Bem-estar

Meditação pode aprimorar habilidades de liderança: saiba mais

janeiro 22, 2020
meditação contribuiu para a liderança

Você sabia que técnicas de meditação ajudam a aprimorar o senso de liderança e propõem uma visão mais abrangente e focada nos negócios? E quem afirma isso não somos nós, mas a ciência!

Mindfull Leadership, Liderança Consciente e Meditação Para Líderes são temas que conquistaram a atenção de pesquisadores no mundo todo e ganharam destaque em revistas, artigos e blogs de negócios.

E não é para menos: a técnica milenar, praticada em vários países, promete melhorar o desempenho e resultados profissionais. Por ser um ótimo mecanismo para lidar com sentimentos negativos e com o estresse, a prática acabou sendo adotada por grandes empresas como Shell Oil, IBM e Morgan Stanley.

Até mesmo grandes autoridades mundiais, como Steve Jobs e Ray Dalo, já aderiram às técnicas de meditação para melhorar suas habilidades de liderança e o resultado de seus negócios.

E você, quer saber mais sobre como a meditação pode aprimorar habilidades de liderança? Então, acompanhe!

O que é meditação

Meditação é uma técnica desenvolvida por povos antigos que trabalha as faculdades mentais de atenção e as capacidades motoras de respiração. A prática visa trazer o indivíduo para o momento presente para fortalecer, qualificar e significar sua experiência com o mundo.

A técnica meditativa gera um estado de presença qualificado e de atenção plena, permitindo que o indivíduo tenha consciência ativa de si mesmo e do seu entorno. Sendo assim, permite que se abra à novas informações, experiências e perspectivas sem fins de julgamento.

Com isso, a meditação ajuda a manter o foco, melhorar os níveis de concentração, processar melhor as experiências, despertar qualidades e aumentar o desempenho profissional. Além, claro, de promover benefícios à saúde e ao bem-estar de quem pratica.

Meditação e os benefícios para a liderança

O atual cenário organizacional exige que seus líderes ampliem suas habilidades. É fundamental que saibam tomar decisões inteligentes e comunicar de forma efetiva com sua equipe para melhorar o desempenho, produtividade e os resultados da empresa.

Tais exigências fazem com seus profissionais permaneçam o tempo todo em vigilância, inseguros e distantes de si mesmo e de sua realidade.

Como consequência desse estado de alerta, vários transtornos emocionais são gerados, como estresse, ansiedade, depressão e a síndrome de Burnout.

O papel da meditação no mundo corporativo é fazer com que seus profissionais minimizem esses impactos e tenham mais inteligência emocional para lidar, de uma forma melhor, com as adversidades internas e externas, por meio de técnicas de concentração e respiração.

Os benefícios da prática são comprovados por estudos científicos que mostram as alterações nos processos neurais de líderes e profissionais que praticam meditação. Isso, ajuda com que eles apresentem melhores resultados em suas atuações. Veja abaixo alguns estudos que comprovam esses benefícios:

Estresse e Resiliência

Para Daniel Goleman, cientista e autor de diversos best-sellers sobre inteligência emocional, a meditação é o melhor antídoto para a reatividade e estresse no mundo corporativo.

De acordo com o cientista, pessoas que meditam se recuperam mais rápido de situações de estresse. Essa capacidade de reagir rapidamente a essa excitação química é a chave da resiliência e um dos pontos cruciais para o desempenho de qualquer líder.

Humor e Comportamento

Um estudo publicado pela revista científica Science Direct, com pessoas que praticaram um breve treinamento de meditação, mostrou uma melhora significativa na capacidade de cognição de seus participantes. Os pontos afetados foram humor elevado, melhor raciocínio verbal e não verbal e habilidade aprimorada para manipular e manter informações em suas mentes.

Em seu livro A inteligência emocional na formação de um líder de sucesso, Goleman também fala do impacto da meditação no humor e comportamento de um líder.

Ele diz que um líder mal-humorado e tóxico reflete em funcionários com desempenho inferior, que ignoram as oportunidades. Enquanto isso, líderes inspiradores e inclusivos geram seguidores em busca da solução de qualquer tipo de desafio.

Tomada de decisões e resultados

Outro estudo publicado pelo jornal SAGE mostrou que a meditação ajuda executivos a tomarem melhores decisões e até mudar os rumos do negócio, se necessário.

A pesquisa foi realizada com participantes que deveriam assumir o papel de presidente de empresas, diante de um cenário de impasse crítico. Era um projeto de risco que envolvia milhões de dólares e poderia decretar a falência do negócio. Antes de tomar a decisão, alguns participantes foram convidados a realizar um exercício de meditação por 15 minutos.

Dos que exercitaram a técnica, 53% decidiram abandonar o projeto, que era a medida mais racional diante das circunstâncias apresentadas. Já do grupo que não meditou, apenas 23% tomaram a decisão certa.

De acordo com a ciência, a meditação ajuda aprimorar as habilidades de liderança porque ela contribui com o desenvolvimento de uma melhor consciência emocional, autoconfiança, responsabilidade e foco. Além disso, líderes que praticam técnicas meditativas têm:

  • maior capacidade de empatia e sensibilidade para compreender o próximo;
  • habilidade emocional para administrar conflitos diante adversidades;
  • visão e flexibilidade para analisar cenários de várias perspectivas;
  • capacidade para manter o foco mesmo em situações de distração;
  • resiliência e adaptabilidade para lidar com ambientes e situações diversas;
  • comprometimento, capacidade de aprendizagem e maior desempenho.

Quanto maior forem as responsabilidades de um líder, maior serão as exigências que ele deve cumprir. Por isso, a meditação ajuda a esvaziar a mente e concentrar no momento presente, trazendo mais foco e calma para que o líder possa enfrentar os desafios e atingir seus resultados.

No entanto, a meditação não serve apenas para líderes e para a área profissional, ela é recomendada para qualquer pessoa que queira ter mais consciência sobre si mesmo e seu próximo.

Para praticar meditação, não é necessário muito tempo, dedicação ou esforço. É possível começar com um treino diário, de poucos minutos. Há várias técnicas meditativas, que podem ser aplicadas por conta própria – ou até mesmo guiadas – e você pode fazer isso em casa ou no trabalho.

Agora você já entende melhor sobre meditação e os seus benefícios? Então, é só escolher o estilo que mais se adequa ao seu perfil e começar a praticar.

You Might Also Like

Vamos conversar?

Entre por uma das redes sociais ao lado para comentar!
Scroll Up