Alimentação Saudável

Quais ingredientes contêm glúten?

março 12, 2020
veja quais ingredientes contêm glúten

Você sabe quais ingredientes contêm glúten e quais não? Desde 2003, de acordo com a lei nº 10.674, todos os alimentos comercializados devem informar se há glúten em sua composição.

De forma resumida, o glúten é uma combinação de proteínas presentes em cereais, grãos e massas. Ele é formado pelo composto das proteínas gliadina e a glutenina e é responsável por dar elasticidade a massa.

Além disso, o glúten, quando entra em contato com o oxigênio, cria uma camada que impede a saída do gás carbônico durante a fermentação. O gás carbônico é essencial para o desenvolvimento do alimento, por isso, receitas que levam glúten crescem durante a fermentação.

Doença Celíaca

Infelizmente, não é todo mundo que pode consumir glúten. Existem algumas doenças que atrapalham a digestão deste composto de proteínas. A mais comum é a Doença Celíaca.

Segundo dados da OMS, Organização Mundial da Saúde, cerca de 1% da população mundial sofre com a Doença Celíaca. A patologia é uma reação imunológica que é desencadeada pelo consumo de glúten. De acordo com a Associação de Celíacos do Brasil, um a cada 600 brasileiros possui a doença autoimune.

Sem cura, ela causa a inflamação da mucosa do intestino. Por isso, uma vez diagnosticada, o paciente deve eliminar completamente de sua dieta alimentos à base de grãos, como trigo, centeio, cevada, malte, entre outros.

Os principais sintomas da doença são anemia, cólica, diarreia, dores abdominais, perda de peso e prisão de ventre. Mas, além de sintomas gastrointestinais, os celíacos também podem sofrer com alterações psicológicas.

Se não tratada, a doença pode gerar complicações mais graves como desnutrição, deficiências de vitaminas e minerais, anemia, além de câncer de estômago ou intestino. Por isso, é fundamental para os celíacos saber quais ingredientes contêm glúten.

Intolerância ao glúten

É bastante comum confundir a intolerância ao glúten com a Doença Celíaca, mas são distúrbios diferentes. A intolerância ao glúten é diagnosticada após a Doença Celíaca ser descartada.

Essa patologia é caracterizada pela dificuldade ou incapacidade de digerir os alimentos que levam o composto das proteínas gliadina e a glutenina. Ela é uma condição crônica que pode se manifestar em qualquer idade. Por fim, também não tem cura e o tratamento indicado é a exclusão total de alimentos com glúten da dieta.

Os sintomas gastrointestinais, como dores e alterações intestinais, são os mais comuns, mas a doença também pode apresentar outros indícios. É o caso de tontura, enxaqueca, coceira, além de alterações no humor e dores no corpo.

Como ela não causa a inflamação no intestino, a intolerância não é considerada tão grave quanto a Doença Celíaca. Mas, caso não seja tratada, pode afetar bastante a rotina de quem sofre com a patologia.

Alimentos que contêm glúten

Confira abaixo uma seleção de alimentos que podem conter glúten em sua composição. A lista é da Associação de Celíacos do Brasil.

Grupo 1: Farinha, cereais e seus sub-produtos

  • Aveia: flocos e farinha
  • Centeio
  • Cevada: farinha
  • Malte
  • Trigo: farinha, semolina, germe e farelo

Grupo 2: Bebidas

  • Bebidas com malte
  • Cafés com cevada
  • Cerveja
  • Gin
  • Ginger-ale
  • Uisque
  • Vodca

Grupo 3: Leites e derivados

  • Achocolatados com malte ou extrato de malte
  • Queijos com cereais
  • Queijos fundidos

Grupo 4: Leites e derivados

  • Embutidos (salames e salsichas)
  • Proteína vegetal hidrolisada

Grupo 5: Outros alimentos

  • Açúcares, doces e condimentos podem conter glúten de acordo com sua composição. Para qualquer alimento industrializado, é necessário ler o rótulo.

Contaminação cruzada

Quem sofre com Doença Celíaca ou intolerância ao glúten, por fim, também deve se preocupar com a contaminação cruzada de alimentos. Se o ambiente onde o alimento for manipulado não estiver totalmente higienizado, ele pode ser contaminado com resquícios de glúten de outros alimentos. Essa contaminação pode acontecer de diversos jeitos, desde a maneira como é feito o armazenamento dos alimentos até mesmo pelo ar.

Empresas e restaurantes devem seguir uma série de regras para evitar a contaminação, mas é comum que aconteça em casa.

Dicas para evitar a contaminação cruzada em casa

  • Tenha uma prateleira ou um espaço na despensa separado exclusivamente para os alimentos sem glúten;
  • Lave bem instrumentos e utensílios de cozinha antes de cozinhar;
  • Se sua cozinhar for compartilhada por pessoas que consumem glúten normalmente, limpe bem o ambiente antes de usar. Resquícios de farinha podem ficar nos eletrodomésticos, mesas ou até mesmo no ar;
  • Evite cozinhar com alimentos usados anteriormente ou produtos já abertos.

Agora que você já sabe quais ingredientes contêm glúten, confira este post com dicas para identificar uma intolerância alimentar. Em caso de suspeite, não deixe de consultar um especialista.

You Might Also Like

Vamos conversar?

Entre por uma das redes sociais ao lado para comentar!
Scroll Up