunológico, além de evitar o envelhecimento precoce. 

Inhame

plantas pancs inhame

Esse tubérculo fornece fibras, ferro, antioxidantes e vitamina C. É uma das pancs mais populares, tendo gosto e textura similar à batata ou à mandioca. Por isso, vai no preparo de patês, purês, sopas e até na produção de leites vegetais. 

Hibisco

Talvez você já tenha consumido sem saber que se tratava de uma das plantas pancs. Essa flor tem fama por sua ação cicatrizante e anticoagulante, sendo utilizada principalmente na forma de chá, salada e também para decorar pratos. Entre seus benefícios estão o combate aos radicais livres, auxiliar na saúde do coração e combater infecções urinárias. 

Azedinha

plantas pancs azedinha

Também chamada de erva-vinagreira, a azedinha ganha esse nome graças ao seu sabor ácido característico. Versátil, ela vai bem crua ou cozida, em sucos, saladas, refogados, massas, purês e sopas e o que mais a criatividade permitir! 

E se você gostou de saber mais sobre as plantas pancs para variar sua alimentação, vai gostar também de conhecer receitas deliciosas aqui no nosso blog. Além disso, tem pratos prontinhos te esperando na Liv Up.  

Você vai gostar de ver…

déficit calórico dos alimentos

Déficit calórico: como funciona a fórmula das calorias

Quem quer emagrecer certamente já esbarrou por aí no conceito de déficit calórico, até porque é impossível perder peso sem ele. Entender essa relação entre as calorias ingeridas e as

refeição cardápio para o dia a dia

Cardápio para o dia a dia: 20 receitas pra experimentar

Quando o assunto é alimentação saudável, um dos grandes desafios é elaborar um cardápio para o dia a dia que reúna refeições práticas, mas também saborosas. Afinal de contas, a

iogurte saudável com frutas

Iogurte saudável: como escolher o melhor

Saboroso, versátil e bem equilibrado, o iogurte saudável é uma opção queridinha na hora de montar um cardápio bacana. Vai bem com frutas, com granola, em molhos para saladas e

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.