Suplementos – entenda o assunto de uma vez por todas!

suplementos

Com certeza você já ouviu falar sobre os suplementos alimentares, certo? Desde o Whey Protein, o queridinho das academias, até às cápsulas efervescentes de vitamina C. Os suplementos fazem parte de um mundo bastante vasto, e apresentam diversas funções e finalidades. Sabendo disso, vamos entender melhor o que são os suplementos alimentares e pra que servem!

O que são suplementos alimentares?

Os suplementos alimentares, diferente do que se propaga, são considerados medicamentos pelos profissionais de saúde. Por isso, devem ser utilizados apenas em condições específicas e somente quando prescritos por um nutricionista ou outro profissional especializado.

De forma geral, os suplementos são produtos que possuem a função de complementar ou, como o próprio nome já diz, suplementar a alimentação diária. Normalmente, são nutrientes concentrados em comprimidos, cápsulas, pós, bebidas prontas pra consumo, géis ou até mesmo em balas de goma.

Pra que servem os suplementos alimentares?

De modo geral, os suplementos têm a finalidade de complementar a alimentação do indivíduo com nutrientes que estão em falta em seu organismo, o que chamamos de carência nutricional. Também podem ser prescritos com o intuito de trazer benefícios pra saúde ou melhora no desempenho esportivo.

Os nutrientes são substâncias que fazem parte do funcionamento do nosso corpo e devemos consumi-los através da alimentação, já que não são produzidos pelo próprio organismo. Todas as vitaminas e minerais, os carboidratos, além de aminoácidos e gorduras como o ômega 3, são exemplos de nutrientes.

Quando a alimentação não dá conta de suprir as necessidades do corpo, os suplementos são ótimos aliados pra restabelecer o equilíbrio. Seja porque o indivíduo não se alimenta de forma adequada ou por estar em uma condição especial, necessitando de uma quantidade elevada de determinado nutriente. Atletas de alto rendimento, por exemplo, normalmente necessitam de uma dieta mais calórica do que indivíduos sedentários ou apenas praticantes de atividade física

Quem deve consumir suplementos alimentares?

Normalmente, são prescritos suplementos alimentares pra atletas de alto rendimento, os quais praticam exercícios físicos de forma constante, intensa e prolongada. Além disso, pessoas diagnosticadas com carências nutricionais, que não conseguem suprir tais necessidades apenas com a alimentação, podem receber a recomendação de suplementação alimentar, já que a falta de nutrientes pode trazer diversas consequências prejudiciais à saúde.

Como saber se estou com deficiência nutricional? 

Existem alguns sinais clínicos que devem ser observados, como unhas quebradiças, queda excessiva de cabelo, cansaço extremo, falta de concentração e aparecimento constante de gripes, resfriados e infecções. No entanto, a única maneira de ter certeza de uma deficiência de nutrientes é por meio de exames laboratoriais. Pra isso, é preciso procurar um nutricionista ou médico especializado no assunto. Fica a dica! 

Quem pratica atividade física precisa sempre suplementar?

Não. Não é porque você pratica atividade física que precisa ingerir algum suplemento, obrigatoriamente. O excesso de nutrientes pode ser tão prejudicial quanto à falta. Por isso, antes de consumir qualquer tipo de suplemento, você deve se consultar com um nutricionista, profissional que irá analisar o seu padrão alimentar, bem como sua composição corporal, seus hábitos de vida e também seus exames clínicos. Lembrando sempre que, quando prescritos, os suplementos alimentares deverão atuar como aliados de uma alimentação saudável, e jamais como substitutos de determinados alimentos ou refeições. 

Quais são os principais tipos de suplementos alimentares?

Alguns suplementos alimentares, também chamados de suplementos esportivos, são desenvolvidos com o intuito de aumentar o desempenho de atletas e suprir nutrientes necessários pra recuperação muscular, energética e de sais minerais. Os principais suplementos esportivos encontrados são:

  • Proteínas: Whey Protein (a proteína do soro de leite), caseína (a proteína do leite), albumina (a proteína do ovo) e a proteína isolada de arroz ou de ervilha. Normalmente, são utilizadas pra hipertrofia, ou seja, para o aumento da massa magra;
  • Aminoácidos isolados: BCAA, glutamina e arginina, por exemplo. Costumam ser utilizados pra recuperação dos músculos após o exercício físico e também pra fortalecer o sistema imunológico dos atletas;
  • Multivitamínicos e minerais: normalmente são utilizados pra suprir deficiências de vitaminas e/ou minerais. Essas deficiências podem acontecer em variados casos, seja pela ingestão inadequada ou associadas à determinadas doenças;
  • Suplementos energéticos: compostos basicamente por carboidratos como maltodextrina, dextrose, ribose e palatinose. São muito utilizados antes dos treinos a fim de servir como fonte de energia e melhorar o desempenho em atividades aeróbicas prolongadas e de alta intensidade. Também são utilizados após os treinos pra recuperação correta do organismo; 
  • Creatina e cafeína: bastante utilizadas pra melhora do desempenho esportivo do atleta;
  • Termogênicos: são usados, normalmente, pra melhora da performance e também pra manutenção ou perda de peso;
  • Repositores hidroeletrolíticos: são bebidas que contém água, sais minerais e carboidratos, a fim de recuperar os líquidos e os sais perdidos através do suor durante o exercício físico intenso e prolongado.

Além de relacionados às práticas esportivas, esses suplementos também podem ter efeitos terapêuticos. Desta forma, podem ser utilizados fora do mundo esportivo. Creatina, Whey Protein e glutamina são bons exemplos disso. A creatina e o Whey Protein podem auxiliar na diminuição da perda de massa magra em idosos, e a glutamina, pra ajudar no correto funcionamento do sistema de defesa do corpo. 

Ainda, existe uma outra gama de suplementos alimentares, prescritos com o intuito de sanar deficiências nutricionais e colaborar com o correto funcionamento do corpo. Os principais são:

    • Suplementos vitamínicos (principalmente vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina D, vitamina E e vitamina K);
    • Suplementos minerais (principalmente cálcio, zinco e ferro);
    • Coenzima Q10;
    • Ômega 3;
    • Prebióticos e probióticos.

É bom saber que os suplementos alimentares podem ser aliados da boa nutrição, no entanto, não devem ser consumidos de forma indiscriminada. São grandes os riscos da ingestão desnecessária ou imprudente, então, procure sempre um nutricionista pra te orientar quanto a real necessidade de ingestão, bem como a dosagem e o modo de utilização do suplemento alimentar. Somente esse profissional é capaz de identificar as singularidades de cada paciente, adequando os suplementos da forma correta e segura, e em harmonia com uma alimentação equilibrada. Lembre-se: os nutrientes são o combustível do organismo e ajustar seu consumo é um dos principais fatores pra conquistar o equilíbrio, a saúde e o bem-estar.

Você vai gostar de ver…

exemplos de atividade física

5 exemplos de atividade física para movimentar o corpo

Seu corpo não foi feito para ficar parado. Descubra alguns exemplos de atividades física e coloque em prática agora mesmo. Sua saúde irá lhe agradecer, confira:

exercícios com elástico

Comece agora: 5 exercícios com elástico para iniciantes

As atividades físicas em casa vem ganhando força na pandemia. Mas, você conhece os benefícios dos exercícios com elástico? Conheça:

exercícios para a lombar

6 exercícios para a lombar que vão te ajudar a evitar dores

As dores na lombar são muito comuns em nosso dia a dia, não é? Quando repetimos constantemente uma má postura, principalmente no ambiente de trabalho ou estudo, a lombar pode

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.