Mudando sua rotina

Guia das sopas: saiba mais sobre os principais tipos

setembro 26, 2019

Você sabe o que é comfort food? É um termo inglês que quer dizer “comida que conforta”. Sabendo disso, podemos dizer que os vários tipos de sopa entram nesse conceito. Afinal, quer uma refeição mais gostosa e que dá aquele calorzinho no coração do que essa?

A mais conhecida, talvez, seja a feita com legumes, alguma carne e macarrão, mas sabia que existem diversas maneiras de preparar essa delícia? Além do mais, cada uma recebe um nome diferente, tem uma técnica de cozimento e ingredientes bem diversificados. Pra você que também é fã desse prato, trouxemos este guia, que conta tudo de que precisa conhecer sobre as sopas. Ficou com vontade aí? Então, continue a leitura e confira!

Sopa é “tudo igual”?

Há quem diga que sopa é “tudo igual”, mas a história não é bem assim. Existem diversos tipos de sopa, que variam tanto nos ingredientes quanto na sua apresentação. Algumas têm pedaços, outras são mais cremosas ou bem ralas. Aliás, você sabe diferenciá-las? Se ainda não, aprenda agora.

Caldos

Caldinho de feijão, caldinho de mocotó, caldinho de legumes. O que diferencia as sopas dos caldos é a consistência. Enquanto a primeira classe tem pedaços maiores de carnes e vegetais, por exemplo, o segundo é homogêneo e um tanto quanto ralo. Eles são muito utilizados como entrada nas refeições, como o missoshiru ou o de ervilha, pois são mais levinhos e preparam o estômago para os pratos que virão.

Os caldos também servem como base pra sopas, cremes, molhos e outras preparações, como minestrone e risotos. Isso, porque são sempre muito aromáticos, temperados com cebola, alho, ervas e vegetais e cozidos lentamente pra apurar os sabores de todos os ingredientes.

Sopas

Como dissemos, as sopas são aquelas que têm ingredientes em pedaços maiores. Há uma infinidade de combinações de alimentos que podem virar essa bela refeição. Por falar nisso, sabia que elas são os primeiros pratos elaborados da humanidade? Pois é! Imagine que, na época das cavernas, os humanos descobriram que cozinhar a carne em ervas e água as tornava mais macias e saborosa.

A partir daí, foram incluindo outros itens que davam ainda mais sabor ao cozido. Desde então, não paramos mais de inventar tipos de sopa no mundo todo — mas calma, que isso é assunto pra outro tópico.

Cremes

Também conhecida como sopa-creme, tem aspecto bem lisinho e textura aveludada na boca. Geralmente, é feita com vegetais acrescidos de leite ou creme de leite, pra dar suavidade e cremosidade. Milho, palmito, cebola, couve-flor e outros itens são estrelas dessas preparações.

Os cremes podem ter alguns pedaços ou ser totalmente homogêneos. O que os diferencia das sopas é que sua base é mais espessa, pois o ingrediente principal é amassado ou batido no liquidificador. Um exemplo de sopa-creme é de abóbora com carne seca. Delícia, hein?

Sopa doce

A sopa doce é uma sobremesa deliciosa. Pode ser feita à base de frutas, leite de vaca ou leite de coco, chocolate, vinho, sagu e outros ingredientes incríveis. Obviamente, não poderiam faltar as diversas especiarias pra aromatizar. Pode ser servida fria ou quente, como você preferir.

Sopa fria

Quem foi que disse que é só de inverno que vivem as sopas? No verão, a melhor pedida são as versões frias, que refrescam e são bem levinhas para enfrentar o calor. Elas são elaboradas com tomate, iogurte, abóbora, pepino e outros ingredientes muito saborosos.

Quais são os benefícios da sopa?

Não é segredo que as sopas são deliciosas. Raramente a gente ouve de alguém que não curte esse prato — até mesmo quem é seletivo na hora de comer não consegue resistir a uma tigela quentinha. Além dessa vantagem, olhe só os benefícios das sopas.

É comfort food

Como já explicamos, comfort food é aquela comida que traz aconchego. Feche os olhos e tente puxar pela memória um prato que te traz boas lembranças. Pode ser o bolo da avó, a torta salgada dos aniversários de antigamente ou a macarronada dos almoços de domingo. Dá pra sentir até mesmo o cheiro dessas preparações, não é verdade?

A sopa é uma excelente comfort food, pois dá uma sensação de bem-estar. Seja pelos aromas, pelas boas lembranças, pelos sabores ou por nos aquecer nos dias frios, um bom prato dessa maravilha pode até mesmo nos melhorar de um dia ruim.

É nutritiva

Pra algumas pessoas, sopa não é janta, mas elas estão enganadas. A sopa pode ser jantar sim, e é uma ótima opção por vários fatores, mas principalmente por reunir muitos nutrientes. As que são feitas com vegetais variados contêm vitaminas e minerais importantíssimos para a saúde.

Como podem conter carnes, ovos, leguminosas e outras fontes de proteína, além de massas, arroz, batata, mandioca e outros alimentos ricos em carboidratos, as sopas se tornam uma refeição completa, sendo uma ótima maneira de consumir esses nutrientes que tanto bem fazem ao nosso organismo. Além disso, são um prato leve, de fácil digestão, ideal pra quem não quer ter aquela sensação de estômago pesado.

É prática

Quer prato mais prático e de fácil preparação do que uma sopa? Só utilizando as sopas congeladas, de que falamos adiante. Faça uma seleção de ingredientes, higienize, descasque e corte, refogue os temperos, doure as carnes, se houver, e acrescente os demais itens e água fervente. Espere alguns minutinhos e sua sopa estará pronta!

É claro que existem sopas mais elaboradas, que exigem mais tempo de preparação, mas, em geral, elas são rápidas de fazer, sujam poucos utensílios e são a saída perfeita pra quem quer uma refeição rápida sem abrir mão do sabor e da nutrição.

É acessível

Com ingredientes básicos e em conta, a sopa se torna um prato superacessível. Basta escolher itens mais comuns, como os vegetais. Como é uma preparação bem cozida, dá pra fazer até mesmo com carnes de segunda ou que contenham ossos, como músculo e coxas de frango.

Já ouviu falar em sopa de entulho? É aquela em que você pega um pouquinho de cada item que está sobrando na geladeira e faz aquele cozido maravilhoso. Uma batata, um pedaço de cenoura, um pouco de macarrão, um maço de verduras, uma xícara de frango desfiado e, quando vê, sai uma sopinha deliciosa.

Além de ficarem muito gostosas, por conta de todos os agentes de sabores que esses itens têm, essas preparações rendem muito, sendo uma maneira de evitar o desperdício de alimentos, o que é uma vantagem incrível!

Quais são os tipos de sopa mais consumidos no Brasil?

O Brasil é um país enorme, que mistura as culturas dos nativos com os imigrantes. O maior reflexo disso é a culinária, em que os sabores e aromas se misturam, criando novas preparações. A seguir, confira as sopas mais consumidas no país, que vão além da tradicional carne, macarrão e legumes.

Caldo de mocotó

O mocotó é a região das patas do boi, muito consumida em forma de cozido com vegetais e temperos. O caldo é mais aquoso, muito perfumado e riquíssimo em nutrientes, principalmente colágeno. Pode levar cenoura, feijão-branco, batatas e o que mais o cozinheiro desejar.

Caldo de feijão

Conhecido também como feijão amigo, o caldinho de feijão é um dos preferidos. Pode ser feito tanto com feijão-carioquinha, como em Minas Gerais e São Paulo, quanto com o preto, como no Rio de Janeiro. Além da leguminosa, ele leva bacon e calabresa, temperos e cheiro-verde e é triturado no liquidificador.

Bambá de couve

Bambá de couve é uma sopa com poucos ingredientes, mas muito saborosa. Pode ser feita com farinha de milho ou fubá e couve picada. Pra incrementar, o cozinheiro tem a opção de colocar linguiça ou até mesmo quebrar ovos, pra que cozinhem dentro da sopa.

Canjiquinha

Já ouviu falar na canjiquinha ou quirerinha? É tipo de farinha de milho, só que bem mais grossa. Ela é cozida com temperos, vegetais — como cebola, alho, tomate e cenoura — e carnes, que podem ser bacon, calabresa, costelinha salgada ou até mesmo o frango.

Caldo de vaca atolada

A vaca atolada é um cozido de costela de vaca com mandioca. Quando mais consistente, é servida com arroz, mas pode virar um caldo delicioso se desossada e mais líquida. Aí, é só finalizar com cheiro-verde picado e degustar!

Caldo de pinto

É uma variação do caldo anterior. Em vez da carne bovina, é usado o peito de frango desfiado. Já consegue imaginar o quanto é gostoso? É uma opção de sopa bem leve, pois quase não tem gordura.

Abóbora com carne seca

Uma mistura bem brasileira é a abóbora com carne seca. Essa dupla é usada em diversos pratos, como escondidinho, cozidos, recheio de pastel, bolinhos e na sopa. A abóbora cozida é batida no liquidificador pra formar um caldo mais consistente, então, são adicionados temperos e a carne seca já temperada e desfiada. Por fim, pode acrescentar creme de leite ou requeijão cremoso, pra receita ficar ainda mais gostosa!

Quais são as sopas mais famosas no mundo?

A sopa é apreciada no mundo todo. É muito interessante ver a variedade de ingredientes, sabores e temperos. Algumas preparações são tão inusitadas, que despertam a nossa curiosidade. E aí, quer conhecer quais são? Olhe só!

Portugal

A canja, que é uma sopa à base de arroz, legumes e frango, tem origem portuguesa, embora alguns culinaristas digam que é indiana. Já o caldo verde é feito com batatas espremidas, linguiça e couve picada.

Espanha

A sopa tradicional da Espanha é o gazpacho. Ela é elaborada com tomate, pepino, alho, pão e azeite. Entre as sopas frias, ela é a mais famosa, sendo muito refrescante e ideal para os dias quentes.

França

O berço da alta gastronomia não poderia ficar de fora, com suas sopas e cremes sofisticados. A soupe à l’oignon é à base de cebola, a bouillabaisse é feita a partir de legumes com frutos do mar frescos, e a bisque é cremosa com frutos do mar.

Inglaterra

A oxtail é semelhante à nossa rabada. É uma sopa feita com guisado de rabo de boi assado lentamente com cenouras e ervas aromáticas, como tomilho e louro. Depois, a carne é separada dos ossos, e é acrescentado caldo de carne. Uma gostosura!

Itália

O minestrone é um prato típico italiano, muito nutritivo e que dá sustância, sabe? Isso, porque é elaborado com feijão, massa fresca, legumes e linguiça. Uma sopa pra ninguém botar defeito.

China

Já ouviu falar em sopa de ninhos de andorinha? Ela é uma das iguarias mais raras, pois é feita realmente com ninhos desses pássaros em caldo de frango e cogumelos. Curioso, né? Também da China, temos a sopa wonton, que é um caldo com bolinhos recheados de hortaliças e carne.

Japão

O missoshiro, de que já falamos, é um caldo de peixe com missô dissolvido. O missô nada mais é que uma pasta de soja, muito utilizada na culinária japonesa. Esse caldo é servido como entrada ou base de outros pratos.

Estados Unidos

Apesar de vichyssoise ser um nome francês, a origem dessa sopa é americana, já que o chef francês a criou em Nova York. Ela é preparada com batata e alho-poró e é servida fria. Já a clam chowder é um creme encorpado à base de moluscos, leite e batata.

Outros países

Além dessas sopas conhecidas mundialmente, outros países também têm em sua culinária os exemplares desse prato. Dê uma olhada em mais algumas preparações:

  • Vietnã: canh chua é um caldo com hortelã, tamarindo e pedaços de peixe;
  • Tailândia: tom kha gai é feita com leite de coco e frango e temperada com coentro;
  • Rússia: bortsch é elaborada a partir de beterrabas frescas e é servida quente ou fria;
  • México: posole é preparada com milho e carne de porco ou frango;
  • Cuba: sopa de frijoles com calabaza é feita com feijão e abóbora;
  • Haiti: consommé a l’orange é um caldo de frango com suco de laranja e cravo-da-índia.
  • Egito: melokhia é uma sopa de carne de cordeiro ou frango e a erva egípcia que dá o nome a ela;
  • Israel: sopa de abóbora e frango.

Como acompanhar a sopa?

É claro que podemos apenas colocar a sopa preferida em um prato fundo ou tigela e saboreá-la, mas, pra quem adora gastronomia e quer aprender como acompanhar as sopas, trouxemos este tópico!

Os acompanhamentos servem para dar sabor e textura, como a crocância, tornando a experiência de degustar o prato ainda mais incrível. Então, se quiser incrementar a sua receita, veja as nossas 5 dicas:

  • bacon picadinho: deixe o bacon bem crocante e sequinho pra colocar por cima da sopa na hora de servir;
  • croutons: além das saladas, eles ficam ótimos na sopa pra dar uma crocância deliciosa;
  • pipoca: isso mesmo, essa gostosura também pode ir sobre a sopa. É diferente e gostoso;
  • torradas com queijo: bem típicas e saborosas, as torradas com queijo nunca falham na hora de acompanhar qualquer sopa;
  • brusqueta: o famoso pão com azeite e tomate picados e temperados fica sensacional com sopas à base de queijos.

Quais são as vantagens das sopas congeladas?

Sopas, caldos e cremes são ótimas pedidas para quem tem o dia a dia corrido e quer algo saboroso e prático de consumir. Mas, muitas vezes, a pessoa nem tem tempo de prepará-las, por mais fácil que seja a receita. É aqui que entra o congelamento. Quer saber quais são as vantagens de tê-la sempre no seu freezer? Veja.

Praticidade

As comidas congeladas vieram para deixar tudo mais prático. Em vez de esquentar a cabeça e a barriga no fogão, basta descongelar em um micro-ondas ou em banho-maria. Menos sujeira na cozinha, mais tempo para você fazer o que quiser.

E não somente carnes e massas são congeladas hoje em dia. As sopas também ganharam lugar de destaque nos portfólios de comida congelada saudável. Não era para menos, não é? Uma delícia dessas também merece ter seu espaço no freezer.

Sabor original

Quando falamos em alimentos congelados, algumas pessoas já torcem o nariz, como se e o sabor e a textura fossem alterados, mas isso não é verdade — pelo menos no que se refere ao ultracongelamento de alimentos.

É uma técnica que alia a praticidade e a durabilidade das comidas congeladas ao sabor e à nutrição, como se os alimentos fossem preparados na hora. Então, não precisa se preocupar se a sua sopa terá gosto de geladeira ou se vai perder os nutrientes. Ao aquecê-la, ficará gostosa e nutritiva.

Variedade

Geralmente, as sopas são preparações que rendem muito, principalmente aquelas receitas que levam um pouquinho de cada ingrediente. Às vezes, até enjoamos de comer um tipo, não é verdade? O bom das versões congeladas é que dá para variar o cardápio.

Hoje em dia, você encontra uma variedade muito bacana de tipos de sopa disponíveis. Assim, dá para experimentar até mesmo os sabores que nunca tentou fazer em casa. O mais legal é que dá para diversificar também os acompanhamentos, o que te faz descobrir novas combinações ainda mais gostosas.

Nutrição

Sopas, caldos e cremes são uma maneira deliciosa de incluir nutrientes no dia a dia. Até as pessoas mais relutantes em comer legumes e verduras conseguem consumi-los nessa preparação tranquilamente, tornando a alimentação mais equilibrada.

Além do mais, dá para acrescentar ingredientes que dão sabor e mais nutrientes, como aveia em flocos, chia, linhaça, salsinha e sementes variadas, como de girassol, gergelim e abóbora. Dessa maneira, sua sopa fica turbinada!

Aqui, reforçaremos a ideia de que estamos falando de sopa congelada saudável, ok? Aquelas em pó de pacotinho do mercado não são boas opções, visto que contêm aditivos químicos, muito sódio e gorduras ruins.

Zero desperdício

Esta dica é bacana principalmente para quem mora sozinho ou com poucas pessoas na casa. As sopas congeladas vêm em porções individuais, prontas para serem aquecidas e degustadas. Sendo assim, o desperdício é praticamente zero, já que não vai sobrar comida para ser jogada fora.

Quantas vezes você já comprou vegetais na intenção de fazer uma sopa, mas não teve tempo ou ocorreu algo que não permitiu que cozinhasse? O que acontece? Lá se vão verduras e legumes para o lixo, o que é não é nada sustentável.

Já os pratos congelados podem esperar por você decidir a hora que quer consumi-los, desde que fiquem no freezer e se respeite a data de validade. Mas, cá pra nós, é improvável que as comidas durem muito tempo por lá. Elas são tão saborosas e práticas, que se tornarão o principal cardápio da casa.

Quais são os sabores das sopas congeladas?

Para quem não abre mão de uma comidinha bem gostosa, mas saudável ao mesmo tempo, nada é melhor do que contar com a comida congelada feita com ingredientes frescos, sem conservantes e aditivos químicos. Já que o assunto aqui é sopa, que tal saber quais são os sabores disponíveis na Liv Up? Veja:

  • creme de abóbora com gengibre: com a leve picância do gengibre, ela pode fazer parte de um cardápio low carb;
  • creme de mandioquinha: temperado com sal rosa, cebolinha, azeite e alho-poró;
  • creme de cenoura picante com leite de coco: para quem gosta de sabores orientais, essa sopa mistura o adocicado da cenoura com as especiarias do curry;
  • creme de couve-flor com frango: mais uma opção low carb, o creme de couve-flor é aveludado, recebendo uma generosa porção de frango desfiado;
  • creme de legumes com carne: feita com abobrinha, tomate, cenoura e carne moída, é bem levinha e saborosa;
  • sopa de lentilha: envolta em especiarias da massala, esse sabor leva um toque de mel que transporta para a Índia;
  • caldo verde com frango: aqui, a linguiça foi substituída por pedaços macios de peito de frango;
  • creme de cebola: com creme de leite sem lactose e noz-moscada, tem o bônus do queijo parmesão ralado;
  • caldinho de feijão: feito com feijão do tipo vermelho e ervas frescas, como salsinha e cebolinha.

Apostamos que todas essas receitas saudáveis lhe deram água na boca, hein? Como vimos, os vários tipos de sopa fazem com que o prato seja versátil, saboroso e nutritivo, dependendo apenas dos ingredientes. É uma comfort food conhecida no mundo inteiro, e cada país tem a sua especialidade, sendo uma das preparações mais populares.

E aí, já sabe onde encontrar as suas sopas preferidas e congeladas? Na Liv Up, é óbvio! Entre agora mesmo no site, faça as suas escolhas e receba sua refeição em casa, no trabalho ou onde achar melhor!

Você também pode gostar

Scroll Up