Qual o melhor vinho para a saúde?

qual o melhor vinho para a saúde vários copos em cima da mesa

O vinho é uma bebida tão antiga que não se sabe ao certo quando surgiu. Historiadores estimam que tenha sido por volta de 3.000 a.C, no Egito e, aos poucos, foi se espalhando pelo oriente até chegar à Europa. 

Independentemente da origem, hoje o vinho está presente na maioria das culturas orientais e ocidentais e acompanha muito bem uma refeição entre amigos ou uma celebração especial. E se você está seguindo um estilo de vida saudável, mas não abre mão de uma tacinha no fim do dia, já deve ter se perguntado: “qual o melhor vinho para a saúde?”. 

Se esse é o seu caso, você vai gostar de saber que a bebida tem propriedades benéficas para o organismo, quando consumido com moderação. 

Qual o melhor vinho para saúde: tinto, branco ou rosé?

Cada um tem características e propriedades próprias, além de combinar melhor com certas refeições e até estações do ano. Confira:

Vinho tinto

O tinto seco é considerado o melhor vinho para saúde e o mais indicado para se obter todos os benefícios da bebida. Isso porque, na fabricação, as sementes e cascas da uva são preservadas, o que faz com que a concentração de polifenóis seja maior do que nas outras variedades. Quanto mais intensa a cor do vinho, maior a concentração de polifenóis.

O vinho tinto é ideal para acompanhar refeições pesadas, por exemplo, carnes e massas, em dias de temperatura mais amena. 

Vinho branco

O vinho branco conserva as mesmas propriedades do tinto, porém, em menor concentração, já que as cascas e sementes das uvas são retiradas na fabricação. Por outro lado, os vinhos brancos tendem a ter menor teor alcoólico.

O vinho branco combina com refeições mais leves, como peixes e frutos do mar, e também dias mais quentes, pois fica ótimo gelado. 

Vinho rosé

No processo de fabricação, as cascas e as sementes das uvas são preservadas até certo ponto, o que faz com que a concentração de polifenóis e resveratrol seja maior do que no vinho branco, ainda que menor que no tinto. 

O vinho rosé, por muito tempo, foi considerado um vinho de sobremesa. Contudo, o sabor leve também harmoniza com carnes brancas, queijos suaves e frutos do mar, além de ser uma boa pedida para os dias de verão. 

O que o vinho tem de bom?

O vinho é muito presente em países de dieta mediterrânea, como Grécia, Itália e Espanha, que é considerada por muitos estudiosos a “dieta da longevidade”. Isso porque, nesses locais, a expectativa de vida é muito alta e os idosos costumam ser mais ativos e saudáveis que em outros locais.

Uma das características dessa dieta é o consumo moderado de vinho diariamente, ou seja, com consciência. Isso porque a bebida possui ingredientes que agem como antioxidantes naturais. Veja outros fatos interessantes sobre o vinho:

  • Resveratrol: atua no controle da produção de radicais livres, auxiliando na proteção das células contra o envelhecimento.
  • Polifenóis: ajudam no controle do colesterol
  • Antocianinas: atuam no sistema imunológico, auxiliando na proteção do corpo contra inflamações e infecções.
  • Flavonoides: substância antioxidante e antiinflamatória 

Qual vinho tem mais resveratrol?

Por preservar a casca e as sementes da fruta durante a fabricação, o vinho tinto, da uva merlot, é a opção com mais resveratrol. Enquanto uma garrafa de tinto tem uma concentração que varia de 0.03 a 1.07 mg, os brancos apresentam níveis de resveratrol que vão de 0.01 até 0.27 mg.

Qual o melhor horário para tomar vinho?

O vinho é uma ótima pedida durante as refeições, pois assim o corpo consegue lidar melhor com a metabolização do álcool da bebida, minimizando efeitos indesejáveis.

No geral, o álcool prejudica a qualidade do sono. Isso porque induz a um sono fácil, mas o descanso não é tão restaurativo. Por isso, evite consumir antes de dormir para ter uma boa noite de sono. 

Agora que você já sabe qual o melhor vinho para saúde, suas propriedades e horário de consumo, não se esqueça de consumir com moderação. Independente do tipo de bebida, álcool em excesso faz mal para o seu corpo e também para sua saúde mental. Aproveite bons momentos com uma boa taça de vinho, mas sempre com consciência.

Você vai gostar de ver…

déficit calórico dos alimentos

Déficit calórico: como funciona a fórmula das calorias

Quem quer emagrecer certamente já esbarrou por aí no conceito de déficit calórico, até porque é impossível perder peso sem ele. Entender essa relação entre as calorias ingeridas e as

refeição cardápio para o dia a dia

Cardápio para o dia a dia: 20 receitas pra experimentar

Quando o assunto é alimentação saudável, um dos grandes desafios é elaborar um cardápio para o dia a dia que reúna refeições práticas, mas também saborosas. Afinal de contas, a

iogurte saudável com frutas

Iogurte saudável: como escolher o melhor

Saboroso, versátil e bem equilibrado, o iogurte saudável é uma opção queridinha na hora de montar um cardápio bacana. Vai bem com frutas, com granola, em molhos para saladas e

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.