Mudando sua alimentação

Checklist: 10 alimentos para comer quando a imunidade está baixa

outubro 1, 2018
Não é novidade que manter um estilo de vida saudável é a melhor maneira de evitar problemas de saúde. No entanto, mesmo com uma rotina regrada, ainda existe o risco de sermos acometidos por males como fraqueza, gripes e resfriados. Para evitar esse tipo de situação, é importante saber o que comer quando a imunidade está baixa.
O consumo de alguns alimentos garante um sistema imunológico mais resistente e turbinado, pois eles apresentam importantes nutrientes em sua composição. São eles as vitaminas, os minerais, os licopenos e os antioxidantes. Ao atingir a recomendação diária de alguns elementos, já asseguramos uma defesa melhor para o nosso organismo.
Ingredientes como alho, cebola e lichia ajudam a proteger as células de nosso corpo contra alterações importantes. Dessa forma, evitam sérios problemas de saúde, como câncer. Além disso, favorecem o combate a infecções, reduzem inflamações e retardam o envelhecimento precoce.
Quer se prevenir contra esses riscos e manter o corpo em equilíbrio? Então continue a leitura e descubra o que comer quando a imunidade está baixa:

1. Gengibre

Rico em vitaminas B6, C e com ação bactericida e expectorante, o gengibre é um importante aliado para a nossa saúde. Além de ajudar a tratar inflamações de garganta, ele auxilia nas defesas do organismo. Super versátil na cozinha, a planta pode ser utilizada de diversas formas.
Uma dica é usá-la como especiaria ou em sucos e chás. Para o último, basta ferver 2 colheres de gengibre ralado para 1 litro de água. Já em sucos, é possível adicionar 1 colher do produto em bebidas de qualquer sabor para deixá-la mais refrescantes.

2. Cogumelo shiitake

Com alto teor de ácido fólico e lentinana, o shiitake tem sido cada vez mais recomendado para a saúde. Além de aumentar a imunidade do corpo, os nutrientes acima são capazes de acelerar a produção de células de defesa. Assim, o nosso organismo fica naturalmente protegido.
O alimento ainda contém aminoácidos e função imunoprotetora, que evitam que vírus de gripes e resfriados se desenvolvam, por exemplo. O shiitake pode ser servido como acompanhamento nas principais refeições, combinado com arroz negro e integral. Outra opção é um delicioso mix de cogumelos. O consumo diário deve ser de cerca de 100 g do produto.

3. Castanha-do-pará

Importante fonte de selênio, mineral antioxidante que combate a ação dos radicais livres e melhora o sistema imunológico. Por esses motivos, a castanha-do-pará é um dos principais alimentos dessa lista do que comer quando a imunidade está baixa.
Além do selênio, o produto é rico em vitamina E, mais uma substância que previne danos nas membranas celulares. Outro elemento presente na composição desse snack saudável é o zinco. Ele atua na reparação dos tecidos e na cicatrização de ferimentos. Uma ou duas por dia são suficientes para dar mais energia e disposição para enfrentar a correria diária.

4. Batata yacon

A batata yacon é efetiva na eliminação de bactérias que invadem o nosso organismo por meio da alimentação. Isso porque ela estimula o crescimento da flora intestinal benéfica. Esse processo auxilia diretamente na prevenção de problemas de saúde e no fortalecimento de nossa imunidade.
Ela também é uma ótima aliada na prevenção de males cardiovasculares e na redução da pressão arterial. Você pode incluir uma porção da batata em seu cardápio algumas vezes na semana. O legume pode ser servido em formato de sucos, vitaminas ou em saladas.

5. Iogurte natural

O iogurte natural é rico em lactobacilos com propriedades probióticas, que fortalecem o sistema imunológico e melhoram a flora intestinal. Seus microrganismos contribuem para aumentar a imunidade, pois são eficazes na ação de expulsar do corpo humano as bactérias nocivas.
Bastante saudável, o alimento ainda auxilia no controle do peso. Por isso, sempre que possível, inclua um copo de iogurte natural em alguma refeição. Ele deve ser consumido regularmente, pelo menos uma vez ao dia.

6. Vegetais verde-escuros

Os vegetais verde-escuros são ricos em vitaminas A, B6 e B12. Essas substâncias ajudam na maturação das células imunes e aumentam nossa resistência quanto às infecções. Além disso, alimentos como couve, rúcula, brócolis e espinafre são importantes fontes de ácido fólico.
Esse nutriente auxilia na formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa de nosso organismo. A substância também pode ser encontrada em ingredientes como feijão, cogumelo e fígado bovino.
Eles podem ser consumidos diariamente, em saladas, refogados ou como acompanhamento das principais refeições. Uma dica: muitos dos vegetais acima podem ser combinados no preparo de deliciosos caldos e sopas. Imagine saborear um creme de espinafre e brócolis ou um caldo de legumes no jantar? Irresistível, não?

7. Frutas cítricas

Entre os principais itens para melhorar a imunidade estão as frutas cítricas, como laranja, limão, acerola, morango e kiwi. Elas têm grandes quantidades de vitaminas C em suas composições — antioxidantes essenciais para aumentar a resistência de nosso corpo.
Além disso, esses alimentos têm alta concentração de fibras, flavonoides e propriedades anti-inflamatórias, que previnem problemas de saúde. Essenciais para uma alimentação equilibrada, as frutas devem ser consumidas diariamente em sucos. Também vão bem em saladas ou in natura, pois são versáteis, refrescantes e muito saborosas.

8. Lichia

Outro alimento rico em propriedades anti-inflamatórias e vitamina C. Por isso, a lichia é uma poderosa aliada na prevenção de gripes e resfriados. A fruta também possui alto teor de antocianina, substância que auxilia na prevenção de inflamações, alergias e infecções.
Recomenda-se o consumo de uma porção por dia — cerca de 100 gramas. É uma ótima pedida para complementar um café da manhã ou lanche da tarde saudável e nutritivo. Além disso, a lichia pode ser usada na composição de pratos salgados, doces ou bebidas.

9. Cebola

Um dos principais temperos brasileiros, a cebola tem alto teor de quercetina, importante potencializador da função imune do organismo. Ou seja, seu consumo regular previne alergias, males virais e respiratórios.
Muito apreciada em saladas, ela também pode ser utilizada para dar sabor aos mais variados tipos de alimentos. Carnes, arroz, feijão e hambúrgueres são opções que ficam ainda mais saborosas quando acompanhadas de cebola.

10. Alho

Assim como a cebola, o alho é uma especiaria muito utilizada na cozinha brasileira. Rico em vitaminas A, C e E, ele é um forte aliado para reforçar o sistema imunológico devido à sua função imunoprotetora.
Com altas doses de selênio e zinco, o alho também é eficaz no combate a bronquite e tosses persistentes. Esses dois nutrientes são essenciais para evitar problemas virais como gripes e resfriados. Isso porque ajudam a diluir o muco acumulado nos pulmões.
Além de saber quais são os alimentos que mais fazem bem ao sistema imunológico, é preciso aliar outros hábitos saudáveis. Entre os principais, podemos destacar a prática regular de exercícios físicos, boas noites de sono e equilíbrio emocional em harmonia.
Seja no âmbito pessoal ou profissional, em casa ou no trabalho, uma alimentação saudável é sempre bem-vinda. Esse é um dos principais fatores para conquistarmos mais saúde e qualidade de vida. Por isso, revise nossas dicas sobre o que comer quando a imunidade está baixa. Depois, invista em refeições práticas, porém, nutritivas, equilibradas e orgânicas.
Este conteúdo foi útil para você? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também tenham acesso a essas informações!
 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up