Quais os benefícios e funções da terapia ocupacional?

terapia ocupacional

Com atividades lúdicas, artísticas ou de lazer, a terapia ocupacional é, sem dúvida, um dos principais métodos terapêuticos desenvolvidos. Esse tratamento auxilia pessoas que apresentam alterações cognitivas, motoras, emocionais, psicológicas e/ou sociais. 

A fim de promover maior autonomia no cotidiano dos pacientes, e auxiliar na recuperação de habilidades perdidas ou ainda não desenvolvidas, a terapia ocupacional é indicada pra diferentes fases e necessidades da vida. Podendo, inclusive, trazer benefícios aos bebês, até pessoas que estão na melhor idade. 

Vamos conhecer um pouco mais sobre esse tratamento tão importante!

O que é e pra que serve a terapia ocupacional?

O nome já diz muito sobre essa forma abrangente de acompanhar e cuidar de cada paciente. A terapia ocupacional se fundamenta no estudo e na utilização das ocupações humanas pra promover a autonomia e o bem-estar das pessoas atendidas. A promoção dessa qualidade de vida acontece por meio da prevenção e reabilitação, incentivando a pessoa a readquirir, ou atingir, sua independência.

Agindo de forma multidisciplinar, a terapia ocupacional carrega fundamentos de muitas áreas: incluindo a área da saúde, da educação e da esfera social. Assim, durante todo o processo de terapia, o paciente se beneficia integralmente de todos esses conhecimentos. 

O terapeuta ocupacional tem como função mediar a evolução de cada pessoa, ajudando, principalmente:

  • Na reorganização da vida do indivíduo, tornando-o capaz de realizar atividades rotineiras como se alimentar, escovar os dentes e se vestir de forma independente;
  • Na retomada das funções que necessitam de adaptações;
  • No desenvolvimento de novas habilidades;
  • Na redefinição de ações e sentimentos por meio de diversos tipos de atividades;
  • Na descoberta, junto ao paciente, de novas formas de viver com bem-estar e qualidade de vida. 

Além disso, a terapia ocupacional é especial porque se adapta às vivências de cada paciente. Afinal, as atividades terapêuticas são escolhidas de acordo com o histórico da pessoa, com as necessidades individuais e, claro, com as prioridades de vida. Tudo isso é definido a partir de uma escuta ativa, além de observações das atividades práticas e da utilização de ferramentas científicas pra avaliar cada paciente. 

Qual é a diferença entre a terapia ocupacional e a fisioterapia?

A principal diferença está no objetivo de cada tratamento. A fisioterapia tem como objetivo atuar na recuperação da parte física e, consequentemente, motora do paciente. Já a terapia ocupacional, por sua vez, engloba a questão psicológica, cognitiva e emocional do indivíduo. 

O terapeuta ocupacional, como já conversamos, se torna um guia pra saúde mental e emocional do paciente, além de auxiliar no retorno ou aprendizado das suas funções motoras. 

Pra quem é indicada a terapia ocupacional?

A terapia ocupacional é um tratamento indicado pra diversas situações, dificuldades e necessidades, e também pra diferentes fases da vida.

De modo geral, esse tipo de terapia é indicado pra:

  • Bebês e crianças que apresentam algum tipo de atraso no crescimento e desenvolvimento de habilidades, ou dificuldades nas atividades escolares;
  • Pessoas que sofreram danos cerebrais ou físicos e precisam aprender ou reaprender a realizar as atividades cotidianas e/ou profissionais de forma independente;
  • Adultos que pretendem reorganizar a vida a partir da prática de ações que promovam seu bem-estar físico, emocional e social;
  • Idosos que necessitam de atividades constantes pra uma melhor qualidade de vida e saúde física, psíquica e social;
  • Grupos em riscos de exclusão social por diversos fatores, incluindo condições socioeconômicas, desestruturação do núcleo familiar, dependência química, alterações psíquicas, intelectuais e/ou sensório-motoras. 

Além dos próprios indivíduos, a terapia ocupacional também é indicada pra familiares, amigos, cuidadores e redes de apoio que precisam de orientações pra compreender e lidar com a pessoa que apresenta alguma dificuldade cognitiva, emocional ou física. 

Quais são os benefícios da terapia ocupacional?

São muitos os benefícios percebidos através da terapia ocupacional. No entanto, um dos pilares mais fortes desse tratamento é a busca pela autonomia dos indivíduos em seu dia a dia.

Partindo de diferentes abordagens – como atividades lúdicas, artísticas, de lazer, promoção do autocuidado e integração – a terapia ocupacional direciona e incentiva os pacientes pra que tenham a capacidade de interagir com diferentes ambientes e situações. Esse incentivo influencia diretamente na qualidade de vida de cada paciente.

Benefícios pra bebês e crianças pequenas 

A terapia ocupacional para os bebês pode ser essencial pra diminuir e/ou barrar o atraso no crescimento e desenvolvimento de suas habilidades motoras e cognitivas.

Um pouco maiores, mas ainda na primeira infância, essa terapia pode auxiliar o desenvolvimento das crianças, principalmente aquelas que possuem limitações cognitivas e psicomotoras. No tratamento, é possível trabalhar as atividades de autonomia (como comer, hábitos de higiene e de autocuidado), mas também ações que estimulem o desenvolvimento social da criança.

Benefícios pra crianças em idade escolar e adolescentes

A terapia ocupacional é essencial para o campo educacional. Utilizada pra acompanhar o desenvolvimento estudantil das crianças e adolescentes, essa terapia também é responsável por promover a inclusão de pessoas com deficiência em escolas com ensino regular. 

Durante a puberdade, a terapia ocupacional tem um objetivo bastante específico e importante: ajudar os jovens a compreenderem e a lidarem com todas as mudanças que aparecem durante essa fase. Modificações no corpo, na voz e questões emocionais, como irritabilidade e timidez, são algumas delas. 

Benefícios aos idosos

Pra pessoas que estão vivendo a terceira idade, a terapia ocupacional é uma importante ferramenta pra recuperação de perdas cognitivas, físicas e sociais, muito comuns durante o processo de envelhecimento.

As nossas informações sobre os benefícios e funções da terapia ocupacional foram legais? Esperamos que sim! Recomendamos que procure sempre um profissional especializado antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.  

Agora, que tal ler um pouco sobre a música e como ela estimula nosso cérebro e promove bem-estar? 

Você vai gostar de ver…

dormir depois do almoço

Dormir depois do almoço: entenda os impactos na sua saúde

Muita gente é fã de dormir depois do almoço, mas o fato que a famosa “siesta” levanta dúvidas. Afinal, o cochilo depois do almoço faz bem ou é apenas um

desidratação no calor

Desidratação: quais sintomas e como evitar esse problema

Verão, calor, dias bem quentes e…desidratação. A palavra pode parecer extrema, mas o fato é que, muitas vezes, o corpo perde mais líquido do que se consegue repor e com

melatonina

Melatonina e sono: benefícios e como tomar

Num mundo agitado, o sono se torna cada vez mais alvo de atenção. Apesar de repouso e descanso serem termos associados, o sono vai além – tendo um papel essencial

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.