Mudando sua rotina

Como a meditação corporativa pode ajudar no seu rendimento?

janeiro 28, 2019

Em um cenário cada vez mais competitivo e dinâmico, as empresas têm buscado diferentes estratégias para se destacar no mercado e oferecer melhores condições de trabalho aos seus colaboradores.

Depois do investimento em benefícios, criação de ambientes familiares e flexibilização dos horários, grande parte das empresas tem instituído a meditação corporativa na cultura organizacional.

E a razão é simples: de acordo com os gestores, a reflexão deixa os funcionários mais relaxados, felizes e produtivos. Como resultado, as empresas se tornam mais bem-sucedidas.

Ao contrário do que muita gente pensa, a meditação corporativa não se trata apenas de esvaziar a mente — ela é considerada um método de treinamento e aprimoramento da capacidade de foco de cada um.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e confira como a meditação corporativa pode ajudar a melhorar o seu rendimento.

Afinal, o que é meditação corporativa?

Podemos definir a meditação como uma prática em que as pessoas utilizam métodos para se concentrar em uma atividade, pensamento ou objeto.

Desse modo, elas buscam alcançar equilíbrio emocional, paz interior e clareza mental. Além disso, a prática permite que o indivíduo entre em contato com seu “eu” interior.

Apesar de algumas pessoas não valorizarem a prática, sabe-se que a meditação promove o bem-estar e uma melhor qualidade de vida aos seus praticantes.

Já no âmbito corporativo, a estratégia é utilizada para proporcionar um ambiente organizacional mais equilibrado, saudável e positivo aos funcionários.

Qual é a importância da meditação corporativa?

Devido às constantes pressões por resultados, falta de reconhecimento, problemas interpessoais e condições de trabalho desfavoráveis, muitos profissionais têm ficado doentes — física e emocionalmente.

O ritmo acelerado de trabalho aliado aos fatores acima representa a principal causa de estresse no universo corporativo. Não é à toa que as pessoas estão cada vez mais irritadas.

Desse modo, é importante buscar meios de controlar a tensão e dar vazão às frustrações, pois, só assim, conquistaremos um estilo de vida mais saudável.

Nesse contexto, a meditação corporativa se apresenta como uma luz no fim do túnel, afinal, ela possibilita uma maior concentração, foco e produtividade das equipes.

Isso porque a prática permite que os funcionários acalmem as ideias e consigam estruturá-las de maneira muito mais organizada, melhorando o seu desempenho individual.

Além do impacto no rendimento profissional, a técnica é considerada uma importante aliada para o âmbito pessoal, pois os benefícios para o indivíduo ultrapassam os limites organizacionais.

Como resultado, a prática confere serenidade, compreensão e discernimento para os processos de tomada de decisão. Mais do que mudar o ambiente de trabalho, a meditação corporativa tem transformado o relacionamento entre pessoas e departamentos.

Quais são os objetivos da meditação corporativa?

O principal objetivo é, sem dúvidas, o autoconhecimento. Afinal, conhecer nossas qualidades e defeitos é essencial para identificarmos nossos pontos fortes e fracos.

No entanto, os propósitos não param por aí. Redução do estresse, do esgotamento e da ansiedade são outras metas que a prática visa alcançar.

Além disso, a meditação corporativa é essencial para o desenvolvimento da criatividade, concentração, foco, intuição, resiliência, bem como do equilíbrio físico e emocional.

Outros intuitos da técnica são melhorar a qualidade dos relacionamentos, desenvolver a liderança e conquistar mais saúde e bem-estar.

Quais são os principais benefícios da meditação corporativa?

A meditação corporativa traz inúmeras vantagens: aumento da produtividade, maior esforço dos profissionais na busca de soluções para os problemas, redução das ausências por questões de saúde…

Confira, a seguir, outras vantagens que a técnica proporciona — tanto para os profissionais quanto para as empresas.

Aumento da concentração

A meditação regular exercita o cérebro e o acostuma a se concentrar em apenas uma coisa. Desse modo, os praticantes acabam desenvolvendo a habilidade de prestar mais atenção nas suas atividades.

Diante disso, é vantajosa no momento das tomadas de decisões, proporcionando estímulo das ideias, potencialização da criatividade e execução de tarefas.

Alívio do estresse

Quantas vezes por dia a gente ouve alguém dizer que está estressado? Infelizmente, essa é uma circunstância que todos nós enfrentamos diariamente.

As técnicas de meditação são aliadas no processo de redução dos níveis de esgotamento físico e mental. Além de ensinar os funcionários a controlar as emoções, as práticas regulam os níveis de pressão, ansiedade e agitação.

Aumento da produtividade

Com mais foco e concentração, o colaborador pode se dedicar mais à execução das suas funções, principalmente, à realização das tarefas urgentes.

Outra característica beneficiada com a prática é a criatividade, pois, quando limpamos a mente dos pensamentos negativos e das reflexões pessimistas, fica muito mais fácil focar naquilo que realmente precisamos fazer.

Como implementar a meditação corporativa nas empresas?

Você já sabe que a meditação corporativa é uma estratégia importante para as empresas conquistarem resultados melhores. Mas sabe como implementar a ideia no seu negócio? Descubra a seguir.

Apresente a meditação

É fato que muitas pessoas conhecem a meditação apenas de maneira superficial. Por isso, o primeiro passo é desmistificar o seu significado.

Procure apresentar os benefícios que a prática oferece aos colaboradores e o quanto ela é importante na busca por resultados melhores — tanto individuais quanto coletivos. Ao perceber a sua importância, as equipes certamente se interessarão.

Escolha uma técnica

Outro passo importante da implementação da meditação corporativa é a escolha da técnica, já que ela poderá determinar o sucesso ou o fracasso da iniciativa.

Se for preciso, conte com a ajuda de um profissional qualificado e especializado no assunto. Assim, ele poderá orientar você sobre todos os recursos disponíveis.

Também é possível contratar escolas que oferecem cursos e/ou treinamentos em grupo. De qualquer forma, certifique-se de selecionar a opção mais adequada ao seu objetivo ou necessidade.

Forme grupos

Depois de escolher a melhor técnica e convencer os funcionários a aderirem à execução, o próximo passo é definir grupos.

Procure agrupar os colaboradores que têm características em comum, como disposição para o treinamento, interesse pela prática e disponibilidade nos horários considerados ideais.

Divulgue a ideia

A propagação da ideia é fundamental para atrair novos interessados pela prática e disseminar os benefícios gerados para toda a organização.

Além de inspirar outras pessoas, isso é importante para incentivar a participação de outros funcionários. Afinal, quanto mais pessoas envolvidas no projeto, melhores serão os resultados conquistados.

Como você pôde ver, a prática da meditação corporativa ameniza o estresse, o cansaço e a pressão dos colaboradores, proporcionado aumento da disposição, bem-estar e uma melhor qualidade de vida.

Este artigo sobre meditação corporativa foi útil para você? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de conteúdos relevantes e exclusivos como este.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up