Mudando sua alimentação

Saiba mais sobre a importância das proteínas para o organismo

setembro 10, 2018
Muito tem se discutido hoje sobre a alimentação low carb. Apesar de polêmico, esse estilo de vida — que, como o próprio nome diz, visa a baixa ingestão de carboidratos, enquanto aumenta o consumo de proteína — vem ganhando cada vez mais adeptos.
Na verdade, muito além de estar na moda, uma alimentação rica em proteínas é importante para você, que se preocupa com a saúde. Seja qual for o seu estilo de vida, a palavra-chave é sempre o equilíbrio. O ideal é fazer de vez as pazes com a comida, priorizando a nutrição do corpo — e as proteínas são fundamentais para isso.
Então, quer saber qual papel a proteína desempenha em uma alimentação equilibrada? Continue acompanhando para conferir!

Por que a proteína é tão importante para o nosso corpo?

Talvez você ainda não saiba, mas as proteínas são essenciais para o desenvolvimento dos músculos, cabelos e unhas. Consideradas nutrientes construtores, elas afetam hormônios e auxiliam a produção de anticorpos. Também são fundamentais para o nosso metabolismo e para a formação e o desenvolvimento de todos os órgãos e tecidos.

Produção e obtenção de proteínas

A proteína é formada por moléculas menores, chamadas aminoácidos. Alguns deles são produzidos pelo nosso próprio corpo. Outros, chamados aminoácidos essenciais, só podem ser adquiridos por meio da alimentação.
Nesses casos, os alimentos que contêm tipos de aminoácidos mais diversificados são nomeados proteínas de alto valor biológico, pois atuam em quase todos os nossos órgãos, músculos e tecidos.

Proteínas e o bem-estar

Outro detalhe que você precisa saber é que a proteína influencia diretamente o nosso bem-estar. Isso mesmo! Esse nutriente é responsável pela construção dos neurotransmissores cerebrais que, por sua vez, atuam na formação dos nossos pensamentos e emoções.
Além disso, ela é um alimento sacietógeno. Apesar desse nome complicado, o significado é simples: trata-se de alimentos que estimulam a saciedade, por aumentarem os níveis de serotonina do organismo.
Ou seja, se você anda muito estressado, que tal tentar mudar um pouco a sua alimentação e tentar equilibrar o corpo e a mente? Afinal, os orientais já diziam: “corpo são, mente sã”.

Quais são as principais fontes de proteína?

Bom, agora que você já sabe como o consumo de proteínas é importante, deve estar se perguntando: “mas o que eu devo comer para ingerir as quantidades ideais de proteína na minha alimentação diária?”
Como dissemos, o ideal é o equilíbrio. Não é preciso exagerar na dose ou ficar preocupado com suplementação. Aliás, o uso de suplementos só deve ser feito com orientação de um profissional, combinado?
Do café da manhã ao jantar, inserindo pequenas porções de proteínas em todas as refeições você consegue balancear o índice glicêmico das refeições. Veja algumas dicas:

Carnes: frango, peixe, bovinos e suínos

Os principais alimentos que contêm mais proteína em sua composição são as carnes. Frango, peixes e cortes bovinos são excelentes opções. Outro aspecto interessante a ser levado em consideração é o modo de preparo desses alimentos.
Sabemos que, com a correria do dia a dia, às vezes fica difícil prestar 100% de atenção na alimentação. Ainda assim, um pouco de cuidado sempre faz bem. Até porque gastar tempo cuidando da nossa saúde é um bom investimento, não é? Então, fique atento às seguintes dicas:
  • dê preferência às carnes grelhadas ou assadas;
  • filés de peixe e frango são ótimas opções diárias;
  • não é preciso “ter medo” de carne de boi e de porco. Basta preferir os cortes mais magros, com menos gordura;
  • procure não exagerar no sal. Abuse de cebola, alho, ervas variadas e aproveite para se deliciar e descobrir novos sabores!

Leite e derivados

Além das carnes, o leite, o queijo e o iogurte são outras opções interessantes, e podem ser utilizadas nos pequenos lanches entre as refeições. Quanto aos queijos, faça como as carnes: privilegie os queijos brancos, que são menos gordurosos.

Ovo

Uma das melhores fontes de proteína de alto valor biológico, o ovo não poderia ficar de fora dessa lista! Pode ser uma alternativa para o seu café da manhã ou mesmo para aquele dia em que você chega em casa mais tarde, sem ânimo para ir para a cozinha. De fácil preparo, a forma mais saudável de consumi-lo é a cozida.

Sou vegano/vegetariano, como posso consumir proteína?

De fato, os alimentos de origem animal são considerados as principais fontes de proteína. Mas isso não significa que, se você for vegetariano ou vegano, não pode consumir o nutriente.
Muita gente ainda não sabe, mas existem diversas opções de alimentos vegetais com ótimas quantidades de proteína por grama. O único porém é que algumas dessas proteínas de origem vegetal não são de alto valor biológico — ou seja, não oferecem tantos tipos de aminoácidos em sua composição.
Nesses casos, o ideal é pensar em variar bem os alimentos consumidos, e fazer combinações entre dois tipos diferentes de alimentos. Quer um exemplo simples? O clássico arroz com feijão é um deles!
Além dessa famosa dupla, existem outros alimentos que são boas fontes de proteínas vegetais. Vejamos alguns deles:

Leguminosas

Grão-de-bico, lentilha e feijões são algumas das fontes de proteínas de origem vegetal mais completas. E, com criatividade, é possível prepará-los de diversas formas: cozidos, sopas ou refogados, em saladas ou mesmo um snack de grão-de-bico para matar a vontade de beliscar.

Grãos

Quinoa e amaranto são apenas dois dos grãos existentes ricos em proteínas, além de serem uma ótima fonte de fibras. Você pode utilizá-los cozidos ou acrescentá-los a outros alimentos, como um iogurte, por exemplo.

Folhas

Folhas em tons verde-escuro também são boas fontes de proteína. Espinafre, brócolis e rúcula são apenas alguns exemplos. Uma alternativa é apostar em uma boa salada com diversas folhas e grãos.

Soja

Esse também é um grão, mas, por sua fama entre os vegetarianos e veganos, merece um capítulo à parte. A soja tem diversos nutrientes e conta com várias opções: desde o “bife de soja” e o leite vegetal até o tofu!
Enfim, viu como é possível inserir proteínas na sua alimentação? O consumo desse nutriente é fundamental para quem deseja adquirir uma rotina mais saudável. Mais do que uma “febre”, as proteínas são fundamentais para quem busca equilíbrio no seu dia a dia.
Como vimos, não é necessário exagerar. Inserir pequenas porções de grupos alimentares diversos na rotina já fará muita diferença na sua alimentação — e, consequentemente, no seu bem-estar.
Agora que você já sabe tudo o que precisava sobre as proteínas, quer ficar por dentro de mais dicas práticas sobre alimentação? Então assine a nossa newsletter para receber todos os nossos próximos conteúdos!
 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up