Tendência no mundo fitness, será que pré-treino faz mal?

Quando se tem uma rotina de atividade física, uma das principais dúvidas diz respeito à suplementação e consumo de opções que ajudem a melhorar o rendimento, a saúde e potencializar os resultados. Não é à toa que a cada dia surgem novidades no universo fitness, inclusive gerando confusão sobre os reais benefícios à saúde. Afinal de contas, o pré-treino faz mal? Pode consumir todo dia? 

Convidamos a nutricionista do time de desenvolvimento da Liv Up, Bruna Quaglio, para responder essas e outras perguntas sobre o estimulante pré-treino

Pré-treino faz mal?

Antes de mais nada, vale falar que o suplemento pré-treino pode ter diversas finalidades, como aumentar a energia, potencializar o rendimento, ajudar na vascularização ou contribuir para o aumento de massa muscular. Então, o efeito depende daquilo que você está utilizando e da adequação ao seu organismo e objetivos.

Normalmente as opções do mercado contêm cafeína e arginina, assim como aminoácidos, guaranás ou outros compostos termogênicos. “O efeito está relacionado à composição e à qualidade da marca que você escolheu. Isso porque podem existir marcas especialmente importadas com compostos não declarados ou não permitidos no Brasil. Nesse caso, o pré treino pode sim fazer mal”, alerta a nutricionista. 

Aliás, essas substâncias podem provocar taquicardia, alteração na pressão arterial e outros efeitos adversos. Dessa forma, não são indicados para pessoas com cardiopatias e doenças crônicas em geral. A recomendação é que o consumo do pré-treino seja feito de forma personalizada, conforme a altura, peso, idade e necessidades de cada indivíduo. Ou seja, somente sob orientação de um nutricionista, que é o profissional responsável e capacitado para a prescrição de suplementos.

Mas afinal, o que é um pré-treino?

Como o próprio nome sugere, estamos falando de um suplemento que deve ser consumido antes de praticar atividade física. O objetivo é geralmente proporcionar maior disposição, energia e resistência durante os treinos.

Mas se engana quem acha que eles são indicados somente por atletas ou quem faz musculação. Na verdade, quem pratica qualquer tipo de esporte ou exercício que exige esforço físico pode se beneficiar do seu consumo. 

Prova disso é o estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) em parceria com a Associação Brasileira das Empresas do Setor Fitoterápico, Suplemento Alimentar e de Promoção da Saúde (Abifisa), que aponta que os alimentos que se enquadram na categoria de suplementos alimentares fazem parte do dia a dia de mais de 54% dos brasileiros.

Entre as opções mais populares estão aqueles feitos à base de cafeína, sendo conhecida por seu estímulo ao sistema nervoso. Isso porque ela contribui tanto para a força muscular, quanto para disposição e queima de gordura. Mas existem diversas alternativas no mercado, como a creatina, taurina, BCAA e bebidas funcionais, por exemplo. 

Quanto tempo dura o efeito?

Isso varia conforme o pré-treino escolhido, quantidade consumida, ingredientes, e o metabolismo da pessoa em questão. Mas, em geral, eles começam a fazer efeito com cerca de meia hora. Normalmente, o suplemento pode permanecer no organismo de quatro a seis horas, mas há casos, como no da cafeína, que a ação estende-se de seis a nove horas. 

Posso tomar todos os dias?

Depende da orientação do profissional de saúde e também da rotina de treinos, obviamente. Muitos deles devem ser tomados todos os dias, mesmo naqueles em que a pessoa não pratica atividade física, sendo consumido pela manhã ou durante uma das refeições. Já em outros casos a recomendação é que o consumo seja feito de 30 a 60 minutos antes de treinar. 

Quem tem ansiedade pode tomar?

Essa é uma das principais dúvidas quando se fala em mitos e verdades sobre o pré-treino. Não há grandes contra indicações diretas caso o pré-treino em questão seja composto pelas substâncias mais tradicionais, como os termogênicos. Ou pelo menos não irá causar mais efeito do que o consumo de alimentos e bebidas que já devem ser minimizados por pessoas que sofrem de ansiedade, como cafeína, álcool, bebidas açucaradas, cereais refinados e gorduras ruins. 

Nesses casos, os possíveis efeitos colaterais são náusea, taquicardia, aumento da pressão arterial, insônia e tremores. Na dúvida, o melhor é sempre consultar o nutricionista. 

Existem pré-treinos naturais?

“Existem sim pré-treinos naturais, mas uma boa alimentação somada a uma xícara de café já pode ser um excelente pré treino”, explica Bruna Quaglio. Isso significa que nem sempre é necessário investir nesses produtos. 

Isso porque uma alimentação correta, na maioria dos casos, consegue garantir a energia necessária e o aporte de nutrientes para um bom desempenho. Mas, para isso, é importante procurar um profissional especializado, principalmente um nutricionista da área esportiva, que vai te ajudar a garantir bem-estar, saúde e o melhor desempenho. 
Quer saber mais sobre esse universo? Aqui no blog da Liv Up, você aprende o que comer antes do treino, como acelerar o metabolismo, sem falar nas centenas de receitinhas saudáveis e deliciosas.

Você vai gostar de ver…

como usar bicarbonato na musculação

Nutri responde: bicarbonato na musculação faz diferença?

Já pensou se o bicarbonato pode ser o segredo para turbinar seus resultados? Vamos desvendar essa questão agora! Acompanhe com a Liv Up e o nutricionista Fabrício Degrandis e descubra

whey pode substituir uma refeição

Nutri responde: whey pode substituir uma refeição?

Você não precisa ser fissurado em academia para conhecer o famoso Whey Protein, visto que seu consumo pode ser feito mesmo se você não treinar. No smoothie, shake e até

Gordura corporal: nutri explica como diminuir o percentual

Muito além do peso na balança, existem outras métricas muito mais importantes para a avaliação da saúde, como no caso do percentual de gordura corporal. Você sabe como anda a

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.