7 dicas para manter uma alimentação equilibrada no dia a dia

Neste artigo vamos trazer dicas sobre como manter uma alimentação equilibrada. Contudo, o que significa isso, exatamente? Não basta comer bem para ser saudável — é necessário respeitar horários, ter tranquilidade na hora de fazer as refeições e, é claro, levar à mesa pratos com combinações capazes de prover a nutrição que o seu corpo precisa.

Hoje em dia, dá para fazer tudo isso sem ter muito trabalho. Separamos 7 dicas para quem quer ter uma alimentação mais balanceada — e a primeira delas é justamente para quem tem pouco tempo para cuidar disso.

Consuma alimentos saudáveis congelados

Quando se fala em alimentos congelados muita gente torce o nariz. Contudo, a verdade é que o mercado já conta comidas congeladas saudáveis e práticas para quem não tem muito tempo a gastar na cozinha e não abre mão de comer bem. É importante se certificar da preparação e de quem você está comprando, pois assim garante a qualidade nutricional sem perder o sabor.

Ao consumir alimentos saudáveis congelados, você pode obter todos os nutrientes que precisa sem deixar de lado o sabor. Além disso, a comida congelada é uma alternativa para quem vive na correria e precisa de praticidade, mas ao mesmo tempo, quer manter a boa alimentação.

E tem outro ponto: se você tiver os alimentos congelados, na hora do aperto e da fome, a tendência é você buscar o mais rápido e fácil, ai você já estará salvo.

Alimente-se com calma

É impossível falar em alimentação equilibrada se, na hora de comer, a pessoa está uma pilha de estresse, ansiedade e nervosismo — seja porque tem uma reunião importante, um prazo apertado para cumprir, brigou com alguém querido ou qualquer outro tipo de problema.

A dica aqui é se conscientizar de que, em caso de dificuldades ou compromissos que a vida nos trouxe naquele dia, alimentar-se mal só vai piorar a situação. Como os problemas fazem parte da rotina, isso acaba se tornando uma desculpa para comer mal sempre. Por isso, a hora da refeição é sagrada: nesse momento, é preciso deixar de lado qualquer situação preocupante e se concentrar em apreciar o que está em nosso prato.

Evite ao máximo comer assistindo televisão, mexendo no celular ou fazendo qualquer outra coisa que tire sua atenção. Faça desse momento, um momento sagrado e curta a sua refeição com paz e tranquilidade.

Coma com fome e vontade

Já caiu por terra o mito do comer de 3 em 3 horas e hoje falamos muito mais sobre respeitar a sua fome e sua vontade de comer. É claro que é preciso muito discernimento para entender isso, mas quanto mais consciência e presença você tem no ato de se alimentar, mais você consegue levar isso para a sua vida de maneira simples e descomplicada.

Cuidado para também não passar longos períodos em jejum e depois extrapolar nas quantidades. A ideia é que se faça as refeições quando realmente sentir fome e necessidade de comer. O ideal é seguir cerca de 3 refeições ao dia, mas isso tudo deve ser atendido de acordo com a sua necessidade e rotina diária.

Coma devagar e respeite sua fome

Ás vezes acabamos comendo no impulso e muito rápido ou porque está muito gostoso ou porque estávamos com muita fome. É importante mastigar bem e comer devagar, para que o cérebro receba as mensagens corretas em relação a saciedade e para que você consiga suprir suas necessidades energéticas sem passar do ponto. Afinal, é muito desconfortável comer e se sentir cheio e empachado, não é mesmo?

Por isso comer devagar, mastigando bem e quantidades adequadas é importantíssimo para manter o seu organismo funcionando bem e para que ele possa aproveitar todos os nutrientes que fora consumidos.

Evite carne e embutidos na alimentação equilibrada

Não é proibido comer carne vermelha, mas você já parou para pensar em quantas vezes na semana tem ela como base da sua alimentação, em comparação com carnes brancas?

Em função do alto nível de gorduras saturadas, a carne bovina e também a de porco podem ser substituídas por peixe ou frango mais frequentemente. Assim, o prato fica mais equilibrado, a refeição fica mais leve, tornando o processo digestivo ainda mais fácil e o seu corpo mais saudável.

Além disso, os embutidos — como salsichas, presunto, mortadela, entre outros — também devem ser consumidos com moderação. A gordura saturada também está presente neles, mas não é só isso: são também alimentos ricos em sódio e, algumas vezes, também contém altas doses de açúcar refinado.

E tem mais: os embutidos possuem algumas substâncias em sua composição que tem propriedades cancerígenas e podem causar alguns prejuízos cognitivos. O consumo exagerado desses ingredientes traz malefícios ao organismo a longo prazo, então procure sempre consumir um embutido artesanal e com bastante moderação.

Se alimente com mais frutas, legumes e verduras

Na correria, a gente acaba optando pelo que é mais prático e deixa de lado alimentos essenciais para a nossa saúde. Contudo, não dá para esquecer de comer frutas, legumes e verduras todos os dias. São as vitaminas presentes nesses vegetais que nos mantêm imunes a doenças, viroses e outros problemas.

Estes também devem ser a base e a parte mais importante para compor o seu prato, sendo os outros grupos como os carboidratos, proteínas e gordura um “a mais”. As fibras presentes nos legumes, frutas e verduras são muito importantes para ajudarem na saciedade e fornecerem diversas vitaminas e minerais.

O consumo de grãos, pães e biscoitos integrais, alimentos orgânicos em geral e verduras frescas deve ser priorizado, sempre que possível. Afinal, a quantidade de pesticidas presentes em uma fruta ou legume pode trazer prejuízos para a saúde ao longo do tempo.

Evite beber durante as refeições

Você sabia que o consumo de água, refrigerante ou qualquer outro tipo de líquido enquanto estamos comendo não é recomendado?

O ideal é tomar um copo de água meia hora antes do almoço ou da janta. Depois de comer, o ideal é esperar uma hora até ingerir líquidos novamente, mas se estiver com muita sede, pode beber um pouco antes — tente aguentar o máximo que puder! Importante, essa regra só vale para refeições mais pesadas, como almoço e janta.

Neste artigo, a gente procurou trazer as principais dicas de uma alimentação equilibrada. Siga essas recomendações e observe que sua vida vai mudar para melhor 🙂


vitoria falcão nutricionista

Vitoria Falcão

Nutricionista pós-graduada em bioquímica clínica e nutrição esportiva, aprimorada em transtornos alimentares e especializada em dietoterapia chinesa, nutrição ayurvedica, alimentação vegetariana e vegana e alinhamento energético.

Você vai gostar de ver…

o que comer no calor

Dias quentes: o que comer no calor?

Em meio a dias quentes de verão ou climas tropicais, o corpo precisa passar por adaptações. O calor intenso pode desafiar nosso organismo a manter a temperatura interna estável, isso

coca refrigerante sem açúcar faz mal

Nutri responde: refrigerante sem açúcar faz mal?

Quando o assunto são os alimentos que devemos evitar na rotina, muito se fala do sorvete, do macarrão instantâneo e, é claro, dos refrigerantes – em geral, os alimentos industrializados.

cúrcuma benefícios shot

Cúrcuma e benefícios: vale a pena tomar em cápsula?

Você conhece a cúrcuma? Um tempero natural com diversos benefícios científicos comprovados. Não é à toa que vira e mexe ela ganha os holofotes, seja no famoso shot ou mais

Permissão de cookies

Coletamos informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para melhorar o funcionamento das páginas, mensurar a audiência e oferecer uma melhor experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.